Jornal de letras

O sintoma ficcional de Jesus

A brilhante introdução a um “ensaio em progresso” do autor, sobre o tema em título, a propósito, e a partir, de José Saramago e do seu romance O Evangelho Segundo Jesus Cristo, em cujo final “o escritor coloca na boca (ou na mente) de um Jesus crucificado uma afirmação tão arrasadora quanto espiritualmente iluminadora. Dirigindo-se aos homens e referindo-se a Deus, Jesus clamou: ‘Homens, perdoai-lhe, porque ele não sabe o que fez’”

Jornal de letras

Sete lições e meia sobre o cérebro

Longemira, a coluna de Carlos Fiolhais

Jornal de letras

Comemorações do 25 de Abril: (e/ou do 25 de Novembro?)

Sempre que nos aproximamos do dia 25 de Abril e das comemorações associadas à data, manifestam-se opiniões em vários sentidos, de que se deveria comemorar era o 25 de Novembro, de que se deveriam comemorar as duas datas e até que se poderiam comemorar conjuntamente, porque muitas pessoas estiveram nas duas – tese que parece excluir que outros estiveram só numa.

Jornal de letras

Da contracorrente à avalanche

Jornal de letras

Pensar a guerra nuclear: o outro fim da história

“As armas nucleares exigiram a produção, nos limites da (des)razão, de um novo conceito de estratégia bélica capaz de conviver com o gigantesco paradoxo (...) de conduzir ao absurdo de uma guerra que terminaria só com derrotados, mergulhados nos escombros de uma destruição mútua assegurada”, sublinha o nosso colunista no momento dramático em que o tema volta a estar na ordem do dia

Jornal de letras

A Rússia, a Ucrânia e a guerra de Putin 

Jornal de letras

Ucrânia: Património Cultural da Humanidade em perigo

Jornal de letras

A lição esquecida da Guerra Fria

Ecologia, a crónica de Viriato Soromenho-Marques

Jornal de letras

É ainda possível pensar com complexidade?

Coluna de Boaventura de Sousa Santos

Jornal de letras

Órfãos de futuro

Ecologia, a coluna de Viriato Soromenho-Marques

Jornal de letras

A era da inteligência artificial

Longemira, a coluna de opinião de Carlos Fiolhais

Jornal de letras

Elza Soares Inteira

Ideias (JL)

Corrupção e colheres de prata

Quando se diz que a corrupção sempre existiu – desde que existe humanidade – a sentença deve ser tomada literalmente. Estamos a falar de uma relíquia biológica

Ideias (JL)

Basta olhar em volta

A seu modo Não Olhem para Cima é uma reflexão sobre a fase terminal da era do niilismo em que há muito entrámos. Cuja porta de saída nos obriga a pensar se alguma vez a liberdade humana foi algo mais do que uma ilusão

Ideias (JL)

Entrevista com Tiago Brandão Rodrigues

Jovem e já reputado cientista foi uma enorme surpresa ser ministro da Educação: não era “especialista” nessa matéria, nem professor, nem tinha experiência política e/ou de gestão - era antes investigador na prestigiosa Universidade de Cambridge, na área do cancro, e tinha apenas 38 anos. E acabou por ser, de longe, o ministro da Educação com mais tempo de permanência no cargo após o 25 de Abril, e o segundo em toda a História de Portugal. Além do mais novo de sempre entre nós, e que já e o decano nos conselhos europeus da Educação. Este o “tema” fundamental para a conversa/entrevista já aprazada há dois meses. Só que, entretanto, com a não aprovação do OE e eleições a 30 de janeiro o atual governo está a chegar ao fim, e uma visão e um balanço dos seus mais de seis anos à frente do Ministério naturalmente assumiram natural relevo...

Ideias (JL)

Autorretrato de uma professora entre o ensino e a escrita

Professora do ensino secundário de Português e Francês na Escola Inês de Castro, em Vila Nova de Gaia, publicou mais de 30 livros (escolares, romances e infantis) além de artigos para o Público e JN. Trabalha em formação de professores e é colaboradora do Ciberdúvidas. Em 2018, recebeu a medalha de mérito cultural da Câmara de Gaia

Ideias (JL)

Os 60 anos da Revolta de Beja

No último dia de 1961 - um ano de acontecimentos excecionais, relevantíssimos, no combate à tirania salazarista, e que marca o início da “queda do império” – houve uma tentativa de golpe militar, com participação de civis, que se traduziu num assalto ao quartel de Beja – e que fracassou. Seis décadas depois, o acontecimento, sua contextualização e seus antecedente, na evocação do nosso colaborador que participou na conspiração e na ação, sendo o mais jovem capitão nela implicado, o que o forçou ao exílio, de que só pôde regressar com o 25 de Abril de 1974

Ideias (JL)

Tiago Pitta e Cunha, O futuro comum navega nos oceanos

Acaba de receber um dos mais prestigiados galardões portugueses, destinado a distinguir personalidades do mundo das artes, das ciências, das letras, da cultura em geral. Especialista em temas de mar, a sua muito assinalável carreira e atividade nesse domínio, a nível nacional e internacional, aqui apresentada, analisada e destacada

Segunda experiência confirma que neutrinos superam velocidade da luz
Ideias (JL)

Einstein para toda a gente

A teoria da relatividade teve um impacto não apenas na ciência, mas também fora dela, designadamente na filosofia e na arte

"Em Portugal palramos de mais e agimos de menos. Culpar os outros é sempre uma saída fácil para a nossa inação" 
Ideias (JL)

Progresso - Uma ideia de decadência

Para não transformar “a vida em sociedade numa selva descontrolada”, “estamos condenados a um mundo plural e cada vez mais diversificado, onde há que coordenar um mínimo de harmonização dos valores, por mais em conflito que estejam”, defende o autor neste texto, que tem como base a sua intervenção ao ser distinguido, com o doutoramento Honoris Causa, pela Universidade Lusófona de Lisboa

Jornal de letras

O abraço

A ciência do abraço por Boaventura de Sousa Santos