Jornal de Letras
Jornal de letras

Jornal de Letras
Jornal de letras

Da minha língua vê-se o sal, do sal vê-se o mar

Uns dias antes, no Panamá, um indígena emberá tinha-me aconselhado a misturar sal no maracujá, pois isso diminuiria a acidez. Pegou na metade do fruto que eu segurava, aberto como uma taça, deitou-lhe uma pitada de sal, mexeu com o dedo indicador, depois com o médio, e devolveu-me o maracujá para que sorvesse a polpa.

Jornal de Letras
Jornal de letras

Notas sobre vacas e outros assuntos incontornáveis

Paralaxe, a crónica e Afonso Cruz no JL

Jornal de Letras
Jornal de letras

Encontros transparentes

Paralaxe, a crónica de Afonso Cruz

Jornal de Letras
Jornal de letras

Corrupção e colheres de prata

Quando se diz que a corrupção sempre existiu – desde que existe humanidade – a sentença deve ser tomada literalmente. Estamos a falar de uma relíquia biológica

Jornal de Letras
Jornal de letras

Saltos

A sociedade deu um salto gigantesco no que respeita à compreensão do mundo e da Natureza, graças à descoberta de um objecto que é ele próprio um outro tipo de salto: uma cápsula de tempo.

Jornal de Letras
Jornal de letras

Uma questão de detalhe

Devemos uma constante atenção ao mundo, uma atenção poética, que possa atender ao detalhe, à minúcia, à letra com que se inicia cada palavra ou ao estremecimento que antecede cada gesto

Cultura
Exclusivo

Feira do Livro: Sete escritores contam histórias vividas entre barraquinhas e autógrafos

Com as feiras do livro de Lisboa e do Porto a abrirem portas, a 26 e 27 de agosto respetivamente, é tempo de fazer o desconfinamento que dispensa certificado digital: o da curiosidade. Pretextos não faltam: a 91ª edição do certame na capital assume-se como o segundo maior evento editorial de sempre, com 131 expositores; na Invicta, há 78, e assinalam-se os 150 anos de Júlio Dinis. Por aqui, celebramos também a literatura e a liberdade: sete escritores partilham as histórias vividas no evento

Se7e
VISÃO sete

Livros ao sol: Dez sugestões de leituras para este mês de julho

Dias longos e livros curtos, ou será vice-versa? Fique na boa companhia desta dezena de novidades que valem a pena ler

Se7e
VISÃO sete

"O Vício dos Livros", de Afonso Cruz: Ler para mudar

Em "O Vício dos Livros", Afonso Cruz reúne um conjunto de histórias – umas lendárias, outras pessoais – que mostram o poder transformador da literatura

Jornal de Letras
Jornal de letras

Ah, o campo

Jornal de Letras
Jornal de letras

O tempo pode bem ser uma flor

A imagem que acompanha este texto mostra a tal flor possível. Um universo a florir pode não ser verdade, mas é belo. Sei que a verdade não é sinónimo de beleza, mas há situações em que podem coexistir.

Jornal de Letras
Jornal de letras

Levantar a cabeça

Jornal de Letras
Jornal de letras

Por amor de um verso

A memória rilkeana diz-nos que a identidade é um sistema complexo que não pode ser confinado a um órgão específico, mas à totalidade do indivíduo, sangue, olhar e gesto, porque as recordações (como funções ou manifestações da mente ou do cérebro) não são suficientes

Jornal de Letras
Jornal de letras

O vício dos livros

Jornal de Letras
Jornal de letras

O odor de sangue nos olhos

Jornal de Letras
Jornal de letras

Infiltrados

Se7e
VISÃO sete

VISÃO/RHI Stage: Afonso Cruz lê um excerto do livro "O que diz Molero", de Dinis Machado

No RHI/Stage, um palco pago para artistas de todo o mundo, o escritor Afonso Cruz leu um excerto do livro "O que diz Molero", de Dinis Machado. A VISÃO, parceira do projeto, publica o vídeo

Jornal de Letras
Jornal de letras

Segunda oportunidade

Depois de ter sido perseguido pelos carabineros em Santiago, junto com um amigo, e de me terem queimado a cara com disparos de gás lacrimogéneo lançado a poucos metros, como contei na crónica anterior, lembrei-me de que esse mesmo amigo, um ano antes, me tinha oferecido uma garrafa de mescal artesanal, destilado por um seu companheiro, cuja marca era: Llorarás. Não poderia ter sido mais profético.

Ascensão e queda de um anjo no livro "Princípio de Karenina" de Afonso Cruz Se7e
VISÃO sete

Ascensão e queda de um anjo no livro "Princípio de Karenina" de Afonso Cruz

Portugalidade granítica, ecos asiáticos e mundo globalizado entretecem-se nesta novela, versão terna do romance de Tolstoi... Assim é o novo romance de Afonso Cruz: Princípio de Karenina

Se7e
VISÃO sete

"Nada Acontece como Planeamos", um jogo entre o teatro e o espectador

Dois meses de residência de alunos de La Manufacture – Haute École des Arts de la Scène resultam numa apresentação final híbrida que joga com os mecanismos do teatro e com o papel do espectador no Teatro Nacional D. Maria II entre sexta, 25, e domingo, 27