Opinião

A UE, a vacinação, a centralização e a transparência

Há que avaliar a estratégia de vacinação proposta pela Comissão Europeia sob vários prismas, sem deixarmos pender a análise exclusivamente para o iminente atraso nas entregas

Opinião

Mais debate, menos “debates”

Um número excessivo de debates, se sem qualidade (ou, pior, sem decoro) só contribui para os descredibilizar, redundando em prejuízo e não em benefício da democracia

Opinião

Não davam posse a um Governo apoiado pelo Chega? Como assim?

O Chega foi legalizado e até que o Tribunal Constitucional, por iniciativa do Ministério Público, mude de entendimento, tem os mesmos direitos que os restantes partidos políticos. O voto popular num partido que tenho por inimigo vale tanto como o voto no meu partido

Opinião

PSP: “comunicado” a mais e a menos

O que pode prejudicar ou afetar o prestígio e a imagem da PSP é ela apresentar esta queixa-crime, não o cartoon seu absurdo motivo ou pretexto. Mesmo admitindo, apenas para este efeito, que um dos oito “bonecos” da ilustração tem a farda de polícia, é um polícia – não a PSP

Opinião

Uma triste circunstância

Ao contrário da máxima de Ernâni Lopes, vivemos quase sempre na esperança do melhor e sem nos precavermos para o pior

Conhecimento e liberdade
Os trabalhos e os dias

O casamento, hoje, em Portugal

Quando o interior triunfa sobre o exterior.

Opinião: Escola de filhos, professores e pais Jornal de Letras
Crónicas

Opinião: Escola de filhos, professores e pais

Quando era criança, lembro-me de tentar adivinhar, fascinado, a figura que iria surgir dos traços ainda desligados  que iam sendo desenhados pelo meu pai numa folha de papel... Quando  fomos criticando o que considerávamos serem falhanços da ideologia e da charlatanice pedagógica que dominaram a Educação nos últimos 40 anos, não tivemos logo a visão do desenho todo, do plano e do desígnio.

O peso do paraíso Jornal de Letras
Artes Visuais

O peso do paraíso

"Em termos formais a sua obra é herdeira do minimalismo e da arte conceptual. Herança trabalhada de um modo tão próprio, único, singular: nenhuma escultura de Chafes lembra mais nada do que uma escultura de Chafes"

José Luís Peixoto

Não morri

Se tivesse morrido nesse dia, faltava uma grande quantidade de acontecimentos enormes na minha vida

Pedro Norton

A hora da política

Por muito gigantesca que seja a tarefa, por muito arriscada que seja uma descolagem da ortodoxia da troika, a verdade é que chegou a hora de dar uma condução política autónoma ao Governo de Portugal

Sexto Sentido

Asfixia democrática e fiscal

Governo e troika estranham o aumento do desemprego. Estão a gozar, ou são só incompetentes?

Opinião

Congelar o Darfur

De repente, os EUA e outros membros da comunidade internacional passaram a perceber que o processo no Sul do Sudão é primordial