Política

Um erro dos grandes: Chega quer pôr País com feriado a 25 de Novembro (mas pelo que aconteceu em 1976 e não em 1975)

Passados oito meses de ter defendido que houvesse um feriado que assinalasse o 25 de novembro de 1975, o Chega entregou no Parlamento uma proposta com esse intuito. Porém, a iniciativa alude antes ao 25 de novembro de 1976, uma data que talvez não seja boa de ser recordada pela extrema-direita. A única solução é agora retirar o projeto de lei

Política
Exclusivo

Infiltração da extrema-direita agita maçonaria em Portugal

Eram maçons muito antes da ascensão do Chega, mas a proximidade com André Ventura é hoje entendida como uma fissura no edifício maçónico. Paulo Ralha, ex-colega de Ventura na AT e seu assessor no Parlamento e o fiscalista Tiago Caiado Guerreiro são dois dos “indesejados” no seio do Grande Oriente Lusitano, onde se vivem dias de “rebuliço”, mas há mais membros sob “suspeita”. Lideranças devem avançar com averiguação interna. Ex-grão-mestre Fernando Lima Valada quer expulsar ameaça extremista

Política

Revolta no Chega: Conselho nacional impugnado e direção acusada de violar democracia

Ventura suspende eleições internas até um ano e gera contestação. “Núcleo dirigente meteu o líder numa bolha e abriu fosso em relação ao partido”, acusa a fundadora Fernanda Marques Lopes, que impugnou, com outros militantes e dirigentes, a deliberação do último conselho nacional

Opinião

Windfall tax e puxão de orelhas a Ventura não estavam no programa (do Governo)

Nunca ouvimos Ventura, a propósito do assassínio de um polícia, perpetrado por um grupo de fuzileiros, a culpar as Forças Armadas, nem, ao menos, o corpo de Fuzileiros...

Atualidade

António Costa inicia defesa do programa do governo com pacote de propostas anti-inflação: ISP vai descer

O primeiro-ministro iniciou a apresentação do programa do governo anunciando pacote de medidas para combater a inflação. Num discurso recheado de provocações à direita, António Costa destacou "oportunidade" que os fundos europeus permitem para País "vencer, construir e realizar"

Política

Primeira fila do hemiciclo "encolheu", depois de a cadeira "a mais" do PCP já ter sido retirada

Os serviços da Assembleia da República já retiraram a cadeira, que "pertencia" ao PCP, e que estava "a mais" na primeira fila do hemiciclo – que agora passa a ter apenas 23 lugares. Deputados únicos mantêm-se em segundo plano. Novo desenho do Parlamento na apresentação e discussão do programa do governo

Política

Gabriel Mithá Ribeiro, deputado negro do Chega que não acredita no racismo em Portugal, justificou chumbo como “vice” da Assembleia da República com “questões raciais”

Gabriel Mithá Ribeiro deu um passo em frente para manifestar indignação pelo chumbo do seu nome para "vice" da Assembleia da República, mas quando deu por si estava a acusar o hemiciclo de não o ter eleito "por questões raciais". O deputado, que "não acredita no racismo" em Portugal, ainda tentou explicar-se, mas já era tarde demais. André Ventura "fugiu" às questões

Política

Deputada Cristina Rodrigues vai para assessora do Chega

A ainda deputada Cristina Rodrigues vai ser assessora do Chega na Assembleia da República. Foi a própria ex-militante do PAN que o anunciou nas redes sociais, onde reina o choque com tal novidade

Atualidade

André Ventura expulso definitivamente do Twitter, reclama do “grau zero da democracia e da liberdade de expressão”

O Twitter expulsou definitivamente André Ventura, depois de este já ter sido suspenso por quatro ocasiões distintas, no período de um ano, por aquela rede social (no total, a conta de Ventura somou nove suspensões). O presidente do Chega não se conforma e pondera recorrer à justiça para reverter a decisão

Atualidade

Paulo Ralha, de crítico da extrema-direita a assessor do Chega

Militou no PS, apoiou Marisa Matias (BE) e radicalizou à direita. Falhada a eleição para deputado, o ex-presidente do Sindicato dos Trabalhadores dos Impostos vai assessorar os deputados do Chega nas áreas de Economia e Finanças. Ele e Ventura conheceram-se na Autoridade Tributária e são ainda amigos do fiscalista Tiago Caiado Guerreiro, antigo patrão do líder do partido e advogado de Paulo Ralha em litígios sindicais contestados internamente. Controvérsia é com ele

