Matar ou morrer: Histórias elucidativas de quem teve de tomar uma decisão drástica

Matar ou morrer: Histórias elucidativas de quem teve de tomar uma decisão drástica

Nos tribunais, a grande questão é a de saber se quem salvaguardou a vida fê-lo de forma necessária ou desproporcional. Os pressupostos legais Legítima Defesa são estreitos – mas procuradores e juízes tanto decidem uma coisa como o seu contrário

J. Plácido Júnior
Juiz federal dos EUA suspende divulgação de esquemas de impressão 3D de armas

Juiz federal dos EUA suspende divulgação de esquemas de impressão 3D de armas

Um juiz federal suspendeu esta terça-feira a autorização para a divulgação de manuais de instruções que permitem produzir em casa, sem controlo, armas com recurso a impressão 3D

Estados Unidos: doentes mentais voltam a poder comprar armas 

Estados Unidos: doentes mentais voltam a poder comprar armas 

Aprovada pelo Senado, é mais uma medida a querer reverter uma decisão de Obama

Como é que os jihadistas arranjam as armas?

Como é que os jihadistas arranjam as armas?

Nos atentados desta terça-feira, 22, em Bruxelas foram usadas armas de fogo, além de explosivos. A capital belga é presentemente tida como um dos principais entrepostos do tráfico. Na União Europeia circulam sem fronteiras 19 milhões de armas de fogo ilegais. As quadrilhas de malfeitores andam de mãos dadas com os terroristas num mercado negro florescente, cujos contornos a VISÃO explicou na sua edição de, 17 de março. Leia aqui o texto na íntegra

Francisco Galope
Como é que os jihadistas arranjam as armas?

Negócio global das armas

Muitas armas circulam ilicitamente em todas as regiões do globo e a Europa não é exceção. Com um crescimento de 14%, nos últimos 5 anos, também o comércio legal de armamento pesado ajuda a transformar algumas zonas em barris de pólvora. Estados Unidos e Rússia são os principais fornecedores de material bélico

Francisco Galope
Porque é que os americanos são loucos por armas?

Porque é que os americanos são loucos por armas?

É o país do mundo com mais armamento per capita: 88 em cada 100 americanos tem uma arma. Estarão todos afectados por um "síndroma John Wayne" e só se sentem poderosos de mão no coldre? Viram filmes de ação a mais em criancinhas? Querem proteger-se de ladrões e psicopatas? Temem ataques terroristas ou uma invasão de marcianos?

Patrícia Fonseca