Ministério Público pede penas suspensas para Orlando Figueira e Paulo Blanco
Política

Orlando Figueira condenado por corrupção e branqueamento

O ex-procurador do Ministério Público apanhou seis anos e oito meses de prisão efetiva por ter recebido pagamentos e vantagens para arquivar processos relativos ao ex-vice-presidente de Angola, Manuel Vicente

Proença de Carvalho ter-se-á encontrado em setembro com o procurador Orlando Figueira
Política

Proença de Carvalho ter-se-á encontrado em setembro com o procurador Orlando Figueira

Na tarde de 14 de setembro, Proença de Carvalho ter-se-á encontrado com o procurador Orlando Figueira no escritório do advogado Paulo Sá e Cunha, confirmam à VISÃO fontes próximas da Operação Fizz. Essa reunião dá força à tese de Orlando Figueira de que Proença de Carvalho terá comprado o seu silêncio no processo pagando os honorários do seu advogado e prometendo-lhe um bom emprego no futuro

Cândida Almeida diz que não sabia quem era Manuel Vicente
Política

Banqueiro Carlos Silva quer testemunhar no processo Fizz, mas por videoconferência

Testemunha do processo Fizz, que tem o procurador Orlando Figueira como principal arguido, alega nunca ter sido notificado para testemunhar no julgamento em Lisboa. Os arguidos do processo têm defendido em julgamento que quem ofereceu trabalho ao procurador foi o banqueiro angolano e não o ex-vice-presidente Manuel Vicente

Advogado do Estado angolano acusa Cândida Almeida de mentir e expõe fotografia com a procuradora
Política

Advogado do Estado angolano acusa Cândida Almeida de mentir e expõe fotografia com a procuradora

Paulo Amaral Blanco, um dos arguidos que na próxima segunda-feira começa a ser julgado no processo que envolve Manuel Vicente e o procurador Orlando Figueira, acusa a procuradora Cândida Almeida de mentir e de pedir cunhas para amigos visitarem Angola

Dossier sobre Manuel Vicente nunca desapareceu e procuradoras do processo Fizz até o consultaram
Sociedade

Registos contradizem Vice-Presidente de Angola no caso de corrupção a procurador

Ao contrário do que afirma o Vice-Presidente de Angola, no comunciado em que clama a sua inocência no caso do suposto suborno do procurador Orlando Figueira, há referências de que a Primagest, empresa que terá transferido cerca de €300 mil para uma conta daquele magistrado, integra o universo da petrolífera estatal angolana, que Manuel Vicente dirigiu