Marcelo considera que reunião com Bolsonaro foi "muito boa" e um encontro "de irmãos"
Mundo

Marcelo considera que reunião com Bolsonaro foi "muito boa" e um encontro "de irmãos"

O chefe de Estado português, Marcelo Rebelo de Sousa, considerou hoje que a sua reunião com o novo Presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, em Brasília, foi "muito boa" e decorreu num "tom fraternal" de encontro "entre irmãos"

O Brasil aqui tão perto - e para onde?
Mundo

Brasileiros confiantes que Bolsonaro vai mudar ideologia e valores da família

Brasileiros ouvidos pela Lusa em Brasília manifestaram hoje esperança de que o novo Presidente, Jair Bolsonaro, consiga mudar a ideologia do Brasil, sem "viés político", governar para o povo e mudar os valores da família.

10 imagens essenciais da tomada de posse de Bolsonaro 1
Mundo

Bolsonaro: Hoje "é o dia em que o povo começou a libertar-se do socialismo"

O Presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, disse hoje no discurso que proferiu junto ao Palácio do Planalto, em Brasília, que este "é o dia em que o povo se começou a libertar do socialismo"

A esperança não pode morrer assim
Editorial

A esperança não pode morrer assim

O processo do apartamento tríplex que atirou Lula para a cadeia é de uma fragilidade assustadora, preocupante, e que descredibiliza, só por si, a justiça brasileira

Brasil: Empresário candidato à presidência sugere revolução económica Exame
Exame

Brasil: Empresário candidato à presidência sugere revolução económica

Flávio Rocha, CEO da gigante Riachuelo, quer privatizar todas as empresas estatais, incluindo os gigantes BNDES e Banco do Brasil

Temer apanhado a incentivar subornos
Mundo

Temer apanhado a incentivar subornos

Divulgação de uma conversa na qual o Presidente Michel Temer autoriza e incentiva um suborno pelo silêncio do ex-deputado Eduardo Cunha, condenado por participação no esquema de corrupção na Petrobras, deu origem a pedidos de destituição

Maldição olímpica de Lula da Silva e Chun Doo-hwan
Almanaque Olímpico

Maldição olímpica de Lula da Silva e Chun Doo-hwan

Os dois homens que cometeram a proeza de ganhar a organização dos Jogos Olímpicos para países em desenvolvimento têm mais um ponto em comum: a Justiça não os larga