Terra(s) de Sefarad. Bragança 2017 e a herança judaica
Bolsa de Especialistas

Terra(s) de Sefarad. Bragança 2017 e a herança judaica

Entre 15 e 18 de Junho, em Bragança procura-se fazer o reencontro com a memória, que é um trabalho de busca e de redescoberta de uma identidade que, enquanto colectivo, nos foi roubada

Paulo Mendes Pinto
Um mês inteiro de cultura 'urbana' em Viseu Se7e
Ver

Um mês inteiro de cultura 'urbana' em Viseu

Música, cinema, arquitetura e artes plásticas são algumas das várias linguagens artísticas que, ao longo de todo o mês de abril, entram no espaço cultural Carmo’81, em Viseu, para a segunda edição do festival Cult.Urb que começa este sábado, dia 1

Florbela Alves
Festas de Lisboa: Um mês na rua a vadiar Se7e
Sair

Festas de Lisboa: Um mês na rua a vadiar

Chegados a junho, é tempo de andar por aí. Que este é mês de Santos Populares, do manjerico, da sardinha assada, e do muito que há de entreter-nos na cidade. Como o programa das Festas de Lisboa é extenso, aqui deixamos sete sugestões do que não pode (ou não deve) perder

Inês Belo
Um guia para passeios reais e imaginários por Lisboa
Iniciativas

Um guia para passeios reais e imaginários por Lisboa

Gonçalo M. Tavares, João Fazenda, Rui Cardoso Martins ou Patrícia Reis fazem parte do grupo de quarenta escritores e ilustradores que se juntaram para darem vida ao Guia: Ler e Ver Lisboa. Arrisca um passeio entre o real e o imaginário?

Vânia Maia
Rui Zink escreve sobre como é crescer diferente
VISÃO Solidária

Rui Zink escreve sobre como é crescer diferente

Isabel Minhós Martins, Rita Ferro e Rui Zink são os autores da terceira coleção de livros infantis lançada pela associação Pais-em-Rede

José Cardoso Pires: O prazer da influência Jornal de Letras
Jornal de letras

José Cardoso Pires: O prazer da influência

Pense-se naqueles jogos de redomas das feiras populares, onde com uma grua se tenta apanhar um boneco fofinho de pelúcia. "É um jogo difícil, não é?", lança Rui Zink, que vê nesta imagem a melhor forma de descrever o estilo e o fascnío que José Cardoso Pires (JCP) tem exercido sobre si.