Visão Saúde
VISÃO Saúde

“Quando somos cuidados ou cuidamos de alguém, isso traz uma sensação de bem-estar; que tal alargar esta perspetiva para outros, que até nem conhecemos?”

Olhar para aquilo que nos acontece de forma mais consciente e sem julgar, de forma regular, tem benefícios na saúde, afirma a psicóloga educacional Joana Sampaio de Carvalho. A investigadora e formadora em mindfulness deixa pistas para cultivar a prática no quotidiano e ter uma vida melhor

Meditação tem benefícios, mas muito longe de ser o "milagre" que se apregoa Visão Saúde
VISÃO Saúde

Aumento da ansiedade e até ataques de pânico: 8% dos praticantes de mindfulness e outros tipos de meditação relatam "efeitos secundários"

Têm como objetivo relaxar o corpo e treinar a mente para conseguirmos focarmo-nos nas nossas emoções e pensamentos, mas podem desencadear respostas menos positivas

Os inesperados (e negativos) efeitos secundários da meditação Visão Saúde
VISÃO Saúde

Os inesperados (e negativos) efeitos secundários da meditação

Associamos a prática de meditação ao tratamento de situações de stress, depressão ou dependência. Mas um novo estudo revela que, assim como pode ser beneféca, a meditação também pode ter alguns efeitos negativos

Quer emagrecer? Olhe que não é por deixar de comer gorduras que o vai conseguir Visão Saúde
VISÃO Saúde

Os três princípios fundamentais da dieta e o que fazer antes de começar

Excerto do livro 'Como controlar o açúcar no sangue' de Michael Mosley, médico, jornalista da BBC e autor de bestsellers na área da alimentação, no qual apresenta o seu Plano M., uma dieta de 8 semanas

Estudo revela que o 'mindfulness' é "coisa de mulheres" Visão Saúde
VISÃO Saúde

Estudo revela que o 'mindfulness' é "coisa de mulheres"

Nos últimos anos as preocupações com a saúde mental têm aumentado. Atingir a "atenção plena" é uma meta que nem todos atingem. Nesta corrida, as mulheres chegam primeiro

"Temos de aprender a fazer uma atividade de cada vez"
Sociedade

"Temos de aprender a fazer uma atividade de cada vez"

Aproveitar todos os momentos do dia a dia, dedicar a máxima atenção a cada atividade, guardar uns minutos para estar com os seus pensamentos... soa a autoajuda. Mas Mark Williams, investigador da Universidade de Oxford, apoia-se em estudos científicos que nos provam que o mindfulness não é só para místicos