Relacionados

Opinião

Zuckerberg no Facebook até quando?

Ainda hoje me pergunto o que é que aconteceu ao Flautista de Hamelin naquele instante em que o primeiro dos ratos lhe perguntou «mas afinal estás a levar-nos para onde?». A pergunta do mais desconfiado roedor de pouco terá servido, pois os ratos seguiram para o rio com uma eficiência capaz de fazer corar a melhor empresa de desinfestação. Por momentos, todos ficaram felizes – a ponto de se esquecerem de pagar os superpoderes do músico… que não se coibiu de dar nova mostra de capacidade com o encantamento de todas as crianças da aldeia. Conhecerá Mark Zuckerberg a lenda?

Opinião

Facebook: o princípio do fim

Como vai resistir a empresa de Mark Zuckerberg às investigações que vão seguir-se ao escândalo da Cambridge Analytica?

Opinião

O que acontece no GTA fica no GTA

Os jogos e a violência fora deles estiveram em discussão na Casa Branca.

Mais na Visão

Sociedade
Exclusivo

As orcas enlouqueceram?

Os “ataques” de orcas a barcos, em Portugal e em Espanha, triplicaram de um ano para o outro, mas os biólogos que estudam este fenómeno inédito ainda não têm uma explicação consensual

LD Linhas Direitas
Linhas Direitas

Rio não purga, só purifica

Não ganhando, ou não sendo o próximo primeiro-ministro, ninguém garante, ou tem a certeza, de que Rui Rio largará a liderança. A dúvida é grande

Mundo

Ex-porta-voz de Boris Johnson demite-se após vídeo embaraçoso

A ex-porta-voz do primeiro-ministro britânico anunciou hoje a demissão, depois de ter sido divulgado um vídeo no qual gracejava sobre uma alegada festa de Natal em Downing Street que terá violado as regras anti-covid

VISÃO VERDE
VISÃO Verde

“Ser vegan não é a solução para um ambiente mais sustentável. A solução é comer com equilíbrio”

Comer carne com moderação contribui para que os ecossistemas sejam mais resilientes e completos, diz Cláudia Cordovil, professora do Instituto Superior de Agronomia e autora do livro de receitas sustentáveis "Alimente-se sem deixar pegada"

Sociedade

Covid-19: Vacinação em crianças deverá começar pelos 11 anos

António Costa disse que a vacinação das crianças deverá "provavelmente" começar pelas que têm 11 anos e, progressivamente, avançar até às de cinco anos

Mundo

Covid-19: Pfizer anuncia que a sua vacina "é eficaz" contra variante Ómicron com três doses

Vacina desenvolvida pelas empresas Pfizer e BioNTech "ainda é eficaz" contra a variante Ómicron do vírus com "três doses", mas "provavelmente" insuficiente com apenas duas - BioNTech

VERIFICADO

Fact Check: A Ómicron causa mais reinfeções do que as variantes anteriores?

Os casos são considerados reinfeções se houver um teste positivo com 90 dias de diferença em relação a um teste positivo anterior

Economia

Idade da reforma em Portugal deve aumentar cerca de dois anos até 2050

A idade da reforma em Portugal deverá aumentar em cerca de dois anos até 2050, atingindo nessa altura 68,4 anos, prevê a Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico

Mundo

Olaf Scholz eleito chanceler federal pelo Parlamento alemão

O social-democrata Olaf Scholz foi eleito hoje chanceler federal pelo Parlamento alemão, onde o partido que lidera e os aliados na coligação governamental, verdes e liberais, têm maioria

Política

Legislativas: Cerca de 40% dos deputados do PSD eleitos em 2019 vão ficar fora do parlamento

Dos 79 deputados eleitos pelo PSD em 2019, 28 estão fora das listas de candidatos a deputados para as legislativas, a que se somam outros quatro indicados em lugar inelegível, o que corresponde a 40% do total

Sociedade

Os 5 grandes mitos natalícios da língua portuguesa

Água mole em pedra dura tanto bate até que fura. É ao ritmo desta bem conhecida expressão popular que a Língua Portuguesa cresce a olhos vistos! Há muitas palavras que, ao longo do tempo, vão sofrendo alterações fonéticas, gráficas e até semânticas. Neste artigo, A especialista em Linguística Sandra Duarte Tavares aborda 5 palavras que têm sofrido algum tipo de transformação e se tornaram, por isso, verdadeiros mitos na época natalícia

Opinião

Manual do bom ministro, segundo o cidadão comum

O “caso Cabrita” leva-nos a algumas reflexões sobre os requisitos para um bom desempenho como ministro de um governo. Suspeito que não constam de nenhuma formação política dos partidos nem das juventudes partidárias