Millennials: “Esta geração que emigra quer muito voltar e só não volta porque não tem acesso à habitação e os salários são miseráveis”

Millennials: “Esta geração que emigra quer muito voltar e só não volta porque não tem acesso à habitação e os salários são miseráveis”

Deles se diz que nasceram com a vida facilitada. Ou que são a geração mais bem preparada de sempre. Que privilegiam o uso à posse, onde se inclui a habitação (arrendam em vez de comprar). Que são cidadãos do mundo, desprendidos e apolíticos. Só que não.

Vendo bem, muita estrada já foi feita por quem cresceu a ouvir falar do fim da História e leva na bagagem marcas distintivas de uma geração: a mudança para o euro, o 11 de setembro, a crise do subprime, uma pandemia e, ainda, uma guerra na Europa, a par da crise climática que serão eles a ter de gerir.

Num painel moderado pelo jornalista Nuno Miguel Ropio e com Marcelo Rebelo de Sousa a assistir na plateia, a advogada Leonor Caldeira, o escritor Afonso Reis Cabral e o humorista Pedro Teixeira da Mota trocaram pontos de vista partilhados pela sua geração e reformularam boa parte do que costumamos ouvir acerca deles. Aqui ficam alguns excertos da conversa.

“A geração mais qualificada de sempre”

É um mito, pois não o sentem na prática, ou na pele. “Investimos na nossa formação para ter a qualidade de vida correspondente, mas as expetativas incutidas pelos nossos pais não se verificaram”, afirma Leonor Caldeira. 

Aos 28 anos, a advogada que venceu o Prémio Nelson Mandela pela defesa dos direitos humanos e justiça climática, emigrou por duas vezes e saiu de um escritório de advogados para uma Organização Não Governamental – “recebia praticamente o mesmo por metade do tempo, mas tinha mais tempo livre, que é outra forma de remuneração” -, acha “absurdo considerar que uma pessoa com 35 anos é jovem, o que só acontece por sermos uma minoria”.

“A política é serviço ao outro e isso é lindo: mas a minha geração cresceu a olhar para um ecrã com o pior político que é José Sócrates”

Afonso Reis Cabral

E, de facto, são, tendo em conta o envelhecimento demográfico. Afinal, as gerações mais velhas, do pós-revolução, tiveram líderes com menos de 25 anos. O escritor Afonso Reis Cabral, 32 anos, fala em mudança de paradigma e lembra-se de como foi lidar com o misto de fascínio e desconfiança que sentiu quando ganhou o Prémio Leya, aos 24 anos, pelo seu romance O meu irmão.

Marcelo Rebelo de Sousa no painel A vez dos Millennials, com Pedro Teixeira da Mota, humorista, Leonor Caldeira, advogada, e Afonso Reis Cabral, escritor. Moderação do jornalista Nuno Miguel Ropio. Foto: Marcos Borga

“Cidadãos do mundo, desapegados dos bens materiais” 

“Quem sai do país fá-lo por necessidade, mais do que por desapego pelo País, mas na minha profissão isso é quase impensável”, faz saber Pedro Teixeira da Mota, que aos 28 anos é um dos nomes de ouro da comédia em Portugal. 

Emigrar pode ser enriquecedor e compensar financeiramente mas, acrescenta Leonor Caldeira, “nunca conheci um português da minha geração emigrado que não tivesse vontade de um dia voltar”. É dela a citação que faz o título deste artigo: “Esta geração que emigra quer muito voltar e só não volta porque não tem acesso à habitação e os salários são miseráveis”.

Como os seus antecessores, a esmagadora maioria quer constituir família e não aprecia propriamente viver em comunidade ou num espaço partilhado. Se o faz, é por ser “impossível o acesso à habitação”. 

