Golpada em Caracas
Mundo

Golpada em Caracas

O “paraíso bolivariano”, onde vivem 400 mil portugueses, sofre com a queda das receitas do petróleo, com a maior inflação do mundo, de 150%, e com uma contração do PIB de cerca de 7%. Mas Maduro quer “aprofundar a revolução”

João Dias Miguel