LUGAR AOS NOVOS

É possível uma vida melhor

Os jovens não estão condenados a uma vida de instabilidade e pobreza, de precariedade dos contratos de trabalho que não permitem planear a vida para lá de três ou seis meses, ou mesmo de uns poucos dias, de baixos salários que, aliados a elevadas rendas praticadas, adiam a autonomização da juventude, dos horários desregulados e turnos rotativos que negam tempo para lazer, descanso, família, namorar, cultura, desporto e tantas outras dimensões da vida que permitem a realização individual e coletiva de todos. Francisco Camacho, da Juventude Comunista, na rubrica Lugar aos Novos

LUGAR AOS NOVOS

Festa do Avante!, a Festa que a juventude tomou como sua

Enquanto o grande capital investia no medo e no conformismo, a Festa resgatou a esperança e a confiança para a luta que continua por uma vida melhor, por uma política alternativa patriótica e de esquerda, por um Portugal com futuro

lugar aos novos
LUGAR AOS NOVOS

Desporto para todos, um direito da juventude

É necessária uma política diferente, patriótica e de esquerda, que garanta a estruturação de um serviço público de difusão da prática das actividades físicas e desportivas, e conceba o desporto como um bem cultural colocado ao serviço da humanização do indivíduo e da sociedade