Sociedade

Este homem morreu sozinho numa praia em 1948. O mistério em volta da sua morte só agora está perto de ser solucionado

Deitado de costas na areia, de fato castanho, sapatos recém-engraxados e com um cigarro meio fumado no colarinho, o “Homem de Somerton” tem sido um quebra-cabeças para as autoridades, a ponto de ser considerado o “mistério mais profundo da Austrália”