Guerra na Ucrânia

Alemanha apresentou os carros de combate Leopard para a Ucrânia

A Alemanha apresentou hoje os carros de combate Leopard que enviará em breve para Kiev, uma "amarga perda" para o pouco equipado Bundeswehr (exército), segundo o ministro da Defesa, mas um donativo indispensável para que "os ucranianos ganhem a guerra"

Mundo

ONU alerta para aumento exponencial de chegadas de refugiados 'rohingya'

O número de refugiados 'rohingya' que chegam ao sudeste asiático aumentou exponencialmente em 2022, uma tendência que se mantém no ano em curso, alertou hoje a Organização Internacional para as Migrações, que aumentou as operações de assistência naquela região

Mundo

ONU alerta para risco de fome sem paralelo e nova onda de emigração na Síria

As Nações Unidas denunciaram hoje que o número de sírios que sofre de fome (12 milhões) atingiu um novo recorde após 12 anos de guerra civil, alertando para uma "nova onda de emigração em massa"

Guerra na Ucrânia

Alto-comissário da ONU chocado com destruição na Ucrânia após visita de seis dias

O Alto-comissário da ONU para os Refugiados admitiu hoje estar chocado com a destruição causada pela guerra na Ucrânia, no final de uma visita de seis dias ao país, e pediu aos doadores que continuem a dar apoio

Mundo

Ocean Viking resgatou 95 pessoas no Mediterrâneo e Médicos Sem Fronteiras 237

O navio Ocean Viking, da organização SOS Méditerranée, resgatou 95 pessoas no Mediterrâneo central, enquanto o Geo Barents, dos Médicos Sem Fronteiras (MSF), seguia hoje com outros 237 migrantes para o porto de La Spezia, no nordeste da Itália

Mundo

UE recebeu quase 100 mil novos pedidos de asilo em outubro de 2022

O número de novos pedidos de asilo apresentados na União Europeia aumentou 66% (59.870) em outubro de 2022, para os 99.175, face ao mesmo mês do ano anterior, segundo dados hoje divulgados pelo Eurostat

Guerra na Ucrânia

Guerra perturbou educação de cinco milhões de crianças na Ucrânia

A UNICEF alertou hoje de que 11 meses de guerra russa na Ucrânia perturbaram a educação de mais de cinco milhões de crianças, apelando a mais "apoio para assegurar oportunidades de aprendizagem" no país e nos de acolhimento

Mundo

Cerca de 350 refugiados 'rohingyas' morreram no mar em 2022

Pelo menos 348 pessoas da minoria muçulmana 'rohingya' morreram ou desapareceram a tentar atravessar as perigosas rotas do mar de Andamão e da baía de Bengala em 2022, divulgou hoje o Alto Comissariado da ONU para os Refugiados (ACNUR)

Guerra na Ucrânia

Polónia é principal país de acolhimento de refugiados da guerra na Ucrânia

A Polónia é o Estado-membro da União Europeia que mais refugiados ucranianos recebeu em novembro de 2022 (40.370), e o que mais estatutos de proteção temporária concedeu desde a invasão russa, divulga hoje o Eurostat

Mundo

ONU renova por mais seis meses ajuda humanitária via Turquia ao norte rebelde da Síria

O Conselho de Segurança da ONU votou hoje por unanimidade a manutenção por mais seis meses do apoio à passagem de fronteira da Turquia para o noroeste da Síria, controlada pelos rebeldes e aberta para entregas de ajuda humanitária

Guerra na Ucrânia

Papa pede no Ângelus "medidas concretas" para pôr fim à guerra na Ucrânia

O Papa pediu no Ângelus "medidas concretas" para pôr fim à guerra na Ucrânia, após as tropas russas violarem o cessar-fogo decretado pelo Presidente russo, Vladimir Putin, atacando hoje a cidade de Kramatorsk, no leste do país

Mundo

PM espanhol expressa "apoio total" a Zelensky até que a guerra termine

O primeiro-ministro espanhol, Pedro Sánchez, reiterou hoje ao Presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky, "o total apoio de Espanha até que a paz seja alcançada", numa conversa telefónica

Mundo

Israel rejeita resolução da ONU sobre ocupação de territórios palestinianos

O primeiro-ministro israelita, Benjamin Netanyahu, rejeitou hoje uma resolução da Assembleia-Geral da ONU pedindo ao Tribunal Internacional de Justiça um "parecer consultivo" sobre a ocupação israelita de territórios palestinianos e garantiu que Israel não é obrigado a acatá-lo

Mundo

Nunca houve tantas crianças a precisar de ajuda humanitária desde a II Guerra Mundial

O número de crianças a precisar de ajuda humanitária atualmente é o mais elevado de sempre desde a Segunda Guerra Mundial, alertou hoje a UNICEF, que divulgou os onze locais do mundo mais necessitados de apoio em 2023

Mundo

Organizações de resgate no Mediterrâneo desafiam Governo italiano

Várias organizações que resgatam pessoas no Mediterrâneo central desafiaram hoje o Governo italiano, ao anunciarem que não irão acatar o decreto aprovado na quarta-feira que prevê multas e o arresto de navios humanitários

Mundo

Refugiados: Situação vai piorar em 2023 porque muitos conflitos vão descontrolar-se

O alto-comissário da ONU para os Refugiados, Filippo Grandi, alertou hoje que muitos conflitos podem ficar descontrolados e muito violentos em 2023, o que aumentará a complexidade da situação dos refugiados e deslocados

Mundo

Itália atribuiu porto seguro a navio da ONG SOS Méditerranée

Itália atribuiu ao navio humanitário Ocean Viking, da SOS Méditerranée, um porto seguro para desembarcar as 113 pessoas resgatadas naquela que foi a sua primeira operação após ter atracado em França em novembro, anunciou hoje aquela organização humanitária

Guerra na Ucrânia

Ucrânia: Portugal continuará a apoiar Kiev até que recupere a soberania total - MNE

O chefe da diplomacia portuguesa, João Gomes Cravinho, garantiu hoje que Portugal continuará a apoiar e a solidarizar-se com a Ucrânia até que as autoridades de Kiev recuperem a totalidade da soberania do país, invadido pela Rússia

Mundo

Migrações: Um em cada cinco deslocados do mundo vive no continente americano -- ONU

Uma em cada cinco pessoas no mundo que são obrigadas a viver deslocadas de casa vive no continente americano, afirmou hoje o Alto-Comissário das Nações Unidas para os Refugiados, Filippo Grandi, após uma visita de quatro dias à região

Mundo

Suíça suspende programa de acolhimento de refugiados vulneráveis

A Suíça suspendeu a sua participação num programa da ONU destinado a realojar refugiados vulneráveis, alegando falta de capacidade de acolhimento devido ao afluxo de pessoas que fugiram da guerra na Ucrânia, anunciaram hoje as autoridades