LD Linhas Direitas
LInhas Direitas

A absurda tese de se abrir as patentes

E por que razão levantar só as patentes das vacinas? Já agora abram tudo. Por exemplo, todas as drogas inovadoras que se usam na imunoterapia contra o cancro.

LD Linhas Direitas
LInhas Direitas

O imparável novo mundo das criptomoedas

Um dia destes, não muito longe, vamos perguntar quanto vale Portugal em Bitcoins, ou em qualquer outra das 10 mil criptomoedas que existem. Alguém sabia o que queria dizer "www" no início dos anos 90? Pois era

LD Linhas Direitas
LInhas Direitas

O ministro que também é CEO da TAP

Agora, só para avisar, acha que não pode haver ligações aéreas numa distância inferior a 600 quilómetros, que são só mais 100 do que Portugal tem, de Norte a Sul. E Madrid, em linha reta, também fica de fora. São só 503 km!

LD Linhas Direitas
LInhas Direitas

Esta não será a última emergência

A grande questão, contudo, é se chegaremos a tempo de evitar uma 4ª vaga. Ela já se passeia na Europa, e a conjugação das aberturas com a vacinação não tem tido resultados positivos, pela óbvia razão de que nos faltam vacinas, e cada compra da Comissão, como agora com a Janssen, é mais um desatino

LD Linhas Direitas
LInhas Direitas

Que raio de Justiça é esta que não é a popular?

A única coisa que chateia, que irrita, que desvaira, que insulta, são as decisões que não coincidem com o juízo final, sem apelo, dos dez milhões de juízes que temos em Portugal. Assim não pode ser!

LD Linhas Direitas
LInhas Direitas

A pílula da EMA e o morto do SEF

EMA deveria ter dito isto: a vacina não é totalmente segura, algumas pessoas podem morrer, tem uma eficácia muito abaixo das outras, a bula vai dizer que a morte é um efeito secundário, e talvez não seja boa ideia dar abaixo dos 30 anos

LD Linhas Direitas
LInhas Direitas

Sem vacinas não há matriz de risco que aguente

É evidente que o Governo e as autoridades de Saúde estão a tentar gerir uma impossibilidade, uma improbabilidade, uma implausibilidade

LD Linhas Direitas
LInhas Direitas

Presidente não alinha na birra do Governo

Esta birra governamental não é inédita, e tem tudo a ver com a abordagem económica e financeira pobrezinha, que caraterizou toda a ajuda às pessoas e empresas. Sempre tudo pela rama, com pouco dinheiro, e em alguns casos nenhum, como acontece com as moratórias

LD Linhas Direitas
LInhas Direitas

Pedro Nuno Santos fala com Siza Vieira?

A TAP é o tema da discórdia. Não pode falir, garantem os dois. Separadamente. Mas é tudo. Nenhum aceita recuar, e cada um faz o oposto do outro. Isto já não é uma diferença de opinião, uma nuvem passageira, uma pequena desavença. É uma luta feroz, entre a "capoeira" e o "vale tudo"

LD Linhas Direitas
LInhas Direitas

O Chega tem Pai, Mãe e Tia

O Chega, na verdade, é filho bastardo, de ilegítimo, do PS e do PSD (pai e mãe), e tem como tia o CDS, que há quase 50 anos dividem o Poder, agora tu agora eu, com ajuda dos pequenos partidos que se acomodaram ao sistema, e isso está a acabar em Portugal, agora à direita

LD Linhas Direitas
LInhas Direitas

Biden entalado

O discurso da nova esquerda, que juntou mais alguns eleitos no Congresso, é o de Trump virado ao contrário: nada de compromissos, nada de vacilações, nada de entendimentos. É preciso castigar todos os que apoiaram ou trabalharam com Trump

LD Linhas Direitas
LInhas Direitas

O dia da vacina

Diga-se, já agora, que mesmo que a eficácia fosse menor, 80%, já era uma grande vitória científica, num espaço de tempo tão curto. Para se chegar aqui milhares de pessoas foram envolvidas, aderiram aos testes, e deram o corpo pela nossa saúde

LD Linhas Direitas
LInhas Direitas

Pelosi em risco

A senhora tem 80 anos, visivelmente cansada e desgastada, e dificilmente será escolhida pelo partido para liderar a Câmara. De alguma forma passou de prazo, e os democratas não lhe perdoam ter perdido representantes

LD Linhas Direitas
LInhas Direitas

Trump pode ganhar?

O problema, afinal, era de Biden, e não de Trump. Como é possível estar ainda tudo em aberto, depois da enxurrada de sondagens, opiniões, garantias e previsões de que as eleições estavam terminadas para os republicanos?

LD Linhas Direitas
LInhas Direitas

Trump fica ou sai?

Os americanos já decidiram no sim ou não a Trump. Os dados estão lançados. O jogo está fechado. Biden, e o resto do mundo, aguarda

LD Linhas Direitas
LInhas Direitas

"Temos de agir agora!"

O nosso Governo vai reunir no sábado para tomar novas medidas. Não podem, em nenhuma circunstância, ser medidas menores. Acabaram-se os paninhos quentes, as falsas expetativas, e as garantias de que o nosso SNS está preparado e aguenta tudo. Deixem-se de mentiras piedosas

LD Linhas Direitas
LInhas Direitas

Trump dá tudo por tudo

Robert Cahaly, especialista em sondagens do Trafalgar Group, o mesmo que em 2016, na mesma altura, e quando ninguém acreditava, deu a vitória a Trump, volta, de novo, a prever, a 11 dias das eleições, um mínimo de 270 votos do Colégio Eleitoral para o presidente, o que significa a vitória

LD Linhas Direitas
LInhas Direitas

A fascinante dança do BE

O Bloco, em particular, e a sua líder, Catarina Martins, e também Mariana Mortágua, (a anjinha e a diabinha) conseguem sempre a proeza de estar no sítio político certo, e no momento único, em que têm as cartas para ganhar o jogo

LD Linhas Direitas
LInhas Direitas

129 por 100 mil é suicidário

129 contagiados por 100 mil habitantes não é uma abstração, um número esotérico, um pormenor matemático, uma pirraça dos especialistas. É uma taxa muito grave para a nossa saúde pública, que está a um nível inaceitável

LD Linhas Direitas
LInhas Direitas

Stayaway da Stayaway

Como em Portugal só testamos as pessoas que apresentam sinais de Covid, ou aquelas que contactaram de perto com um caso positivo, a StayAway não serve para coisa nenhuma. Obrigatória ou voluntária. Só desumaniza, afasta e torna mais cruel essa doença

LD Linhas Direitas
LInhas Direitas

Covid à portuguesa: Pior é possível!

A gravidade da evolução da Covid-19 já não dá para disfarçar, empurrar, deixar andar. Os nossos números, à nossa escala, são verdadeiramente preocupantes, e serão assustadores quando chegarmos aos 3 mil