Afonso Reis Cabral fala de “uma geração de curto e médio prazo, cujas expetativas são permanentemente frustradas, que acaba por ir investindo em si lá fora, mas sem que essa seja uma solução para a vida a longo prazo”. Daí que, avança Pedro Teixeira da Mota, se vá adiando esse anseio: “Tem-se a licenciatura, o mestrado, depois vai-se para fora e chega-se aos 38 a dizer que são os novos 22!” 

“Uma geração apolítica ou sem causas”

Também aqui, há algumas imprecisões que merecem esclarecimento. Movidos por causas ambientais e sociais, quase metade dos jovens não se interessam pela política organizada: cresceram com maus exemplos de democracia e desenvolveram uma descrença nos partidos, que são vistos, de uma forma geral, como “pouco sexy” ou “não cool”.

“O militantismo do Instagram é muito mais ativo do que estar numa juventude partidária”

Leonor Caldeira

Leonor Caldeira lamenta que o ensino público não explique como o sistema funciona – quais são os órgãos de soberania, como se faz uma lei, o que é a política autárquica ou um contrato de trabalho – às gerações que antecedem a deles. É expectável, por isso, que “as pessoas se abstenham e não votem, por não compreenderem o sistema”. Sentem-se uma minoria ignorada e “têm muito poucas pessoas a representar os seus interesses e causas” ou, sublinha Teixeira da Mota, “a maior parte das medidas discutidas pouco nos tocam”. 

Atentos, com capacidade crítica e com causas 

É desta forma que os palestrantes milenares se vêem ao espelho: entre o rescaldo de uma pandemia e crises várias, eles representam a geração que mais sofreu com a clausura, que os privou da liberdade quando mais precisavam dela. 

Isso mesmo acaba de ser confirmado pela decisão do Tribunal Constitucional que, mais uma vez, frisa que os direitos e garantias dos cidadãos não foram respeitados durante a pandemia, além de, remata a advogada, “a gestão da pandemia ter sido um desastre para as jovens mulheres que foram mães e ficaram em teletrabalho”.

Justiça lhes seja feita, aos millennials, que marcaram pontos ao desfazer ideias feitas sobre si mesmos.  

Saiba mais sobre o VISÃO FEST

Mais na Visão

Mais Notícias

Shell compra operador de carregamentos elétricos Volta

Shell compra operador de carregamentos elétricos Volta

Quando a arte desaparece

Quando a arte desaparece

Cerâmica: Lojas, ateliers e cursos para meter as mãos no barro

Cerâmica: Lojas, ateliers e cursos para meter as mãos no barro

Aquecimento: o decorativo e escultórico radiador Milano

Aquecimento: o decorativo e escultórico radiador Milano

A vida de Amadeo de Souza-Cardoso deu um filme de  Vicente Alves do Ó

A vida de Amadeo de Souza-Cardoso deu um filme de Vicente Alves do Ó

Em “Sangue Oculto”: Vasyl e Júlia conhecem-se e ela manipula-o

Em “Sangue Oculto”: Vasyl e Júlia conhecem-se e ela manipula-o

Alentejo com crescimento turístico

Alentejo com crescimento turístico "muito assinalável"

Passatempo: ganha o livro 'Sami, o Rapaz que Sobreviveu a Auschwitz'

Passatempo: ganha o livro 'Sami, o Rapaz que Sobreviveu a Auschwitz'

Crew Dragon da SpaceX pode ser usada para evacuar Estação Espacial Internacional

Crew Dragon da SpaceX pode ser usada para evacuar Estação Espacial Internacional

Eutanásia: TC reconhece que direito

Eutanásia: TC reconhece que direito "não é inconstitucional" - Catarina Martins

Moda: Esquiar com estilo

Moda: Esquiar com estilo

O exercício de eleição de Kim Kardashian para tonificar e modelar mais rapidamente

O exercício de eleição de Kim Kardashian para tonificar e modelar mais rapidamente

