Marcelo Rebelo de Sousa: “A visão do ambiente como uma realidade lateral, incómoda e que suscita obstáculos ao desenvolvimento passou. E já passou há muito”

Só vai ser possível recuperarmos desta crise provocada pela pandemia se colocarmos o ambiente como um assunto central na regeneração da economia nos próximos anos. E, para atingir esse objetivo, será necessário fazer uma boa utilização dos fundos europeus, sob pena de estarmos perante uma “oportunidade perdida”, avisou Marcelo Rebelo de Sousa no discurso que marcou o encerramento oficial do VISÃO Fest Verde.

O Presidente da República salientou que “a visão do ambiente como uma realidade lateral, incómoda, desagradável e que suscita obstáculos ao desenvolvimento económico e financeiro do País passou e já passou há muito”. Marcelo Rebelo de Sousa afirmou que o “ambiente é uma realidade transversal, como é a qualidade de vida” e que “atravessa todos os domínios das políticas públicas, da ação governativa, da ação dos poderes regionais e locais e também da sociedade civil” e defende que “a realidade ambiental faz parte da essência do desenvolvimento económico e social”.

Só é possível enfrentar esta pandemia e a crise económica e social, que já começou e que se vai agravar, de uma perspetiva que tome o ambiente como central .

Marcelo rebelo de sousa

O caminho para a saída desta crise terá de colocar o ambiente como destino principal. “Só é possível enfrentar esta pandemia e a crise económica e social, que já começou e que se vai agravar, de uma perspetiva que tome o ambiente como central”, afirmou. O Presidente da República nota que a “a pandemia mostra-nos, até pela sua origem, a importância do ambiente, da proteção dos ecossistemas, da ação climática, da neutralidade e da inter-relação de entrosamento entre o humano e a natureza”. E conclui que só se poderá vencer esta crise com “uma perspetiva de sustentabilidade”.

A oportunidade e os desafios dos fundos europeus

A chave para regenerar a economia portuguesa e europeia estará na utilização dos fundos europeus. Marcelo Rebelo de Sousa referiu que “ao superarmos esta pandemia e esta crise económica e social, vamos ter como desafio saber utilizar os fundos europeus e saber gerir as vontades e as potencialidades nacionais”. O Presidente avisa que “temos a obrigação de utilizar os fundos disponíveis, de encarar essa transição energética e de aproveitar o desafio da recuperação para saltos estruturais e qualitativos” que tenham o ambiente como tema central. Caso contrário “é mesmo uma oportunidade perdida, e mal perdida”, advertiu.

Temos a obrigação de utilizar os fundos disponíveis, de encarar essa transição energética e de aproveitar o desafio da recuperação para saltos estruturais e qualitativos.

Marcelo Rebelo de sousa

O Presidente considera que Portugal “escolheu metas ambiciosas e está a empurrar com outros países a União Europeia para antecipar o cumprimento dessas metas”. A UE colocou o ambiente como um tema essencial da recuperação económica e lançou um pacto ecológico para evoluir rumo à neutralidade carbónica e Marcelo Rebelo de Sousa elogia esse compromisso. Mas pede que não seja “uma mera expressão conjuntural ou propagandística”.

Já a nível global, a exigência é de um maior compromisso das grandes potências. “A mensagem de António Guterres de permanente e persistente chamada de atenção tem de ser seguida das posições das grandes potências que têm de dar o exemplo efetivo do cumprimento de pactos que subscreveram ou aderir a pactos que recusaram”, disse.

O Presidente encerrou o seu discurso a desejar que o debate agora promovido pela VISÃO tenha o sucesso que muitas vezes não encontrou nas Nações Unidas, “em sucessivas intervenções na assembleia-geral ou em cimeiras sobre ação climática”.

Lamentando que “os atores fundamentais da cena mundial olhassem para a posição portuguesa e para a posição europeia mas, verdadeiramente, se opusessem àquilo que era um desafio de futuro”, fosse mais a Leste ou outros mais a Ocidente, Marcelo Rebelo de Sousa considera que “isso é uma oportunidade perdida a nível mundial”. Quanto a Portugal, concluiu “não podemos perder a nossa oportunidade e temos de lutar pela oportunidade na Europa e no mundo”.

