Editorial

A grande devassa

Talvez um dia as gerações seguintes venham a questionar-se sobre como deixámos que isto acontecesse. Ou talvez, no futuro, elas já estejam tão habituadas à devassa permanente que convivam naturalmente com isto

Editorial
Exclusivo

Olhar Cuba da caixinha

As reações por cá ao que se passou esta semana em Cuba mostram bem o ponto a que chegou a polarização política nacional e o nível de cegueira ideológica que reina dentro das “caixinhas”

Em sincronização

Os penduras

Há pelo menos quatro tipos de penduras: negacionistas, cobardes, alternativos e inconsequentes. Em comum, todos têm a incivilidade e o egoísmo de apenas olharem para o cotão do seu umbigo

Coleção Berardo: Como o Estado perdeu um trunfo numa história de milhões
Editorial

Isto agora complicou-se, “babe”…

Os esquemas de abertura de empresas e fundações, o uso dos paraísos fiscais, os mecanismos de recuperação bancária serão finalmente passados a pente fino

Em sincronização

Movimento Zero: Quem guarda o guarda?

Nunca foi tão legítima a pergunta, perante a ameaça que fenómenos como o Movimento Zero colocam ao sistema que é suposto protegerem. Estes grupos estão a destruir os fundamentos da democracia. Perante a passividade e conivência de todos os colegas

Editorial

A política ao balcão

Ao balcão o que é do balcão, à política o que é da política? Errado. Um primeiro-ministro tem de saber que tudo o que se passa nos balcões é responsabilidade da política

Em sincronização
Exclusivo

O problema do Safe & True

Prefiro ter idiotas a dizer mentiras do que correr o risco de ter idiotas a decidir quem pode ou não ser considerado credível

Editorial

A trágica agonia do PSD

Maquiavel dizia que um líder político (o seu Príncipe) devia encontrar o equilíbrio entre a força do leão e a astúcia e a perspicácia da raposa. Rui Rio está algures entre a tontaria da barata e a marcha a ré do caranguejo

Editorial

Sim, ainda o assédio sexual

Não precisamos de nomes: precisamos apenas de ganhar consciência de que o assédio sexual existe

Em sincronização
Exclusivo

Bem-vindos à luta pelos direitos no Sudoeste Alentejano

Há anos que se encolhe os ombros na esperança de que as estufas continuem a produzir e que eles lá se arranjem, mesmo quando, perante uma pandemia, as condições de salubridade fossem particularmente preocupantes, colocando em risco não apenas as suas vidas, mas também a saúde e a economia da região

Editorial

A cultura do cancelamento e os novos guetos sectários

Antigamente, era preciso coragem para se ser radical. Hoje, neste caldo em que cresce a intolerância, tornou-se um exercício de imensa coragem ser-se moderado

Em sincronização

Enriquecidos, justificai-vos!

O tema é sensível, e os equilíbrios são frágeis. Tal como no sigilo bancário e nos acessos aos dados pessoais, estas são matérias no fio da navalha da defesa das liberdades dos cidadãos. Mais vale ponderar e fazer uma boa lei do que legislar à pressa uma má lei

Editorial

O mercadejador de São Bento

É o Estado de direito a funcionar, estúpidos!, dirão alguns. Ao que os estúpidos, legitimamente também, responderão que então algo vai mal com o Estado de direito em Portugal

Em sincronização

Razão formal sem razão política

Sou, é verdade, por princípio, muito sensível a argumentos de princípio. Só me custa mais a entendê-los quando defendemos a primazia dos princípios às segundas, quartas e sextas mas às terças, quintas e aos fins de semana encontramos formas de os enfiar na gaveta

Editorial

Pequena apologia da empatia

A razão e a empatia, que tanta falta faz neste mundo polarizado, podem, e devem, andar de braços dados. E Rui Nabeiro é a prova viva disso

Em sincronização

A grande desilusão das vacinas

Está na hora de encarar o que é por demais evidente: a estratégia de vacinação europeia está a revelar-se um fracasso. Um falhanço só equivalente à forma tão calamitosa como a União Europeia geriu a crise das dívidas soberanas

Em sincronização

Um lobo cada vez mais solitário

A sintonia de Marcelo Rebelo de Sousa com o Governo já viu melhores dias. Ou António Costa prova o Presidente – um lobo cada vez mais solitário – não perdoará

Editorial

Governo planeia de menos e poupa de mais

O nosso forte sempre foi o improviso. Mas precisamos de planeamento e de gastar mais e melhor

Em sincronização

Ainda não deu para perceber que as reuniões do Infarmed não funcionam?

Estas reuniões não são mais do que uma espécie de conferência, onde todos vão apresentar os seus pontos de vista. São audições técnicas, mas servem apenas para deixar ideias soltas, pontos numa folha em branco. Para unir estes pontos e traçar um desenho coerente de resposta, o Governo fica sozinho. E isso não faz sentido algum

Editorial

Esta angústia que não nos larga

Olho à minha volta e vejo uma outra pandemia que toma proporções dramáticas: a da ansiedade e depressão. Silenciosa, cresce quase sem que se dê conta

Em sincronização

Chega, Senhora Bastonária?

É cada vez mais claro que Ana Rita Cavaco é uma bastonária com ambições políticas e qual é o território pelo qual alinha