Opinião

Como matar o amor

O amor morre porque o matamos ou o deixamos morrer. Morre envenenado pela angústia. Morre enforcado pelos abraços que não se dão. Morre esfaqueado pelas costas nas noites em que o outro não vem. Morre atropelado pelo medo. Morre sufocado pela desavença. Morre de cansaço quando um deixa de acreditar. Morre de tédio quando os dois desistem de se amarem. Margarida Rebelo Pinto em mais um Flor de Sal

Margarida Rebelo Pinto
Bolsa de Especialistas

Os viciados em “vale tudo!

Passam por cima de quem quer que seja, família, companheiros, amigos… O interesse, dinheiro, poder, fama… sequestra-lhes a mente e destrói-lhes o coração. Conheça-os!

Margarida Vieitez
Opinião

Diga não ao amor aplicado

Margarida Rebelo Pinto sobre o amor vivido através da tecnologia: Prefiro telefonar em vez de enviar um sms, prefiro encontrar-me e estar com as pessoas em vez de falar via FB ou qualquer outro meio virtual. E prefiro dizer gosto de ti em vez de mandar ícones de corações a bater. Se quiser que o meu amor sinta o meu coração a bater, pego-lhe na mão e ponho-a no meu peito, é muito mais eficaz e muito mais verdadeiro

Margarida Rebelo Pinto
Sociedade

Sem-abrigo: a primeira noite a dormir na rua

Um está sem teto há 37 anos; outro, há pouco mais de um mês. Nas noites de Lisboa encontrámos dezenas de pessoas a dormir na rua e as seis histórias que aqui contamos são padrões matizados do desamparo. Da falta de amor. Mas nem todos desistiram já do seu final feliz

Alexandra Correia
José Carlos Carvalho
Cultura

A carreira de Márcia: do medo do palco até ao Coliseu dos Recreios, em 10 anos

A cantora e compositora Márcia recebeu-nos no palco do Coliseu dos Recreios, em vésperas do concerto de celebração de 10 anos de carreira que se realiza na sala lisboeta, amanhã, 18. Antes de cantar para o público, num concerto que será de configuração especial, cantou e falou com a VISÃO desde a altura em que se poderia ter tornado uma talentosa artística plástica, até ao futuro. VEJA OS VÍDEOS

André Moreira
Cultura

Margarida Rebelo Pinto: “Há um novo paradigma de mulher que confunde os homens: evoluímos muito depressa e eles ainda não apanharam boleia”

Já são quase 20 livros em 20 anos. E o último – A Desordem Natural das Coisas – serve de mote para uma entrevista em que a escritora fala sobre homens apaixonados e mulheres-dragões

Rosa Ruela
O amor também congela!
Opinião

Aprender a dizer amor

Jorge Jesus, treinador do Flamengo, o mais falado clube nos últimos dias, afirmou: “no Brasil aprendi a dizer amor… Em Portugal é uma complicação para dizer amor. Quero desfrutar desse amor”. Sim, mas porque será tão difícil aos portugueses dizê-lo?

José Brissos-Lino
Como evitar que um divórcio se transforme numa guerra
Bolsa de Especialistas

20 sinais alarmantes de que a sua relação corre perigo

Saiba quais são os avisos que a sua mente, emoções de corpo lhe dão para lhe dizer que a sua relação está a acabar

Margarida Vieitez
1, 2, 3, discussão outra vez!
Bolsa de Especialistas

1, 2, 3, discussão outra vez!

Quando não se tem medo de ser infeliz, discutir na forma “destruir” é a solução!

Margarida Vieitez
"Happy End": O novo filme de Michael Haneke é o retrato de uma alta burguesia à beira do fim Se7e
Ver

"Happy End": O novo filme de Michael Haneke é o retrato de uma alta burguesia à beira do fim

Depois de Amor, o realizador Michael Haneke regressa com Happy End, um drama familiar, filmado em Calais, onde expõe as entranhas da alma. Para ver nas salas de cinema

Manuel Halpern
Como o ritual para procurar o “par perfeito” chegou ao que é hoje?
Bolsa de Especialistas

O seu companheiro/a é amoroso/a consigo?

O seu companheiro/a diz-lhe que a/o ama? As atitudes dele/dela revelam amor por si?

Margarida Vieitez
Os homens são todos iguais?  E as mulheres, também são?
Bolsa de Especialistas

Os homens são todos iguais? E as mulheres, também são?

Como num grito de desespero algumas mulheres afirmam que os homens são todos iguais. Mas também há cada vez mais homens que pensam que as mulheres são todas “a mesma coisa!” Será verdade?

Margarida Vieitez
Como a ciência deitou por terra a teoria do amor à primeira vista Visão Saúde
VISÃO Saúde

Como a ciência deitou por terra a teoria do amor à primeira vista

Uma universidade holandesa decidiu pegar na teoria do amor à primeira vista e analisá-la e o resultado não é romântico

1, 2, 3, discussão outra vez!
Bolsa de Especialistas

"Desempatia", o flagelo que afeta muitas relações

Mais do que falta de empatia, a maioria das relações do século XXI são caracterizadas pela “Desempatia”: Não interessa o que o outro pensa, sente ou precisa. O outro, não existe!

Margarida Vieitez
Os 20 pensamentos mais tóxicos
Bolsa de Especialistas

7 atitudes tóxicas que condenam a sua relação

Estas atitudes podem acabar com a sua relação sem que você saiba bem porquê!

Margarida Vieitez
Um musical e as suas 14 nomeações
Cultura

Um musical e as suas 14 nomeações

La La Land acumula 14 nomeações. A "sobrevalorizada" Meryl Streep coleciona a 20ª. Silêncio, de Martin Scorcese, ficou de fora dos melhores do ano

Luísa Oliveira
O estranho mundo dos triângulos amorosos
Opinião

O estranho mundo dos triângulos amorosos

Três protagonistas, três ângulos de visão distintos e o que cada um dos visados pode aprender em função do papel que lhe cabe na geometria amorosa

Clara Soares
O desejo de amor. E uma pergunta para responder até 2017 Visão Saúde
VISÃO Saúde

Dicas científicas para encontrar o amor da sua vida

Embora haja uma tradição de tentar qualificá-lo, medi-lo, explicá-lo, a verdade é que o amor não se reduz a uma fórmula. Mas isso não significa que a ciência não tente explicar alguns dos seus segredos. Confira

Amigos ou namorados?
Bolsa de Especialistas

Amigos ou namorados?

Os seus olhos encontram-se, um beijo acontece, as roupas ficam espalhadas… e sentem o nunca sentido!

Margarida Vieitez
O Amor, em pensamentos avulsos de Luís Osório
Cultura

O Amor, em pensamentos avulsos de Luís Osório

Quinto livro do ex-jornalista Luís Osório, agora consultor empresarial, conta com 213 páginas de pequenas reflexões sobre amor e desamor

Roaming: Queixas de operadoras levam Comissão Europeia a recuar
Bolsa de Especialistas

O que pensar e fazer quando ele não liga, não atende nem responde às mensagens

Fala, não fala. Interessa-se, não se interessa. Está e, logo depois, não está. Aparece, desaparece… volta e é como se nada tivesse acontecido. O que pensar? O que fazer? Esperar ou desesperar? Dar-lhe outra oportunidade ou mandá-lo passear?

Margarida Vieitez