Relacionados

E quando o chão está queimado… voa-se!
Iniciativas

E quando o chão está queimado… voa-se!

O que fazer quando se tem um projeto de turismo de natureza para uma zona onde, de repente, 85% do terreno está ardido? Literalmente, levantar os pés do chão. Bem-vindo ao Eco Sky Park

A árvore da vida
Iniciativas

A árvore da vida

'Ti Moreira' salvou-se escorregando pela ameixoeira debaixo da sua varanda, quando a casa já estava em chamas. Agora quem lhe lança as escadas para uma nova vida são os voluntários dos Médicos do Mundo

Saiba como ajudar os habitantes de Oliveira de Frades
Iniciativas

Saiba como ajudar os habitantes de Oliveira de Frades

Francisca Onofre, responsável pela Missão Esperança dos Médicos do Mundo em Oliveira de Frades, explica como qualquer pessoa ainda pode pode ajudar os habitantes deste concelho. OIÇA AQUI A ENTREVISTA

Os animais selvagens também são gente
Iniciativas

Os animais selvagens também são gente

Fotógrafo da natureza, João Cosme pôs o seu conhecimento ao serviço daqueles de que ninguém se parece lembrar quando existem grandes incêndios: os animais selvagens. Com o apoio da Câmara Municipal de Vouzela, espalha alimento pelo parque natural Vouga Caramulo e pelas matas da região para que a bicharada que sobreviveu ao fogo não morra agora de fome

Mais na Visão

Tóquio2020

15 imagens do magnífico salto de Pichardo para o ouro olímpico

Enrolado na bandeira nacional, Pedro Pablo Pichardo tinha o orgulho do ouro estampado no rosto, depois de saltar uns impressionantes 17,98 metros. A sua melhor marca, a melhor marca nestes Jogos Olímpicos

VISÃO DO DIA
Exclusivo

VISÃO DO DIA: O que estamos a fazer? História. Estamos a fazer História

Sociedade
Exclusivo

O que precisa de saber sobre as férias (quase) em liberdade

O verão traz já algum alívio das restrições, mas será no outono que o País ficará mais próximo da normalidade, ainda que com o certificado digital sempre à mão. Eis as regras com mais impacto nas férias e algumas das questões fundamentais que permanecem por responder

Sociedade
Exclusivo

QR COde: O “velho” código que agora é indispensável para uma vida “nova”

Têm 27 anos, mas só agora começaram a ganhar protagonismo no mundo digital. O seu uso foi “recuperado” e acelerado pelo desconfinamento. Hoje, os QR Codes estão no dia a dia dos restaurantes, das grandes lojas digitais, nas transações financeiras, nos certificados de saúde e até na cultura

Tóquio2020

Tóquio2020: Nelson Évora felicita Pichardo pela quarta medalha portuguesa

Tóquio2020

Tóquio2020: "O ouro é para agrader ao país que me apoiou", Pedro Pichardo

Pedro Pablo Pichardo disse hoje que o ouro olímpico que conquistou no triplo salto em Tóquio2020 é a melhor forma de prestar tributo a Portugal, pelo modo como o acolheu quando teve de sair de Cuba

Tóquio2020

Pichardo junta-se a Nelson, Fernanda, Rosa e Lopes - as cinco medalhas de ouro de Portugal nos Jogos Olímpicos

A história das medalhas de ouro de Pedro Pichardo, Nelson Évora, Fernanda Ribeiro, Rosa Mota e Carlos Lopes

Tóquio2020

Tóquio2020: "O Pichardo tem ainda muito para conquistar por Portugal", diz o pai

Jorge Pichardo, pai e treinador de Pedro Pichardo, o novo campeão olímpico português nos Jogos Tóquio2020, no triplo salto, defendeu hoje que o seu descendente "tem ainda muito para conquistar pelo país"

Tóquio2020

Tóquio2020: Canoísta Teresa Portela termina em sétimo lugar em K1 500 metros

A canoísta Teresa Portela classificou-se hoje em sétimo lugar na final da prova de K1 500 metros dos Jogos Olímpicos Tóquio2020, depois de ter sido 10.ª em K1 200, para os quais se preparou especificamente

Tóquio2020

Tóquio2020: Ouro, prata e dois bronzes são melhor resultado luso de sempre

O ouro de Pedro Pichardo no triplo salto, que deu também prata a Patrícia Mamona, e os bronzes do judoca Jorge Fonseca e canoísta Fernando Pimenta em Tóquio2020 dão a Portugal o melhor resultado de sempre em Jogos Olímpicos

Economia

Groundforce com passivo de 42,3 ME para ativo de 23 ME em 2020

A Groundforce reportou à TAP, num documento citado pelo tribunal de Lisboa que decretou a insolvência, que, no final de 2020, previa ter um passivo de 42,3 ME para um ativo de 23 ME

Economia

Insolvência da Groundforce não cessa contratos e salários vão ser pagos, diz sindicato

O Sindicato dos Trabalhadores da Aviação e Aeroportos (Sitava), esclareceu hoje que a insolvência da Groundforce é uma "solução transitória", que não cessa os contratos de trabalho, e adiantou que os salários vão ser pagos