Jornal de Letras
Artes Visuais

Bernardo Santareno: Duas estreias no centenário

Amanhã, quinta-feira, 19, faz cem anos que nasceu um dos nomes maiores da dramaturgia portuguesa do séc. XX. Para o assinalar, e no âmbito das comemorações do seu centenário, sobe à cena, pela primeira vez, a sua peça O Punho, pela Escola de Mulheres, com encenação de Marta Lapa, no Clube Estefânia, em Lisboa. E, na sexta, 20, no Teatro Sá da Bandeira, em Santarém, estreia A Arder, a partir de O Judeu, segundo João Garcia Miguel, num projeto que virá a ter continuidade no Teatro Ibérico. O JL tinha previsto para esta edição um Tema sobre Santareno, por absoluta falta de espaço adiado para outra edição - mas aqui se publicando o texto relativo àquelas duas estreias, com entrevistas aos citados encenadores

'A Promessa': Desejo maldito no palco do Teatro Nacional São João, no Porto Se7e
Ver

'A Promessa': Desejo maldito no palco do Teatro Nacional São João, no Porto

A nova produção do Teatro Nacional São João recupera A Promessa, obra de Bernardo Santareno que nos fala sobre a repressão sexual da mulher, o desejo e a culpa, encenada por João Cardoso. Para ver até 3 de dezembro

Joana Loureiro
7 peças de teatro a não perder até ao fim do ano Se7e
Ver

7 peças de teatro a não perder até ao fim do ano

A rentrée traz espetáculos para todos os gostos. Fizemos uma seleção de sete peças de teatro a não perder até ao final do ano

Gabriela Lourenço