Mãos ao ar, isto é uma assembleia-geral
Opinião

Mãos ao ar, isto é uma assembleia-geral

Não tenhamos dúvidas: a versão que hoje trazemos a público, denunciada agora pela primeira vez em Portugal por Álvaro Sobrinho com detalhes e documentos inéditos, relata um golpe palaciano para espoliar um banco português em Angola. Pequeno detalhe: um banco de um grupo que faliu, que deixou mais de quatro mil pessoas sem as suas poupanças e no qual, todos nós, os portugueses, já metemos mais de 5 mil milhões de euros

Mafalda Anjos
Álvaro Sobrinho sobre o BES Angola: “Foi um assalto. Roubaram 3 mil milhões aos portugueses”
Atualidade

Álvaro Sobrinho sobre o BES Angola: “Foi um assalto. Roubaram 3 mil milhões aos portugueses”

Em entrevista à VISÃO, o ex-presidente do BES Angola acusa os acionistas angolanos do banco - que eram os homens do ex-presidente José Eduardo dos Santos - de serem os principais devedores do BESA, a par do Grupo Espírito Santo

Sílvia Caneco
Ex-presidente da FPF suspeito de ser o intermediário entre Rangel e quem queria comprar decisões judiciais
Política

Ex-presidente da FPF suspeito de ser o intermediário entre Rangel e quem queria comprar decisões judiciais

João Rodrigues transformou-se no 12º arguido do caso que tem como principal arguido Rui Rangel. Começou por ser advogado de Álvaro Sobrinho mas, de acordo com uma denúncia que chegou ao Ministério Público, o seu papel no esquema seria maior

Sílvia Caneco
Ricardo Salgado já foi constituído arguido no caso EDP
Política

As revelações de Ricardo Salgado sobre Sócrates e muito mais

Durante quatro horas de interrogatório, o banqueiro explicou a sua relação com José Sócrates e justificou a saída de fundos do GES para Zeinal Bava, Henrique Granadeiro e para uma offshore em seu nome. Leia aqui a versão do arguido da Operação Marquês, relatada na VISÃO de 2 de Março

Sílvia Caneco
"Reputação duvidosa" de Álvaro Sobrinho põe em xeque presidente das Maurícias
Mundo

"Reputação duvidosa" de Álvaro Sobrinho põe em xeque presidente das Maurícias

Partidos da Oposição nas Ilhas Maurícias pedem a demissão da chefe de Estado por causa do ex-presidente do BES Angola. Dizem que a Presidente da República transgrediu os seus deveres e funções e mostrou “falta de discernimento” ao associar-se a pessoas “de reputação duvidosa”

Sílvia Caneco
Há outro magistrado suspeito de passar informações secretas a dirigentes angolanos
Política

Há outro magistrado suspeito de passar informações secretas a dirigentes angolanos

O Ministério Público descobriu que o advogado que representava angolanos em processos em Portugal guardava não só documentos de Orlando Figueira mas também rascunhos de despachos do procurador Paulo Gonçalves, bem como o currículo daquele magistrado e fotografias de uma casa sua no Algarve. Apesar das suspeitas, Paulo Gonçalves – que também arquivou processos contra dirigentes angolanos - nunca chegou a ser ouvido ou investigado no processo

Sílvia Caneco
Álvaro Sobrinho está a ser investigado nas Ilhas Maurícias
Mundo

Álvaro Sobrinho está a ser investigado nas Ilhas Maurícias

O ex-presidente do BES Angola terá comprado sete carros de luxo nas Ilhas Maurícias por mais de 1 milhão de euros. O caso tornou-se mediático e político por suspeitas de benefícios indevidos a familiares de políticos

Sílvia Caneco
Bataglia, o facilitador premiado
Política

Bataglia, o facilitador premiado

Em abril do ano passado, o homem do Grupo Espírito Santo em África disse nada saber sobre as transferências para Santos Silva. Em janeiro, e em troca de liberdade, Bataglia veio a Lisboa incriminar Ricardo Salgado e dar explicações sobre €29 milhões que recebeu do GES. O que contaram um e outro à Justiça?

Sílvia Caneco
O interrogatório de Bataglia: “Em 2008 ninguém imaginava que o Dr. Ricardo Salgado ia matar alguém”
Política

Como o interrogatório a Bataglia se cruzou com a misteriosa advogada do Monte Branco

A investigação da Operação Marquês, que tem como principal arguido José Sócrates, terá descoberto que uma das ordens de transferência suspeitas não terá sido dada pelo luso-angolano

Sílvia Caneco
Salgado e Sócrates tiveram cinco encontros quando o segundo era primeiro-ministro
Política

Salgado dá xeque a Carlos Costa

O antigo presidente do Banco Espírito Santo passa ao ataque e acusa o governador do Banco de Portugal de mentir, de agir “com o alto patrocínio” do governo de Passos Coelho e de ter decidido a sua condenação numa conferência de imprensa num serão de agosto. A VISÃO revela em exclusivo a carta explosiva que Ricardo Salgado enviou ao Banco de Portugal

Sílvia Caneco
Álvaro Sobrinho está a ser investigado nas Ilhas Maurícias
Política

Lista de alegados beneficiários do BESA circula por Angola

Nomes de ministros angolanos, de figuras do MPLA e de empresários portugueses são apontados como tendo recebido créditos do Banco Espírito Santo Angolano. Lista oficial nunca foi divulgada

Sílvia Caneco