Política
Exclusivo

Orçamento: Os números de toda a discórdia

A um mês de entrar em vigor, organizações internacionais puxam o tapete ao primeiro orçamento de Medina. Economistas dividem-se entre considerar a proposta orçamental “muito otimista” ou “irrealista”. E o Presidente da República alerta que a fórmula do Governo para lidar com a crise vai ditar se Costa se aguenta até ao final da legislatura

Política

António Costa ganha orçamento um ano após crise política mas assume divórcio com esquerda e deixa direita a fazer contas

António Costa tem motivos para sorrir. Fruto da maioria absoluta, o Orçamento de Estado foi aprovado na generalidade sem qualquer surpresa. Porém, o debate e a votação do documento deixaram claro que é irreversível o corte do PS com os antigos parceiros da gerigonça. Enquanto isso, a direita mostrou que ainda convive mal com o seu passado de austeridade

Política

Instituições imperfeitas, ódio ao empobrecimento e vacas sem asas: O 2º dia de debate do OE 2023 espremido

Ministro das Finanças assumiu que poderia ter ido mais longe na redução do défice, mas preferiu investir em apoios às famílias e empresas em tempos particularmente adversos. Esquerda não ficou convencida e declarou ódio ao empobrecimento dos portugueses; direita acusou o Governo “de efeitos contracionistas”. Já o ministro da Economia mostrou-se insatisfeito com o desempenho do Banco de Fomento

Política

0E 2023: Medina quer acelerar PRR e "tirar Portugal dos países mais endividados da UE" sem "vender ilusões" e diz que "é isto que a esquerda não entende"

Último dia de debate sobre proposta orçamental do Governo para 2023 e votação na generalidade da mesma começou com a intervenção do ministro das Finanças, que prometeu "quatro anos de estabilidade nos rendimentos" dos portugueses e mobilização das "forças internas para enfrentar os desafios externos", acenando com “dois milhões de euros em apoios”

Política

OE 2023: Partidos da oposição unidos nas críticas ao Governo por "não fazer o suficiente" para proteger empresas e famílias do aumento da inflação

Os números apresentados por Fernando Medina não convenceram os partidos com representação parlamentar, que são unânimes a considerar que o executivo "não está a fazer o suficiente" para ajudar as empresas e as famílias face ao escalar da inflação e ao aumento dos preços

Política

Fact Check: Sérgio Figueiredo ia ganhar menos do que Medina?

Numa extensa carta, publicada ontem no Jornal de Negócios, o ex-diretor de informação da TVI rejeitou o cargo de consultor no Ministério das Finanças, dizendo-se vítima de "mentiras". No mesmo texto, Sérgio Figueiredo defende que não iria auferir mais que o próprio ministro, como noticiado. É verdade?

Política

Medina lamenta "profundamente" saída de Sérgio Figueiredo

Fernando Medina lamentou que Sérgio Figueiredo tenha decidido abandonar o Ministério das Finanças, na senda da polémica desencadeada pelos moldes da contratação ao ex-diretor da informação da TVI. Para o governante, Figueiredo era um "valioso contributo"

Política

"Estamos perante uma troca de avenças". Contratação de Sérgio Figueiredo deixa Fernando Medina "debaixo de fogo"

Fernando Medina contratou para seu consultor Sérgio Figueiredo que, quando era diretor de informação da TVI, criou um espaço de comentário para o atual ministro das Finanças. Mais: o ordenado de Figueiredo será equiparado ao de um ministro. À VISÃO, João Paulo Batalha fala da contratação de um "lobista" na área da comunicação com o objetivo de permitir a Fernando Medina "criar uma imagem" tendo em vista o futuro da sua carreira política. Oposição multiplica-se em críticas.

Política

Utentes do Santa Cruz vão levar petição ao Parlamento depois de Finanças falharem promessa de obras essenciais

Ala de referência lisboeta para cardiologia recebeu a promessa de um novo edifício há dois anos com financiamento da autarquia de Oeiras. No entanto, projeto continua na gaveta da tutela, que falhou o prazo de autorização. Há já uma petição que reúne assinaturas suficientes para levar o tema à Assembleia da República

Jornal de Letras
Jornal de letras

A viúva de Pessoa

Crónica de Luís Ricardo Duarte

Política

OE 2022: A estreia de Medina e a “política de continuidade” de “contas certas” de Centeno e Leão

A proposta orçamental do Governo para 2022, apresentada esta quarta-feira, é a primeira grande prova de fogo de Fernando Medina à frente da pasta das Finanças. Em conferência de imprensa, reconheceu "dificuldades" no contexto económico, mas mostrou-se otimista e recusou a possibilidade de austeridade. Deixou indiretas para a esquerda que chumbou o OE 2022, no ano passado; recorreu ao humor para responder aos jornalistas e lembrou a sua licenciatura em economia...

