Sociedade

Exaustos, ansiosos e desorientados: o sentimento dominante de professores e educadores em ano de pandemia

Os resultados preliminares do Psiquaren10, estudo retomado no início do ano letivo e a decorrer até ao fim do primeiro período, mostram que a fadiga pandémica chegou à escola, com mais impacto na faixa etária dos 40 aos 49 anos e nas mulheres