Chernobyl: Onde vivem os fantasmas 3
Mundo

Chernobyl: Onde vivem fantasmas e floresce o turismo

O mais catastrófico desastre nuclear de sempre deixou a ameaça da radioatividade a pairar indefinidamente. Num país em guerra contra um inimigo visível – os separatistas pró-russos – como se combate um inimigo invisível, que ainda tem efeitos na saúde? O turismo em torno da zona abandonada floresce. Haverá lugar para a esperança?

Vânia Maia
Houve uma nuvem de radiações sobre a Europa e ninguém assume a culpa
Mundo

Houve uma nuvem de radiações sobre a Europa e ninguém assume a culpa

Uma nuvem de radiação andou a pairar sobre a Europa, de finais de setembro a meados de outubro. O Instituto de Radioprotecção e Segurança Nuclear francês aponta para um possível acidente nuclear na Rússia ou no Cazaquistão

Praia de Fukushima reabre ao público seis anos após acidente nuclear no Japão
Mundo

Praia de Fukushima reabre ao público seis anos após acidente nuclear no Japão

A praia, que se encontra a 40 quilómetros da acidentada central de Fukushima Daiichi, começou no passado fim de semana a receber os primeiros banhistas

Tufão fez disparar radiação em Fukushima
Mundo

Japão retoma exportações de arroz de Fukushima. Mas há quem o queira?

O Japão vai retomar, esta semana, a venda a Singapura de arroz produzido na região de Fukushima, naquela que será a primeira exportação daquele cereal cultivado na zona desde o desastre nuclear

Fukushima: três anos depois as crianças ainda brincam fechadas em casa 22
Ambiente

Fukushima: três anos depois as crianças ainda brincam fechadas em casa

Uma fotorreportagem da agência Reuters mostra como três anos depois do acidente nuclear de 11 de março de 2011, ocorrido na central nuclear de Fukushima Daiichi, Japão, a vida não voltou ao normal

Fuga de água radioativa na central nuclear japonesa de Fukushima
Mundo

Fuga de água radioativa na central nuclear japonesa de Fukushima

A operadora da central nuclear japonesa de Fukushima investiga investiga se alguma água radioativa chegou ao oceano Pacífico.

Mundo

Japão vai construir dois depósitos para os escombros deixados pelo tsunami

Estima-se que cerca de 25.000 toneladas de escombros sejam transportadas para as futuras instalações