Visão Saúde
VISÃO Saúde

8 vícios que podem ser sintomas de depressão

De acordo com a Organização Mundial de Saúde, a depressão é a doença mental que afeta mais pessoas no mundo – um número que ultrapassa atualmente os 264 milhões. Sabia que alguns dos sintomas da depressão são também comportamentos compulsivos? Surpreende-o que o vício do jogo, das compras ou do álcool sejam um indicativo desta doença dos tempos modernos?

Visão Saúde
CONVERSAS VISÃO SAÚDE

"O sono não acontece por encomenda e fazer pressão para que chegue só aumenta a ansiedade e o estado de alerta"

A psiquiatra Marta Gonçalves, coordenadora do Centro de Medicina do Sono do Hospital CUF Porto e certificada pela Sociedade Europeia de Investigação em Sono, explica o que se passa no corpo e no cérebro enquanto dormimos, o que pode prejudicá-lo e o que podemos fazer para melhorar a qualidade desse tempo

Clara Soares
Visão Saúde
CONVERSAS VISÃO SAÚDE

Ansiedade e depressão: "A intensidade e a duração dos sintomas e a disfuncionalidade que causam são os principais critérios para definir se as emoções são normais ou patológicas"

O psiquiatra Gustavo Jesus explica quais os fatores de risco e os mecanismos associados às perturbações de saúde mental. O médico desmonta ainda ideias feitas sobre os tratamentos e sugere coisas simples que podemos fazer para viver melhor

Clara Soares
As pessoas com depressão dizem mais certas palavras. E não, não são só as que expressam emoções negativas
Crónicas d.C.

Anima-te, filho

Em Portugal, onde a depressão e a ansiedade flagram, e o suicídio é a segunda maior causa de morte dos jovens, a resposta popular para os flagelos mentais continua a ser, tantas vezes, “não sejas tão negativa”, “vai ver o mar, que isso passa” ou, simplesmente, “anima-te, filho”

Henrique Costa Santos
Opinião

A pílula mágica

Enquanto a depressão ansiosa me infernizou década e meia de vida, foram-me receitados 7 antidepressivos diferentes, 8 ansiolíticos distintos e uma mistura exótica de outras pílulas que fariam as magias coadjuvantes

Marta Rebelo
Fibromialgia: viver com dores e com o rótulo da preguiça
Opinião

A Grande Depressão

Viver com uma depressão é semelhante ao vazio das nossas ruas no Estado de Emergência, sem que se entenda quem decretou o confinamento obrigatório no pior sítio de todos: a nossa cabeça

Marta Rebelo
Flor de Sal

Para lá da rebentação

Quero escrever sobre o Pedro para pararmos todos um bocadinho e tentarmos perceber que mecanismos podemos descobrir dentro de nós para suavizar a angústia e a tristeza que, com o tempo, se transformam numa doença que se chama depressão. Ou, caso seja necessário recorrer à ajuda de profissionais de saúde, para resolver aquilo que não conseguimos sozinhos

Margarida Rebelo Pinto
Fibromialgia: viver com dores e com o rótulo da preguiça Visão Saúde
VISÃO Saúde

10 sinais que não parecem ser de depressão, mas são

Não parar de chorar, uma tristeza que não passa, perda de vontade de viver são sintomas que o senso comum identifica como depressão. Mas há muitos outros sintomas menos óbvios e, por isso, mais difíceis de associar à doença

Carmo Lico
Descoberta possível explicação para o facto de algumas mulheres engravidarem mesmo tomando a pílula corretamente Visão Saúde
VISÃO Saúde

Pílulas contracetivas orais reduzem a região cerebral associada à depressão, revela estudo

As mulheres que tomam pílulas contracetivas orais apresentam um menor volume do hipotálamo, a região do cérebro que está associada à produção e regulação do sistema hormonal

Atualidade

Os tratamentos inovadores para a depressão, uma doença que afeta um em cada cinco portugueses

Um em cada cinco portugueses sofre de depressão, uma doença dos tempos modernos e que se agrava com a chegada dos dias mais curtos. No tema de capa da VISÃO desta semana, as jornalistas Clara Soares e Sara Sá foram à procura de respostas, num ambiente em que se consomem cada vez mais antidepressivos no nosso País, o triplo do que acontecia em 2000. Este e outros temas, na edição desta semana da revista VISÃO, apresentados neste vídeo pelas jornalistas Clara Soares e Sara Sá 

