Bolsa de Especialistas

A sua relação amorosa vai durar? Um exercício e a "fórmula mágica" pela especialista Margarida Vieitez

O “tempo de vida” da sua relação depende mais de si do que pensa!

Igualmente desiguais

Ó patego, olha a bola

A questão dos Direitos Humanos no Qatar não surgiu com o Mundial, nem agora que começou nem quando foi esse o país escolhido para o evento. Ele tem décadas de silêncio internacional! Décadas de olhares para o lado, de fingimento e de esquecimento

Mapeador de Ilhas
Exclusivo

A próxima visita

Não importa o tamanho da espera. A diferença está na idade de quem espera. É o que ele diz enquanto acaricia os joelhos como se neles se desenhasse o redondo da velhice

Pontos Cardeais
Exclusivo

Otimismo da vontade

Não só as mais importantes peças do xadrez se estão a mover, com vigor e acerto, como também os tabuleiros que as procuram organizar parecem ter mais instrumentos do que pensamos

OLHO VIVO

Mundial 2022 no Qatar: "Há um silêncio absoluto do futebol português sobre os direitos humanos"

O Presidente da República tem estado debaixo de fogo, mas é "ensurdecedor" o silêncio que vem das estruturas do futebol nacional e até dos jogadores.

Editorial

Mulher, Vida, Liberdade. Editorial de Mafalda Anjos

O que distingue estes protestos dos anteriores,no Irão, é não só a escala mas a essência do descontentamento e a forma que ele assume. Há um ponto fundamental: esta revolta é liderada pelas mulheres. E isto não é um detalhe

Opinião

A realidade e os "casos"

A ida dos três ao Qatar impõe-se na ordem do simbólico? Mesmo neste domínio há outras formas, muitas já usadas, de manifestar apoio à seleção. Melhores e sem dar azo, por várias sabidas razões, a legítimas críticas a essas escalonadas idas àquele sultanato das três figuras de topo da hierarquia do Estado. Aliás, que outro país se faz representar a tal nível, em tal país e em tal prova? Não havia necessidade...

Opinião
Exclusivo

O jogo perigoso do Qatar

Não é preciso ter uma bola de cristal para adivinhar que, até à final do Mundial do Qatar, o confronto está para durar: entre ditaduras e democracias, entre sociedades fechadas e sociedades abertas, entre países que protegem direitos políticos, sociais e civis e regimes que criminalizam outras formas de ser e de pensar

Politicamente Correto
Exclusivo

Brincar às Constituições

Estamos perante uma enorme perda de tempo e o que é também mais uma declaração explícita do divórcio entre as preocupações dos cidadãos e os partidos de poder

Elefante na Sala
Exclusivo

Disney World Cup. Crónica de Joana Marques

As autoridades qataris deviam ser tão rigorosas com as bancadas como são com as mulheres, e proibir que estivessem tão despidas

LUGAR AOS NOVOS

O capitalismo não é verde!

Por mais que o capital tente branquear a incompatibilidade do modo de produção capitalista com a promoção do equilíbrio ambiental, um sistema que sacrifica os recursos, explora os povos do mundo e artificialmente cria novas necessidades e áreas de negócio, tudo para engrossar os lucros de uma ínfima minoria, não é, nem nunca será verde. Gonçalo Francisco, da Juventude Comunista, na rubrica Lugar aos Novos

Bolsa de Especialistas

Indignação de ocasião

Parece que a onda populista de “bater” no Ministério Público para conquistar votos entre os advogados tem ganho novos adeptos, mesmo entre aqueles que não víamos a encetar esse caminho tão básico e vazio de conteúdo

LD Linhas Direitas
Linhas Direitas

Qatar: a suprema sonsice

O regime despótico catariano, violador dos mais fundamentais direitos humanos, foi bajulado, incensado e abençoado por dezenas de Nações democráticas e justas

Bolsa de Especialistas

Poinciana - o pantone da estação

Para os amantes de vermelho vivo, temos boas notícias: um dos pantones mais vibrantes da estação fria é o poinciana, um encarnado bem garrido, ideal para chamar as atenções e que não deixa ninguém indiferente. Veja as sugestões de Inês Margarida Martins

Opinião

Melhores guionistas para os profissionais do protesto

Não é um crime lutar por um futuro melhor. Pelo contrário, é um dever. Mas nessa luta, tal como em qualquer guerra, há que preparar a logística e não esquecer as munições, que neste caso são as palavras, as mensagens

Pontos Cardeais
Exclusivo

As sete vidas do trumpismo

Trump teve em 2020 mais doze milhões de votos do que em 2016, sobreviveu a dois impeachments e, até ver, à investigação sobre a incitação a um golpe de Estado. Alguém que continua a movimentar-se na política norte-americana como vimos nesta campanha, está longe de estar morto politicamente

Autobiografia Não Autorizada
Exclusivo

Amor confinado

Mantinham-se legalmente casados, moravam na mesma casa, mas ambos juravam que não se falavam há mais de dez anos

LD Linhas Direitas
Linhas Direitas

Pelosi é história

Entre os democratas há agora um reconhecimento agradecido à única mulher, até agora, que ocupou este cargo, mas também um grande alívio por se evitar a fase em que teria de ser "empurrada"

Igualmente desiguais

As fortunas dos outros

Nos poucos meses que leva, o conflito alavancou a economia norte-americana, fez florescer a indústria do armamento, criou fortunas. Os únicos a quererem desesperadamente o fim das hostilidades são os que lhe sofrem as consequências sem terem qualquer papel na definição de políticas ou qualquer hipótese de decisão

Opinião
Exclusivo

Num país onde os jovens não defendem o Planeta, eu não quero viver

As tontearias que eventualmente venham a ser cometidas durante estes protestos não retiram nobreza à causa advogada por estes jovens

No reino Portugalix…
Politicamente Correto
Exclusivo

A política e a Justiça

Tudo isto resulta num ambiente que descredibiliza toda a classe política e que protege os verdadeiros corruptos e praticantes de compadrio. Nada garante mais a impunidade dos verdadeiros corruptos do que o clima de que “são todos iguais” e de que “anda tudo a roubar”