Política

Vítima de atentado da extrema-direita deverá ter nome de rua em Santo Tirso

O nome de Rosinda Teixeira, assassinada à bomba em 1976, foi sugerido pelo BE e a maioria PS deverá viabilizar a proposta em breve, no âmbito de uma revisão geral da toponímia da cidade que ainda inclui uma Rua do Dr. Oliveira Salazar

Política

Governo entrega e apresenta Orçamento do Estado para 2022 na próxima semana

O primeiro-ministro confirmou que o OE 2022 "vai ser entregue" no Parlamento já na próxima semana

Atualidade

António Costa inicia defesa do programa do governo com pacote de propostas anti-inflação: ISP vai descer

O primeiro-ministro iniciou a apresentação do programa do governo anunciando pacote de medidas para combater a inflação. Num discurso recheado de provocações à direita, António Costa destacou "oportunidade" que os fundos europeus permitem para País "vencer, construir e realizar"

Política

Primeira fila do hemiciclo "encolheu", depois de a cadeira "a mais" do PCP já ter sido retirada

Os serviços da Assembleia da República já retiraram a cadeira, que "pertencia" ao PCP, e que estava "a mais" na primeira fila do hemiciclo – que agora passa a ter apenas 23 lugares. Deputados únicos mantêm-se em segundo plano. Novo desenho do Parlamento na apresentação e discussão do programa do governo

Atualidade

Os primeiros passos na Assembleia da República de Nathalie de Oliveira, a (mais) improvável deputada desta legislatura

Nathalie de Oliveira escreve-se em duas línguas. A primeira deputada lusodescendente da história da democracia portuguesa – nascida e criada em Metz, França – estreou-se, hoje, no Parlamento, carregando nos ombros "milhares e milhares de portugueses" que continuam a sentir e a ver o País à distância. Eleita "à segunda", a VISÃO acompanhou os seus primeiros passos no Palácio de São Bento

Política

O que eles andaram para aqui chegar: Quem são as novas caras do próximo Governo

Sete estreantes e três promovidos a ministro, quem são e por onde têm andado os nomes que chegam para assumir as pastas da Economia e Mar, Finanças, Defesa, Assuntos Parlamentares, Administração Interna, Justiça, Cultura, Ensino Superior, Educação e Ambiente

Visão Júnior
VISÃO Júnior

Portugal já tem um novo governo

António Costa anunciou os 17 ministros que compõem o novo governo. A partir da próxima semana vais ter um novo ministro da Educação, chama-se João Costa

Política
Exclusivo

Governo: Caderno de encargos para os primeiros 100 dias

Mais de um mês após a data esperada, o terceiro executivo PS vai tomar posse. Mas o atraso permitiu a Costa reequacionar nomes e mudar prioridades governativas, até porque há exigências grandes e imediatas que requerem pulso forte, desde o acolhimento de refugiados à transição energética, passando pelo elevado risco de incêndios

Política

PS conquista as duas vagas do círculo da Europa e reforça maioria absoluta com 120 deputados

O PS elegeu os dois deputados na repetição das eleições legislativas no círculo da Europa – PS fica com 120 deputados; PSD com 77 (menos dois do que em 2019). “[Os eleitores] Não tiveram dúvidas que foi o PS o partido que sempre os considerou e respeitou”, disse, à VISÃO, o cabeça de lista socialista Paulo Pisco

Atualidade

Paulo Ralha, de crítico da extrema-direita a assessor do Chega

Militou no PS, apoiou Marisa Matias (BE) e radicalizou à direita. Falhada a eleição para deputado, o ex-presidente do Sindicato dos Trabalhadores dos Impostos vai assessorar os deputados do Chega nas áreas de Economia e Finanças. Ele e Ventura conheceram-se na Autoridade Tributária e são ainda amigos do fiscalista Tiago Caiado Guerreiro, antigo patrão do líder do partido e advogado de Paulo Ralha em litígios sindicais contestados internamente. Controvérsia é com ele

Irrevogável

Líder da CGTP: "Maiorias absolutas nunca foram fator de estabilidade para os trabalhadores"

Isabel Camarinha teme por um PS que saiu das legislativas com "as mãos livres para fazer o que quiser" e alerta que uma maioria absoluta pode agravar as condições dos trabalhadores. Segundo a secretária-geral da CGTP-IN, não só a central sindical não esteve "adormecida" durante a Gerigonça, como irá manter a pressão sobre o novo Executivo socialista

