Ideias

"Pessoas altamente sensíveis veem problemas e formas de resolvê-los que passam despercebidos a outros"

A psicóloga clínica, investigadora e escritora Elaine N. Aron fala, em entrevista à VISÃO, sobre as "pessoas altamente sensíveis" , que, explica, respondem mais aos estímulos do ambiente que as envolve

Estudo comprova eficácia dos antidepressivos
Psicologia Quotidiana

Neurótico? Não, altamente sensível

Não é doença nem uma questão de feitio. É um traço de personalidade que tem vantagens e com o qual se pode aprender a viver melhor