Estão à espera que morra mais alguém?

MIGUEL RIOPA/AFP via Getty Image

Não podia ter sido mais triste aquele que era suposto ser um momento de celebração para todos os que amam o futebol. É verdade que, ao contrário de outras ocasiões, não morreu ninguém. Mas será preciso que mais alguém volte a perder a vida nesta luta idiota de vândalos que gravitam à volta do futebol para que alguém tome medidas?

Como sócio do Benfica, o que exijo é que os dirigentes máximos do meu clube não se limitem a condenar os ataques de ontem, mas que digam sem qualquer hesitação que, caso venha a demonstrar-se que foram adeptos benfiquistas a cometer aqueles crimes, que serão perseguidos judicialmente até às últimas consequências e impedidos de alguma vez voltar a pisar qualquer instalação do clube. Mais: exijo que, caso se venha a provar que alguma claque (ou grupo informal de adeptos, como lhes prefere chamar o Presidente Luís Filipe Vieira) esteve envolvida na organização das ações que visaram jogadores, treinadores, demais membros da equipa, bem como qualquer outro cidadão, seja ele ou não adepto de um clube adversário, essa organização seja severamente castigada, perdendo todo e qualquer apoio que possa ter por parte do clube. Tudo o que seja menos do que isto, será uma vergonha e um insulto para todos aqueles que, como eu, são benfiquistas mas, sobretudo, amantes do desporto. O futebol não é isto e os dirigentes e demais intervenientes que continuem a pactuar com atos desta natureza estão, também eles, a mais.

O futebol não pode continuar a ser palco deste espetáculo indecoroso de ataques e acusações. Não pode continuar a ser pretexto para se montarem espetáculos televisivos de desrespeito, maledicência e má criação. E tem, de uma vez por todas, deixar de ser albergue para delinquentes, criminosos e gente incapaz de conviver sem ser através do insulto e da agressão. E enquanto todos os envolvidos no fenómeno (a começar pelos dirigentes clubísticos e institucionais, mas também jogadores e treinadores, jornalistas e comentadores, forças de segurança e governantes) continuarem a fingir que nada se passa, isto não vai ter fim. E, acreditem, vai voltar a morrer gente! Até quando?

ESTE VERÃO ASSINE A VISÃO, EM PAPEL OU DIGITAL, E RECEBA ATÉ SEIS MESES DE LEITURA GRÁTIS

PRECISAMOS DE SI: ASSINE!

ASSINE

Mais na Visão

Sociedade

A culpa dos castores no agravamento do aquecimento global

Um novo estudo conduzido por pesquisadores alemães, sugere que os castores podem estar a contribuir para o agravamento do aquecimento global através da produção de metano, um gás de efeito de estufa

Economia

Elon Musk: O percurso de um excêntrico para quem nem o céu é o limite e que coleciona polémicas pelo caminho

Maio teria sido o mês perfeito para Elon Musk, não fosse a contrariedade que obrigou o multimilionário a mudar o nome do filho de X Æ A-12 para X Æ A-Xii

Mundo

O impacto da Covid-19 na crise "silenciosa e endémica" dos abusos a meninas e mulheres

O novo relatório da UNFPA prevê que os esforços feitos até agora para que os direitos das mulheres e meninas sejam respeitados podem ser revertidos por causa da pandemia

Os meus amigos
Mundo

Vereador espanhol demite-se depois de deixar câmara ligada enquanto foi tomar banho durante reunião por videochamada

Se também passou os últimos meses em reuniões de trabalho por videochamada, é provável que tenha aproveitado alguma ocasião para fazer outra coisa ao mesmo tempo. Mas talvez não tomar banho...

Política

Costa ataca "joguinhos políticos" e diz que não aproveitará sondagens para abrir crise

O secretário-geral do PS defendeu hoje que Portugal precisa de estabilidade, criticou "joguinhos políticos" e afirmou que não aproveitará boas sondagens para abrir uma crise política

Flor de Sal

Quando as mulheres são as piores inimigas das mulheres

Ghislaine era a amiguinha de Jeffrey, partner in crime das suas patifarias, nas quais também participava. Quando as jovens eram aliciadas pelo monstro, Ghislaine desempenhava um papel fundamental para as apanhar na rede; protegia-as e mimava-as, fazia de mãe, de irmã mais velha, de polícia bom, de mentora, de amiga

Mundo

Trump tem um novo logótipo para a sua campanha e é tal e qual um emblema nazi

O site oficial vende agora uma t-shirt com a mesma disposição e elementos. Só muda a suástica para a bandeira americana

Visão Saúde
VISÃO Saúde

Estudar os mortos para salvar os vivos: o que nos dizem as autópsias das vítimas de Covid-19

Uma nova doença constitui um enorme desafio, não só para aqueles que estão na linha da frente no auxílio dos pacientes, mas também para os que têm como objetivo estudar o processo que levou ao enfraquecimento e à consequente morte de parte dos doentes

Economia

Covid-19: Rio considera que "reuniões do Infarmed começam a ter pouca utilidade"

O presidente do PSD considera que as "reuniões do Infarmed começam a ter pouca utilidade" e defende que estes encontros devem apresentar "fotografia muito objetiva e curta"

Se7e
Ver

As melhores fotografias do ano mostram-se em Coimbra. Veja aqui uma seleção

Os efeitos das alterações climáticas, os protestos de rua em Hong Kong ou a luta para derrotar o ISIS no Iraque e na Síria. É o Prémio Estação Imagem 2020, dedicado ao fotojornalismo, com oito boas exposições para ver em Coimbra, a partir deste domingo, 5

Visão Saúde
VISÃO Saúde

Covid-19: Brasil ultrapassa 1,5 milhões de casos de infeção

O Brasil ultrapassou a barreira de 1,5 milhões de pessoas diagnosticadas com covid-19, totalizando ainda 63.174 mortos devido ao novo coronavírus desde o início da pandemia

Sociedade

Estátua da Pequena Sereia novamente vandalizada, desta vez por ser um "peixe racista"

A icónica estátua da “Pequena Sereia” em Copenhaga, um dos monumentos mais famosos da Dinamarca, foi novamente vandalizada, ao ter sido pintada com uma frase antirracismo, segundo a polícia dinamarquesa