Ana Gomes: "Acho bem que João Lourenço venha a Portugal recuperar capitais, mas Portugal também tem de recuperar o que perdeu no BES Angola"
Política

Ana Gomes: "Acho bem que João Lourenço venha a Portugal recuperar capitais, mas Portugal também tem de recuperar o que perdeu no BES Angola"

Em reação à notícia da VISÃO sobre os 3 mil milhões de euros que Portugal perdeu para Angola através do BES Angola, a eurodeputada diz: “Foi um golpe, perpetrado pelos mesmos irmãos Metralha do costume.” Já pediu esclarecimentos à Comissão Europeia e ao Banco Central Europeu

Sílvia Caneco
Mãos ao ar, isto é uma assembleia-geral
Opinião

Mãos ao ar, isto é uma assembleia-geral

Não tenhamos dúvidas: a versão que hoje trazemos a público, denunciada agora pela primeira vez em Portugal por Álvaro Sobrinho com detalhes e documentos inéditos, relata um golpe palaciano para espoliar um banco português em Angola. Pequeno detalhe: um banco de um grupo que faliu, que deixou mais de quatro mil pessoas sem as suas poupanças e no qual, todos nós, os portugueses, já metemos mais de 5 mil milhões de euros

Mafalda Anjos
Álvaro Sobrinho sobre o BES Angola: “Foi um assalto. Roubaram 3 mil milhões aos portugueses”
Atualidade

Álvaro Sobrinho sobre o BES Angola: “Foi um assalto. Roubaram 3 mil milhões aos portugueses”

Em entrevista à VISÃO, o ex-presidente do BES Angola acusa os acionistas angolanos do banco - que eram os homens do ex-presidente José Eduardo dos Santos - de serem os principais devedores do BESA, a par do Grupo Espírito Santo

Sílvia Caneco
Ricardo Salgado já foi constituído arguido no caso EDP
Política

As revelações de Ricardo Salgado sobre Sócrates e muito mais

Durante quatro horas de interrogatório, o banqueiro explicou a sua relação com José Sócrates e justificou a saída de fundos do GES para Zeinal Bava, Henrique Granadeiro e para uma offshore em seu nome. Leia aqui a versão do arguido da Operação Marquês, relatada na VISÃO de 2 de Março

Sílvia Caneco
Álvaro Sobrinho está a ser investigado nas Ilhas Maurícias
Mundo

Álvaro Sobrinho está a ser investigado nas Ilhas Maurícias

O ex-presidente do BES Angola terá comprado sete carros de luxo nas Ilhas Maurícias por mais de 1 milhão de euros. O caso tornou-se mediático e político por suspeitas de benefícios indevidos a familiares de políticos

Sílvia Caneco
Bataglia, o facilitador premiado
Política

Bataglia, o facilitador premiado

Em abril do ano passado, o homem do Grupo Espírito Santo em África disse nada saber sobre as transferências para Santos Silva. Em janeiro, e em troca de liberdade, Bataglia veio a Lisboa incriminar Ricardo Salgado e dar explicações sobre €29 milhões que recebeu do GES. O que contaram um e outro à Justiça?

Sílvia Caneco
Salgado e Sócrates tiveram cinco encontros quando o segundo era primeiro-ministro
Política

Salgado dá xeque a Carlos Costa

O antigo presidente do Banco Espírito Santo passa ao ataque e acusa o governador do Banco de Portugal de mentir, de agir “com o alto patrocínio” do governo de Passos Coelho e de ter decidido a sua condenação numa conferência de imprensa num serão de agosto. A VISÃO revela em exclusivo a carta explosiva que Ricardo Salgado enviou ao Banco de Portugal

Sílvia Caneco
Álvaro Sobrinho está a ser investigado nas Ilhas Maurícias
Política

Lista de alegados beneficiários do BESA circula por Angola

Nomes de ministros angolanos, de figuras do MPLA e de empresários portugueses são apontados como tendo recebido créditos do Banco Espírito Santo Angolano. Lista oficial nunca foi divulgada

Sílvia Caneco
O governador Walking Dead
Política

Os pecados do governador: Costa conhecia problemas nos créditos do BESA

Num momento em que Carlos Costa está debaixo de fogo, e em que o Banco de Portugal insiste em esconder um relatório que fará críticas sobre a atuação do supervisor no caso BES, a VISÃO analisou dezenas de documentos - muito deles nunca tornados públicos - e revela as provas que contradizem as declarações do governador

Sílvia Caneco
As altas figuras de Angola e os milhões que o procurador agora detido investigou
Sociedade

As altas figuras de Angola e os milhões que o procurador agora detido investigou

Do Vice-Presidente angolano, Manuel Vicente, ao general Kopelipa, Chefe da Casa Militar do Presidente José Eduardo dos Santos, foram várias as figuras importantes do regime de Angola visadas em inquéritos-crime tutelados pelo procurador Orlando Figueira no DCIAP, entre 2008 e 2012, envolvendo muitos milhões. O magistrado foi detido esta terça-feira, pelo alegado recebimento de luvas superiores a €1 milhão, em troca de arquivamentos de processos

J. Plácido Júnior
Exame
Exame

BESA Gate

Angola tinha tudo para ser o "El dorado" do BES. Acabou por ser quase a sua morte

João Vieira Pereira