Pânico na China arrasta bolsas mundiais
Economia

China leva bolsas mundiais para território vermelho

A primeira sessão bolsista do ano terminou, esta segunda-feira, 4, com todos os índices mundiais de ações no vermelho. O crash de 7% em Shanghai e Shenzen alastrou a Tóquio, Londres, Frankfurt e passou por Lisboa