Legislativas 2022

Costa: "Maioria absoluta não é poder absoluto" e resulta "de cartão vermelho" à esquerda

Com uma maioria absoluta na mão, Costa garantiu que não se vai deixar inebriar por aquilo que se bateu nas últimas duas semanas e que "não vai pisar o risco". O líder do PS assegura que quer contrariar a ideia feita que os portugueses têm de maiorias absolutas e promete um governo "mais curto e enxuto"

Legislativas 2022

"Vitória da humildade", atira diretor de campanha do PS, que acha que números vão crescer

A maioria não estava à espera - pelo menos de projeções tão boas - e por isso muitos olhos lacrimejaram à frente dos vários ecrãs no quartel-general do P. "Havia uma pressão muito grande", admitiu-se, quem descomprimiu com os primeiros dados. Diretor de campanha fala da vitória da "humildade". Alegre apela a linhas vermelhas ao PAN

Legislativas 2022

Costa sem crenças sobre esta noite, porque já leva 30 anos de ida às urnas. Mas aplaude adesão a eleições "muito diferentes"

Ainda com as urnas por fechar nos Açores, Costa atirou prognósticos para o fim do jogo da democracia. À chegada ao quartel-general do PS, admitiu que, os anos que já leva de eleições, impedem-no de ter "crenças" sobre resultado final, mas mostrou ar confiante ao falar da adesão às urnas

Legislativas 2022

Costa passa teste do Chiado, com muitas lágrimas a toque de Kusturica, e prevê um "grande desafio" no pós-eleições. Ou seja, um 31 para Marcelo "decidir"

Costa venceu a habitual prova de fogo do Chiado, com a maior arruada que teve nesta campanha, onde não faltou uma mão cheia de notáveis e muito (mas muito) choro. O líder do PS mostrou-se cauteloso, ao admitir que o dia seguinte às eleições vai ser "um grande desafio" para quem ganhe e para Belém

Legislativas 2022

Costa reconhece que domingo será um mano a mano com Rio e avisa que esse "empate não se resolve a votar num terceiro partido"

Pela primeira vez nesta campanha, e a 24 horas de acabar a volta ao País, Costa assume o inevitável, apontado pelas sondagens: há empate entre o PS e PSD. Porém, além de dizer "basta" às exigências da esquerda da Gerigonça, alerta que o desempate com Rio não pode ser feito à conta de terceiros, dispersando-se votos, nem de colocar "um governo nas mãos da extrema-direita"

Legislativas 2022

Ao som de um sucesso de Toy, tocado pela banda, Costa foi a Setúbal agitar o perigo de um acordo PSD-Chega. No domingo, vai ser toda a noite, toda a noite...

António Costa advertiu para os perigos de um governo liderado por Rui Rio ficar a depender do Chega, visto que o PSD "não tem linhas vermelhas". É a última dramatização da campanha

Política
Exclusivo

PS e a esquerda: O divórcio que já tem dois anos

Os debates e a primeira semana de campanha deixaram claro o afastamento entre os socialistas e Bloco e PCP. Mas a forma como os partidos votam no Parlamento sugere que esse movimento já começou em 2019

Legislativas 2022

Costa assume louros da Gerigonça sem menção àqueles que acusa de irresponsáveis e avisa que Chega se fará pagar caro para apoiar Rio

Costa reivindica feitos obtidos na gestão em que contou com o apoio do BE e do PCP, sem nunca mencionar os antigos parceiros, à exceção de quando teve de apontar os responsáveis pela crise política. Em Almada, o líder do PS substituiu a palavra "maioria" por "responsabilidade" e avisou que "não há almoços grátis" num eventual apoio de Ventura a Rio

Legislativas 2022

Porto "aferroado" dá gás a António Costa, "o quinto beatle"

O PS mais ferrenho do Porto juntou-se ao líder na mítica Rua de Santa Catarina. Não faltou o habitual “até os comemos!” nem o humor do ministro Matos Fernandes a legendar os momentos do líder em modo…rock star

Legislativas 2022

Legislativas: O ex-PSD que prefere Costa a “Belzebu” e o alento dos mercados em dia de maré baixa

No dia em que Rio apareceu à frente nas sondagens, líder do PS recebeu apoio do ex-social-democrata Guilherme Aguiar e banho popular de arregalar o olho na Afurada e em Matosinhos. A realidade pode esperar