O negócio dos videojogos é um faroeste
Economia

O negócio dos videojogos é um faroeste

A indústria dos videojogos abandonou há muito tempo o nicho dos geeks, e produz hoje colossos mais bem- -sucedidos do que os maiores blockbusters de Hollywood. O exemplo mais recente é o “Red Dead Redemption 2”, que fez mais de 600 milhões de euros em três dias

Nuno Aguiar