Opinião

Deixem passar a Roménia

Por estes dias as greves têm-se multiplicado, talvez com a bênção do Secretário-geral do PCP. Embora não sendo benéficas para o PIB, as greves abanam. Resta saber se cai!

Opinião

Melhores guionistas para os profissionais do protesto

Não é um crime lutar por um futuro melhor. Pelo contrário, é um dever. Mas nessa luta, tal como em qualquer guerra, há que preparar a logística e não esquecer as munições, que neste caso são as palavras, as mensagens

Opinião

O valor da marca Ronaldo

Portugal é conhecido além-fronteiras pela sua hospitalidade, gastronomia, cultura, sol e também por um conjunto vasto de marcas, onde pelo menos uma – CR7 – assume a forma de pessoa, Cristiano Ronaldo

Ideias

"Temos casos, na política e na banca, que parecem pura ficção e podem servir de inspiração para séries internacionais. Temos um primeiro-ministro preso à saída de um avião!"

O consultor de comunicação Bruno Batista em entrevista à VISÃO, numa altura em tem na manga a criação de uma agência de influenciadores

Opinião

Um cancro chamado TAP

Se a TAP é uma bandeira de Portugal, está a passar a imagem de um País desorganizado, sem estratégia e com uma arrogância que não deixa saudade

Opinião

Manuais digitais? Claro, e internet para todos?

Como quem nos governa pensa em grande, fomos informados pela VISÃO de que serão comprados 600 mil computadores de uso individual para alunos e professores. Isto lembra-me o “Magalhães” de Sócrates e o fracasso pelo qual se saldou.

Opinião

Formar quadros médios de qualidade é urgente

Tenho muita dificuldade em perceber porque num país onde há falta de mão de obra qualificada, em áreas como a hotelaria/restauração, a eletrónica e automação, refrigeração e climatização, mecânica industrial e mecatrónica automóvel, isto para não falar em profissões como a de marceneiro, não se institui um sistema de ensino onde o técnico profissional é a raiz e há a possibilidade de derivar para a via ensino

Opinião

Fechamos o comércio para poder carregar o carro?

Com o país a braços com uma crise energética e uma iminente crise económica e social, iremos conhecer por estes dias as medidas a implementar. Para já ficamos a saber que a eletricidade vai aumentar 35%.

Fotos da noite eleitoral na sede de Fernando Medina
Opinião

Medina é bom pagador? Depende

A novela Sérgio Figueiredo, que fez correr rios de tinta, afiou línguas e até demonstrou que os partidos da oposição (independentemente da cor política) conseguem estar de acordo, terminou com o protagonista principal a “morrer na praia”

Opinião

A PSP e a GNR deviam ter um grupo de WhatsApp

Quase 30 anos depois, temos um país onde os confrontos continuam, mas agora não contra o aumento das portagens (que passaram a ser corriqueiros), mas por causa de futebol

Opinião

O tema energia é nuclear

Sei que o tema não é querido, que nuclear é sinónimo de terror, de acidentes nucleares, como os de Fukushima ou Chernobil, de resíduos radioativos, de bombas atómicas (agora tão na agenda por causa de Putin e da sua sede de poder). Mas, não deverá Portugal inspirar-se em países como a França, a Finlândia ou a Suécia e aí aportar conhecimento?

Opinião

Chamem o Almirante!

Será que quem está ao comando da cadeia tem a mesma fibra para a gerir, que os bombeiros, muitos deles voluntários, têm para andar entre as chamas?

Opinião

Temos que ser todos doutores?

As estatísticas falam numa taxa de desemprego na ordem dos 6,1%, dados do INE em maio, mas a realidade mostra que há ofertas de emprego, que não existem pessoas para ocupar os postos de trabalho, por exemplo na restauração, na agricultura, na construção, na grande distribuição, no ramo do frio e climatização

Opinião

Vamos todos de férias adoecer para Espanha, de carro

Portugueses, neste verão, não saiam de casa, muito menos sonhem em ir para o estrangeiro comprando bilhete na TAP; façam um esforço para não ficarem doentes, nem ter acidentes. Já agora, façam turnos para ir a banhos, pois assim haverá mais espaço para jogar futebol ou raquetes no areal

Opinião

Nova estratégia de Costa. Vamos ouvir falar os ministros?

Se até aqui era o Primeiro-Ministro o porta-voz do Governo, agora tudo pode mudar. As ambições europeias podem falar mais alto, e é preciso começar a trabalhar a comunicação desde já

Opinião

Guerra: a arte da comunicação