Fairly Normal: um pé no surf e outro na sala de reuniões

Fairly Normal: um pé no surf e outro na sala de reuniões

Alunos e professores recriam ambiente do Holocausto

Alunos e professores recriam ambiente do Holocausto

Lisboa começa a produzir unicórnios a partir de… hoje

Lisboa começa a produzir unicórnios a partir de… hoje

Giambattista Valli apresenta estilo exuberante para a próxima estação na Semana da Alta Costura de Paris

Giambattista Valli apresenta estilo exuberante para a próxima estação na Semana da Alta Costura de Paris

Marie-Chantal e Pavlos da Grécia: vida de luxo entre Nova Iorque, Grécia e Londres

Marie-Chantal e Pavlos da Grécia: vida de luxo entre Nova Iorque, Grécia e Londres

Já começou a primeira viagem oficial ao estrangeiro da princesa Amalia da Holanda

Já começou a primeira viagem oficial ao estrangeiro da princesa Amalia da Holanda

Receita de Triffle de bolo, por Joana Costa Roque

Receita de Triffle de bolo, por Joana Costa Roque

Não contem comigo!

Não contem comigo!

Rúben Boa Nova - incidente nas férias no Dubai custa-lhe 900 euros!

Rúben Boa Nova - incidente nas férias no Dubai custa-lhe 900 euros!

Número de casas à venda em Portugal cai para mínimos de 15 anos

Número de casas à venda em Portugal cai para mínimos de 15 anos

VOLT Live: o efeito da descida dos preços dos Tesla

VOLT Live: o efeito da descida dos preços dos Tesla

Ministro diz que emissão de baixas através da linha SNS 24 vai

Ministro diz que emissão de baixas através da linha SNS 24 vai "libertar médicos"

Beatrice, Borromeu de berço, Grimaldi por casamento, a mesma elegância aristocrática

Beatrice, Borromeu de berço, Grimaldi por casamento, a mesma elegância aristocrática

A nova vida de Rita Rugeroni

A nova vida de Rita Rugeroni

Polícia Marítima apreendeu meixão avaliado em mais de 1 ME em Famalicão

Polícia Marítima apreendeu meixão avaliado em mais de 1 ME em Famalicão

Mesa ILtavolo 2.0: design e sustentabilidade

Mesa ILtavolo 2.0: design e sustentabilidade

Análise em vídeo ao primeiro 100% elétrico da Toyota, o BZ4X

Análise em vídeo ao primeiro 100% elétrico da Toyota, o BZ4X

Solução formigueiro

Solução formigueiro

Homem do Leme: Anna

Homem do Leme: Anna

Três floristas para encher a casa de alegria e bons cheiros

Três floristas para encher a casa de alegria e bons cheiros

Da Natureza para a casa: futuro sustentável

Da Natureza para a casa: futuro sustentável

Magda Gomes Dias:

Magda Gomes Dias: "Não nos podemos despedir do papel de pai ou de mãe"

A ternurenta brincadeira entre Mateo e Bella Esmeralda

A ternurenta brincadeira entre Mateo e Bella Esmeralda

Vicoustic: A empresa da Charneca da Caparica que chegou aos ouvidos da Apple e Microsoft

Vicoustic: A empresa da Charneca da Caparica que chegou aos ouvidos da Apple e Microsoft

Blocos de partos de três regiões com funcionamento ininterrupto, Portimão com condicionamento

Blocos de partos de três regiões com funcionamento ininterrupto, Portimão com condicionamento

Municípios preocupados com

Municípios preocupados com "maus odores" do aterro sanitário de Barcelos

Velcro, uma ideia que colou

Velcro, uma ideia que colou

Apple prepara ecrã dobrável e suporte para iPad

Apple prepara ecrã dobrável e suporte para iPad

Para evento em Alicante, Letizia recupera vestido que estreou há um ano em Viena

Para evento em Alicante, Letizia recupera vestido que estreou há um ano em Viena

Massandra 1949: uma viagem pela História das Guerras

Massandra 1949: uma viagem pela História das Guerras