Exame
Exame

Menos crescimento, mais inflação mas o mesmo défice e menos dívida. Quais as previsões do OE de Medina?

A proposta de Orçamento do Estado entregue por Fernando Medina tem algumas diferenças nas perspetivas macroeconómicas face ao apresentado em outubro do ano passado por João Leão. Mas apesar do menor crescimento, o novo ministro das Finanças mantém a meta de 1,9% para o défice

Em sincronização

2299 votos a mais e “feelings” certeiros. Aqui está ele, Manuel Acácio. Mas, e agora?

Nenhuma sondagem previu a vitória de Carlos Moedas, mas ela aí está, "contra tudo e contra todos". Mas se os lisboetas querem mudança, com uma maioria de esquerda ela pode não ser fácil de conseguir

Autárquicas 2021

A derrota de Medina na capital em 15 imagens

Seis anos e meio depois de ter recebido a Câmara de Lisboa das mãos de António Costa, Fernando Medina perdeu nas urnas a possibilidade de avançar para mais um mandato. Na hora da despedida, o autarca socialista assumiu tratar-se de uma derrota "pessoal". Estas são as imagens do revés imposto pela direita

Autárquicas 2021

Medina dá peito às balas na hora do adeus: "derrota em Lisboa é pessoal e intransmissível". Mas esquerda está em maioria, avisa

O PS perdeu em várias frentes na capital nestas autárquicas, mas Fernando Medina decidiu, esta madrugada, puxar para si os prejuízos e assumir que se tratou de uma derrota "pessoal". Segundo o presidente da Câmara de Lisboa, que não disse se fica como vereador, o partido deu-lhe "todos os recursos" para levar a melhor. "Infelizmente não fui capaz de prosseguir esse desígnio", disse, avisando que a esquerda está em maioria

OLHO VIVO

“Regresso ao Passado? Parece que voltámos a 2001, em Lisboa”

É um balde de água fria para as expectativas do PS que faz lembrar a eleição que opôs João Soares a Santana Lopes

Autárquicas 2021

Medina preparado "para todas as decisões", até para uma derrota

Fernando Medina assumiu-se, este domingo, "preparado" para qualquer que seja o resultado na corrida em Lisboa, mesmo que seja uma derrota ou uma vitória à míngua. O recandidato à Câmara da capital, pela coligação do PS com o Livre, recusa ainda que a sua prestação nestas autárquicas venha a condicionar qualquer ambição interna no partido

Autárquicas 2021

Autárquicas: "Lisboa é fundamental para termos sucesso nas grandes prioridades das políticas" do Governo, diz António Costa

António Costa não se afastou um metro de Fernando Medina, na arruada que marcou o final da campanha da coligação “Mais Lisboa”, que percorreu, esta sexta-feira, as principais artérias da capital. No final da caminhada, o primeiro-ministro apelou ao voto no atual presidente da câmara de Lisboa: “Lisboa é fundamental para termos sucesso nas grandes prioridades das políticas que definimos para o país”

Autárquicas 2021

Autárquicas em Lisboa. Fernando Medina seduz à esquerda. Pequenos partidos afiam as garras

O debate que juntou os 12 candidatos à câmara de Lisboa confirmou a possibilidade de um acordo pós-eleitoral à esquerda. Carlos Moedas perdeu protagonismo para pequenos partidos na hora de atacar a governação PS

Autárquicas 2021
Exclusivo

Medina vs. Moedas em Lisboa: O combate dos duros

Histórias de vida, percurso profissional, intervenção política, trunfos e fragilidades: filhos de pais comunistas, deram políticos moderados. O que têm em comum e o que separa os dois principais candidatos a Lisboa? Onde se fala de outros combates a não perder

OLHO VIVO

“Se a diferença de Moedas para Medina for só de sete pontos, Moedas assina já por baixo”