Guerra na Ucrânia

Invasão russa da Ucrânia demonstra importância de Indo-Pacífico livre, diz Biden

Mundo

Tóquio diz que EUA apoiam adesão do Japão ao Conselho de Segurança da ONU

Mundo

Bolsa de Tóquio fecha a ganhar 0,98%

Mundo

Joe Biden diz que projeto de cooperação vai beneficiar povos do Indo-Pacífico

Mundo

Trabalhista Anthony Albanese tomou posse como primeiro-ministro australiano

Mundo

Bolsa de Tóquio abre a ganhar 1,13%

Mundo

Bolsa de Tóquio fecha a ganhar 1,27%

Mundo

Bolsa de Tóquio abre a ganhar 0,66%

Mundo

Japão regista défice comercial de 6,23 mil milhões de euros em abril

Mundo

Bolsa de Tóquio abre a perder 2,36%

Mundo

"Real possibilidade" de teste nuclear norte-coreano enquanto Biden está na Ásia

Os Estados Unidos consideram existir uma "real possibilidade" de a Coreia do Norte realizar "um novo disparo de míssil" ou "um teste nuclear" durante a viagem do Presidente, Joe Biden, à Ásia, disse hoje um dos seus conselheiros

Mundo

Bolsa de Tóquio fecha a ganhar 0,94%

Mundo

Bolsa de Tóquio abre a ganhar 1,1%

A bolsa de Tóquio abriu em alta, com o principal índice, o Nikkei, a ganhar 1,1%, para 26.952,66 pontos

Mundo

Bolsa de Tóquio fecha a ganhar 0,45%

A bolsa de Tóquio fechou em alta, com o principal índice, o Nikkei, a ganhar 0,45%, para 26.547,05 pontos

Mundo

Bolsa de Tóquio abre a ganhar 1,49%

A bolsa de Tóquio abriu em alta, com o principal índice, o Nikkei, a ganhar 1,49%, para 26.821,39 pontos

Mundo

Okinawa pede menos presença militar dos Estados Unidos no seu território

Okinawa exigiu hoje que a presença militar dos EUA seja reduzida no seu território, que abriga mais da metade das bases norte-americanas no país, por ocasião do 50.º aniversário da sua reintegração no Japão após a II Guerra Mundial

Mundo

Bolsa de Tóquio fecha a ganhar 2,64%

Mundo

Bolsa de Tóquio fecha a perder 1,77%

Mundo

Excedente da balança de pagamento do Japão caiu 22,3% em 2021

Mundo

Bolsa de Tóquio abre a perder 1,22%

Mundo

Governos do Japão e Finlândia prometem "resposta firme" à invasão russa

Os primeiros-ministros do Japão e da Finlândia, Fumio Kishida e Sanna Marin, expressaram hoje a sua preocupação comum com a invasão da Ucrânia pela Rússia e afirmaram a sua vontade de "responder com firmeza" ao conflito