ASSISTA AQUI À EMISSÃO EM DIRETO 

Saiba mais sobre o VISÃO FEST VERDE aqui.

A bp está a compensar as emissões de carbono deste evento. Saiba mais em bp.pt

Ao assinar a VISÃO recebe informação credível, todas as semanas, a partir de €6 por mês, e tem acesso a uma VISÃO mais completa.

Uma VISÃO mais completa

Assinar agora

Mais na Visão

Autárquicas 2021

Autárquicas: PAN diz que "vitória" no domingo seria eleger vereadores

A porta-voz PAN, Inês Sousa Real, afirmou hoje, em Braga, que, para o partido, uma vitória nas Autárquicas de domingo seria a eleição de vereadores, algo até aqui nunca conseguido

Autárquicas 2021

Autárquicas: PS a propor mudança é como pedir ao peru "para votar no Natal", diz Rio

O líder do PSD acusou hoje o PS de deixar o país "arrastar-se" e nada querer mudar, pelo que os socialistas proporem ruturas "é a mesma coisa do que ir ter com o peru pedir para votar no Natal"

Sociedade

Estudo alerta para risco de extinção de mamíferos por atropelamento

Várias populações locais de mamíferos como o lince ibérico, o tigre ou o jaguar correm o risco de extinção devido à elevada exposição a atropelamentos, segundo as conclusões de uma investigação liderada por uma cientista da Universidade de Lisboa

Autárquicas 2021

Autárquicas: Vitória em Lisboa é fundamental para a estratégica política nacional, considera Costa

O secretário-geral do PS advertiu hoje que um triunfo nas eleições deste domingo da coligação liderada pelo PS em Lisboa é "fundamental" para dar continuidade às mais importantes políticas nacionais, como a habitação e os transportes

Irrevogável

Secretário de Estado Adjunto e da Educação: “A questão da falta de professores é complexa. Para já, há muitos que estiveram nestas duas semanas em campanha”

Em entrevista ao Irrevogável, João Costa fala numa ausência crónica de docentes - que se acentuou no mês de setembro, também por causa das eleições autárquicas

Visão Saúde
VISÃO Saúde

Covid-19: Incidência volta a descer, transmissibilidade sobe

A taxa de incidência de infeções com SARS-CoV-2 nos últimos 14 dias voltou a descer, quer no continente quer a nível nacional, enquanto o índice de transmissibilidade registou um aumento

Se7e
VISÃO sete

5 boas sugestões para aproveitar o fim de semana, em Lisboa

Um festival que alia cinema e desporto, música num artigo quartel da GNR e a oportunidade para fazer yoga e meditar ao ar livre. Eis cinco boas ideias para fazer em Lisboa, em fim de semana de eleições

Exame Informática
Exame Informática

Conheça a pele eletrónica desenvolvida em Portugal

Fomos até Coimbra ver como investigadores daquela Universidade estão a criar adesivos que podem ser colados no corpo e usados para controlar o comportamento cardíaco ou a diabetes. O grande desafio da equipa passa por combinar flexibilidade e resistência e que seja economicamente viável. O segredo está na tinta, à base de metal líquido

Visão Saúde
VISÃO Saúde

Novas variantes de Covid-19 espalham-se mais eficientemente através do ar, revela novo estudo

Um novo estudo sugere que as novas variantes de Covid-19 estão a tornar-se mais eficientes a propagar-se através do ar

Mundo

Banco central chinês afirma que todas as transações envolvendo criptomoedas são ilegais

O Banco Popular da China (banco central) anunciou hoje que todas as transações financeiras envolvendo criptomoedas são ilegais, a última de uma série de decisões destinadas a combater ativos digitais como a bitcoin ou ethereum

Exame Informática
Exame Informática

Reino Unido está a criar armas laser para usar no terreno

Ministério da Defesa do Reino Unido dá luz verde a quatro contratos que para o desenvolvimento e teste de armas laser integradas em navios e veículos terrestres

Imobiliário

Saiba como gerir o fim das moratórias

Outubro vai trazer novos encargos para milhares de famílias que pediram moratórias para pagamento dos seus créditos. O Doutor Finanças explica como sobreviver financeiramente nesta nova etapa