Política

Pedro Frazão, condenado a retratar-se por mentir sobre Francisco Louçã, diz que houve “instrumentalização” da Justiça pelo BE

Pedro Frazão, "vice" do Chega, foi condenado a retratar-se, no prazo de cinco dias, perante Francisco Louçã, depois de o tribunal de Cascais ter considerado que o deputado do partido de André Ventura mentiu quando acusou o ex-coordenador do BE, através do Twitter, de ter recebido "uma avença do BES"

Política
Exclusivo

Chega: Deus, Pátria e telhados de vidro?

Filipe Melo e Rui Paulo Sousa, dois dos novos deputados do Chega, estão na berlinda por causa de dívidas e casos judiciais. Quais são as suas histórias, de que são acusados e como se defendem? Veja ainda os casos noutros partidos

Política

Das bombas de 75 a "vice" do Parlamento? Quem é e como pensa Diogo Pacheco de Amorim

O antigo dirigente político do MDLP, movimento armado de extrema-direita, é o preferido de Ventura para ocupar lugar de relevo no Parlamento. Consensual? De todo. Nem sequer no partido

Política

André Ventura confirma nome de Diogo Pacheco de Amorim para "vice" do Parlamento e diz que chumbo será sinal de "boicote" e "tirania"

André Ventura confirmou que o Chega quer ter um vice-presidente na Assembleia da República, como indica "a democracia, a lei e o regimento". Diogo Pacheco de Amorim é o escolhido, mas, se chumbar – como se prevê – o partido promete apresentar "outro nome e outro e outro..."

Maria das Mercês Borges lidera comissão de inquérito às rendas da energia
Legislativas 2022
Exclusivo

A direita hardcore e os liberais sub-30

No Chega, há um sobrinho-neto do cónego Melo, mas na IL desconhece-se o sacerdote que abençoou bombas da extrema-direita em 1975. Os novos deputados e o que se segue

Opinião

O Chega não é de direita

Quem diz que os votos do Chega se devem somar aos do PSD e da IL assume que o racismo, a xenofobia, o apoio a retrocessos civilizacionais e a vontade de destruir princípios básicos básicos do estado de direito faz parte do património político da direita portuguesa

Legislativas 2022

Chega elege 12 deputados e André Ventura termina a noite a assumir-se como "a verdadeira oposição ao PS"

André Ventura foi um dos grandes vencedores da noite – o Chega terá 12 deputados no Parlamento. E não deixou os louros por mãos alheias: "Assumimos o papel de fazer a verdadeira oposição ao PS!", afirmou

Legislativas 2022

André Ventura veio da missa com sensações "agridoces". “Positivo para o Chega, negativo para o País”, disse, numa primeira reação aos resultados eleitorais

O partido de André Ventura vai ter grupo parlamentar, mas a previsível vitória do PS nestas eleições (com maioria de esquerda na Assembleia da República), tornou a noite eleitoral "agridoce" para o líder do Chega. À chegada ao quartel-general do partido, Ventura não escondeu o incómodo com os resultados: "Apesar do enorme crescimento do Chega, acho que hoje, para a direita, é um dia menos positivo"

Legislativas 2022

André Ventura fecha campanha a mostrar "força" do Chega pelas ruas de Lisboa e a garantir que partido vai ficar em "terceiro"

André Ventura conduziu cerca de 500 militantes e apoiantes do Chega pelas ruas de Lisboa, naquilo que descreveu como "uma demonstração de força" do partido. E voltou a garantir que, no domingo, o Chega será a terceira força política mais votada nas Legislativas (à frente de BE e IL)

Legislativas 2022

Ao som de um sucesso de Toy, tocado pela banda, Costa foi a Setúbal agitar o perigo de um acordo PSD-Chega. No domingo, vai ser toda a noite, toda a noite...

António Costa advertiu para os perigos de um governo liderado por Rui Rio ficar a depender do Chega, visto que o PSD "não tem linhas vermelhas". É a última dramatização da campanha

Legislativas 2022

“Fascista” e “extremista”? Ventura prefere as ofensas a que todos gostem dele

Porto deu momento alto de campanha eleitoral ao Chega e o líder garante: “Em terceiro estamos [nas sondagens] e em terceiro vamos ficar”