A “grande reviravolta” da Reserva Federal dos EUA Exame
Exame

O balão de dívida que pode amplificar a próxima recessão

A montanha de dívida empresarial, que cresceu à boleia das condições favoráveis de financiamento no pós-crise, enfrenta desafios como a desaceleração das principais economias, guerras comerciais e a normalização da política monetária.

Governo volta a falhar meta do investimento público por mais de 450 milhões Exame
Exame

Centeno sobre o abrandamento: “Parece que vai durar um pouco mais”

Costa e Siza Vieira já se tinham referido a riscos de "pneumonia" e entrada da economia num "novo ciclo". Agora, o presidente do Eurogrupo - e ministro das Finanças - admite um abrandamento mais prolongado

Paulo Zacarias Gomes
Governo volta a falhar meta do investimento público por mais de 450 milhões Exame
Exame

Ano arranca com défice já próximo do objetivo do Governo

Nos primeiros três meses de 2018, o défice orçamental português fixou-se em 0,9% do PIB. Um valor relativamente próximo do objectivo de 0,7% definido pelo Governo para a totalidade do ano. É o melhor arranque para as contas públicas desde que Portugal está na Zona Euro.

Nuno Aguiar
Volta a ouvir-se “tic tac” no Sul da Europa Exame
Exame

Volta a ouvir-se “tic tac” no Sul da Europa

Desta vez são os gigantes. Um governo rejeitado em Itália e um executivo em risco de colapso em Espanha. Um quarto da economia da Zona Euro está em convulsão e volta a trazer para debaixo dos holofotes o Sul da Europa.

Nuno Aguiar
A urgente reforma da Zona Euro Exame
Exame

A urgente reforma da Zona Euro

O actual ambiente de acalmia devia servir para uma séria e consequente reflexão sobre a reforma das instituições europeias

António Nogueira Leite
O fim da festa do dinheiro fácil
Editorial

O fim da festa do dinheiro fácil

O que deveria ter sido uma solução temporária de emergência acabou por se eternizar: ficou a torneira do dinheiro aberta, a jorrar durante quase uma década

Mafalda Anjos
Défice absorve impacto de 482 milhões nas contas públicas
Economia

Défice absorve impacto de 482 milhões nas contas públicas

Apesar do alívio no IRS, do descongelamentos das progressões no Estado e do aumento extraordinário das pensões, o défice continuará a descer para 1% do PIB. Veja como

Clara Teixeira
BCE corta (ainda mais) juros para tentar animar economia da Zona Euro
Economia

Quem tem medo da ajuda do BCE? A Alemanha...

Comprar ou não comprar dívida pública dos países europeus, eis a questão. A polémica ameaça os poderes do Banco Central Europeu e pode antecipar fim do programa

Economia

Três medidas para colocar a dívida abaixo dos 100% do PIB e poupar 450 milhões em juros já este ano

Alargar prazos e reduzir juros permitiria baixar o rácio da dívida em 39 pontos, dos atuais 130,7% para 91,7%. E sem “mexer” com a dívida dos privados

Clara Teixeira
Economia

Procura nas Obrigações do Tesouro ultrapassa 1400 milhões de euros

Cada um dos 63 mil pequenos investidores aplicou mais de 15 mil euros em Obrigações do Tesouro de Rendimento Variável. São quase todos portugueses

Boas notícias de Bruxelas aumentam confiança do Governo
Economia

Boas notícias de Bruxelas aumentam confiança do Governo

A Comissão Europeia decidiu: Portugal tem um orçamento “dentro das regras”, já não incorre no perigo de ter os fundos estruturais suspensos e está no bom caminho para sair do Procedimento por Défice Excessivo (PDE). Assim sendo, Governo promete que não aumentará impostos

Canadianos mantêm Portugal fora do lixo
Economia

Canadianos mantêm Portugal fora do lixo

A agência de “rating” canadiana DBRS manteve esta sexta-feira, 21, a classificação da dívida pública portuguesa. Ainda que a nota das obrigações nacionais seja baixa, a DBRS reclassificou-as um grau acima de “lixo” – isto é, (ainda) não as considera como especulativas, ou seja aplicações de alto risco.

Francisco Galope
Vem aí uma nova crise? Seis sinais que estão a alarmar os mercados
Em sincronização

Vem aí uma nova crise? Seis sinais que estão a alarmar os mercados

Stress na China, banca em crise, commodities e petróleo em queda. Será a tempestade perfeita para a economia e para os mercados?

Mafalda Anjos
Portugal coloca 995 milhões de dívida a juros mais altos
Economia

Portugal coloca 995 milhões de dívida a juros mais altos

A República emitiu 995 milhões de títulos de dívida a dez anos, pagando juros ligeiramente superiores aos da última operação