Flor de Sal

Contadores Indo-Portugueses

Eu sou da Geração X, aquela que cresceu a acreditar que homens e mulheres eram iguais e demorei décadas a aceitar que isso não é verdade. Homens e mulheres amam de forma muito diferente. Na verdade, todas as pessoas amam à sua maneira. Mais um Flor de Sal de Margarida Rebelo Pinto

Margarida Rebelo Pinto Margarida Rebelo Pinto
Autobiografia Não Autorizada

Sem legendas

Cresci com o Brasil a salvar-me da tristeza salazarenta, a desempoeirar-me a cabeça, as personagens do pequeno ecrã em que mais me reconhecia eram brasileiras, entre elas e eu não havia tradução

Dulce Maria Cardoso Dulce Maria Cardoso
Crónicas

No alto da serra d’Arga

E eis um pormenor inquietante: um capacete debaixo do braço. Na cova do braço, um capacete moderno, de bom aspeto, em nada condizente com tão pitoresco e torguiano cidadão

Miguel Araújo Miguel Araújo
Boca do Inferno

Afinal não

Eu estava habituado a que a ciência me pusesse a fazer figura de parvo na escola, por intermédio de perguntas a que eu não sabia responder, nos testes de Física, Química e Biologia. O que eu levo a mal é que a ciência continue a conseguir pôr-me a fazer figura de parvo 30 anos após o fim do liceu

Ricardo Araújo Pereira Ricardo Araújo Pereira
Flor de Sal

Não viver cansa

O mundo tem de abrir, nós temos de saltar. Os abraços virão quando puder ser. Mas a voz, a presença, o olhar, nada disso é igual num encontro de Zoom ou numa chamada de FaceTime. Nada se compara à energia vital da proximidade física

Margarida Rebelo Pinto Margarida Rebelo Pinto
Mapeador de Ilhas

A imortal quarentena

A angústia fica-lhe bem, é uma marca de distinção dos mais lúcidos, uma ruga na alma dos condenados a sentir a existência como uma doença

Mia Couto Mia Couto
Crónicas

Desconfinamento (ou Quarentena V)

Sou das que não podem reanimar a economia pela via do trabalho, porque já nos cancelaram festas e festivais até ao final de setembro

Capicua Capicua
Boca do Inferno

As zaragatoas e os cordões sanitários assinalados

Tenho assistido ao esforço inglório de encontrar poesia na terminologia médica da doença e no prosaísmo da situação em que estamos. Tudo matéria bastante comezinha, a juntar ao facto de, segundo o Visconde de Castelões, Covid não rimar com muito mais do que cabide, pevide e Moscavide

Ricardo Araújo Pereira Ricardo Araújo Pereira
Crónicas

Acreditar

O meu maior embaraço ocorria sempre no fim dos concertos . Todos cantavam o “Avante” com o punho fechado bem erguido. Por coerência, eu que não era comunista, permanecia calada e de braços ao lado do corpo. Uma memória da neuropediatra Teresa Temudo

Teresa Temudo Teresa Temudo
Flor de Sal

O Quarto Pastorinho

André Ventura não é louco, é muito esperto e profundamente manipulador. Esta semana, Margarida Rebelo Pinto não fala de amor e relações, mas de comportamento e de bom senso

Margarida Rebelo Pinto Margarida Rebelo Pinto
Autobiografia Não Autorizada

O abismo

Há uns anos cruzei-me com o Professor Eduardo Lourenço nos jardins da Fundação Calouste Gulbenkian. Estava um belo dia, eu sentia-me bem. Como está, Senhor Professor?, cumprimentei-o animada, uma fiada de árvores atrás de nós a compor o cenário do prazeroso encontro. Ele esperou uns segundos para me responder com outra pergunta, Como acha que se sente um homem que fita o abismo que o levará?

Dulce Maria Cardoso Dulce Maria Cardoso
Crónicas

53 Dias

Do dia 12 em diante, fiquei em casa. Faz hoje 53 dias; 53 dias preso a uma existência rotineira que em quase nada foge àquela que já era a minha, nos dias sem compromissos com concertos e afins

Miguel Araújo Miguel Araújo
Boca do Inferno

Como evitar despreocupações

Um dos aspectos mais difíceis de compreender no mundo actual é a profusão de livros, páginas de internet e serviços de profissionais de saúde mental que se destinam a ensinar as pessoas a não se preocuparem. Não se preocupar era, no meu tempo, uma operação que se efectuava sem qualquer esforço

Ricardo Araújo Pereira Ricardo Araújo Pereira
Flor de Sal

Tudo aquilo que a pandemia nos tirou

A pandemia roubou margem aos intervalos da vida, aqueles durante os quais nos dávamos ao luxo de desligar de tudo para ir ao cinema ou namorar às escondidas. Agora somos todos soldados de um exército que se vai armando o melhor que sabe, uns mais conscientes do que outros

Margarida Rebelo Pinto Margarida Rebelo Pinto
Nem Tudo É Ficção

O amor mascarado

As ruas de Lisboa, agora desertas, limpas e desafogadas, pareciam mais largas. A cidade inteira resplandecia, lavada e escovada, sob um doce sol de primavera. À porta da padaria encontrou uma fila de umas dez pessoas, a rigorosos dois metros de distância umas das outras, todas equipadas com máscaras e luvas. À frente dele postava-se uma mulher elegante. Pedro costumava vê-la ali

José Eduardo Agualusa José Eduardo Agualusa
Crónicas

Quarentena IV

Aos quarenta e tal dias fui-me abaixo e percebi que o disco novo, que fiz com tanto esforço, grávida ou com um recém--nascido no colo, já não será novo daqui a um ano

Capicua Capicua
Boca do Inferno

Efeitos secundários da covid

As pessoas que não são afectadas pelo brutal aumento do desemprego, pelas falências em massa e pela recessão económica, agradecem muito à covid estes tempos de reclusão, que têm sido tão bons para intensificar o contacto com a família, meditar no sentido da vida e alinhar os chacras

Ricardo Araújo Pereira Ricardo Araújo Pereira
Autobiografia Não Autorizada

Isto que nos une

Nunca me senti tão próxima dos outros. O mundo era enorme, incontáveis os humanos e eu existia perdida dos que vivem no outro lado do planeta ou mesmo no meu país, na minha cidade, no meu bairro, na minha rua, na minha casa. Afinal é tão simples ligarmo-nos

Dulce Maria Cardoso Dulce Maria Cardoso
Crónicas

Praia, poemas, etc.

As praias selvagens com vegetação virgem por trás oprimem-me a alma. Gosto mais de praias com pombas do que praias com gaivotas. Prefiro praia de cidade e a Praia de Gondarém é a melhor praia do mundo

Miguel Araújo Miguel Araújo
Boca do Inferno

A nacionalidade do coronavírus

Nutro profunda admiração por quem tem espírito científico, e mais ainda por todos aqueles em quem o espírito científico surge associado a uma vocação para controlador aduaneiro. Conhecer o vírus do ponto de vista científico é importante, mas dar uma vista de olhos no seu passaporte também dá jeito

Ricardo Araújo Pereira Ricardo Araújo Pereira
Flor de Sal

A minha mulher não deixa

Há famílias que estão mais unidas que nunca, antigas amizades foram que recuperadas, enquanto em outros lares e ambientes só não foram consumados mais homicídios por falta de planeamento

Margarida Rebelo Pinto Margarida Rebelo Pinto