As pessoas com depressão dizem mais certas palavras. E não, não são só as que expressam emoções negativas Visão Saúde
VISÃO Saúde

As pessoas com depressão dizem mais certas palavras. E não, não são só as que expressam emoções negativas

A tecnologia pode ajudar-nos a combater a depressão. Uma série de académicos tem estudado a forma como as pessoas com depressão comunicam e já estão a desenvolver métodos de análise psicológica informatizados

Predisposição para acordar cedo é muito mais genética do que se pensava (e diminui probabilidade de depressão) Visão Saúde
VISÃO Saúde

Predisposição para acordar cedo é muito mais genética do que se pensava (e diminui probabilidade de depressão)

Um novo estudo, conduzido por investigadores da Universidade de Exeter, no Reino Unido, revela que quem está geneticamente programado para acordar cedo é menos propenso a desenvolver problemas de saúde mental

A depressão também atinge as pessoas felizes? Visão Saúde
VISÃO Saúde

A depressão também atinge as pessoas felizes?

É frequente a associação da depressão a um estado de humor melancólico e da felicidade a um estado extremo de bem-estar, como se estivéssemos perante conceitos mutuamente exclusivos

Patrícia Câmara
Esta é a melhor maneira de conseguir resistir à fast food Visão Saúde
VISÃO Saúde

Comida de plástico relacionada com aumento do risco de depressão

Uma análise de dezenas de estudos sobre a ligação entre a dieta e a depressão encontrou uma relação muito significativa entre os maus hábitos alimentares e a manifestação da doença

Uma tentativa de compreender os antidepressivos e um relato impressionante Visão Saúde
VISÃO Saúde

Uma tentativa de compreender os antidepressivos e um relato impressionante

"Percebi que estava num estado de dissociação extrema, a andar como se estivesse presente no mundo, mas a sentir-me completamente desligada dele. Tinha entrado em modo de piloto automático total". O relato de uma colunista do The Guardian sobre a sua primeira experiência com um antidepressivo justifica um olhar sobre esta medicação

Consequências de andar pelas redes sociais no telemóvel à noite mais graves do que se pensava
Sociedade

Consequências de andar pelas redes sociais no telemóvel à noite mais graves do que se pensava

Um estudo da Universidade de Glasgow chegou à conclusão que tudo o que interrompa o normal ritmo circadiano aumenta a probabilidade de instabilidade emocional, depressão e até bipolaridade. A partir das 22h00, esqueça o telemóvel

Atenção! Ao deixar de fazer exercício pode estar a abrir caminho a uma depressão Visão Saúde
VISÃO Saúde

Atenção! Ao deixar de fazer exercício pode estar a abrir caminho a uma depressão

Interromper a atividade física reflete-se no físico, mas não só. A saúde mental também sofre.

Estudo comprova eficácia dos antidepressivos Visão Saúde
VISÃO Saúde

Tem a certeza que sabe o que comer para melhorar de humor?

Num dia complicado, em que alimentos pensa para melhorar o seu estado de espírito? Sem tentarmos adivinhar a resposta, adiantamos só que os doces e os petiscos fazem-nos pior do que possa pensar

Falar sobre si próprio pode, afinal, não ser só sinal de narcisismo, mas de angústia Visão Saúde
VISÃO Saúde

Falar sobre si próprio pode, afinal, não ser só sinal de narcisismo, mas de angústia

Todos nós conhecemos alguém que quando abre a boca só consegue falar sobre si próprio. E se lhe dissermos que essa pessoa pode estar a passar por um mau período emocional, em vez de ser só narcisista? Um novo estudo de várias universidades parece apoiar esta teoria

Quais são os efeitos no cérebro de uma noite mal dormida? Visão Saúde
VISÃO Saúde

Pensamentos negativos e repetitivos podem ser culpa da falta de sono

Um novo estudo sugere que dormir menos de oito horas por noite pode potenciar o transtorno do Pensamento Repetitivo Negativo (PRN), característico dos estados de ansiedade e depressão

Uma tentativa de compreender os antidepressivos e um relato impressionante Visão Saúde
VISÃO Saúde

Uma tentativa de compreender os antidepressivos e um relato impressionante

"Percebi que estava num estado de dissociação extrema, a andar como se estivesse presente no mundo, mas a sentir-me completamente desligada dele. Tinha entrado em modo de piloto automático total". O relato de uma colunista do The Guardian sobre a sua primeira experiência com um antidepressivo justifica um olhar sobre esta medicação