Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Portugal e Inglaterra

Visão História

O mais recente número da VISÃO História recorda as ligações com o país não lusófono mais relevante para a História de Portugal. Uma aliança com mais de seis séculos

Na altura em que o Reino Unido está na ordem do dia devido às complicações relacionadas com o Brexit, convida-se o leitor a fazer – como sempre, com o contributo de especialistas – uma viagem pelo passado das relações luso-britânicas.

Nenhum país estrangeiro não lusófono teve tanta relevância para a História de Portugal como o Reino Unido e os seus antecessores Grã-Bretanha e Inglaterra – três maneiras de designar, na parte que nos respeita, a mesma realidade. Um pouco esquecida nas épocas mais recentes, a aliança luso-britânica foi, ao longo de séculos, uma constante da nossa caminhada coletiva, e sem ela o destino de Portugal como estado independente teria provavelmente sido outro. Foi boa? Foi má? Teve de ambas a coisas, e sempre consoante os pontos de vista. Talvez sem o contributo dos archeiros de Aljubarrota o nosso país tivesse ficado ligado a Castela no século XIV, talvez sem a intervenção britânica na Guerra Peninsular ele tivesse sido desmembrado ao sabor dos caprichos de Napoleão.

Juízos de valor à parte, a realidade que conhecemos e em que vivemos está marcada pelo selo da «velha aliança» de que tanto se falava noutros tempos e que teve o seu contraponto exaltadamente antibritânico por ocasião do Ultimato de 1890. Vamos recordar como tudo se passou?

Pode assinar a VISÃO História e recebê-la comodamente em casa, pelo correio, na Loja Trustinnews.

Sumário

‘Eles’ vistos por ‘nósComentários sobre os britânicos feitos por escritores portugueses

‘Nós’ vistos por ‘elesComentários sobre os portugueses feitos por escritores britânicos

Cronologia 700 000 a.C. a 1385: Dos primórdios à aliança portuguesa

A ilha encantada Terra de mitos duradouros e de referências fantásticas que perduram no nosso imaginário, a Grã-Bretanha possui características muito próprias, decorrentes da sua singularidade geográfica e histórica. Aqui se evocam os primórdios da sua ocupação humana, a Idade das Trevas e os tempos medievais anteriores à aliança com Portugal. Por Luís Almeida Martins

No tempo das Cruzadas Guerreiros ingleses foram protagonistas da conquista de Lisboa e da primeira tomada de Silves. Por Ricardo Silva

Cronologia 1386-1797: Do Tratado de Windsor à Grã-Bretanha

Uma era de ajustes Foi no período da Guerra dos Cem Anos, nos séculos XIV e XV, que se organizou o relacionamento entre os dois países – e desde logo com vantagens para os ingleses. Por Tiago Viúla de Faria

Conde de Andeiro, o bom da fita? Ele foi talvez a peça essencial na elaboração dos instrumentos da aliança

Navios portugueses contra a Inglaterra Durante a forçada união com a Espanha, Portugal passou para o lado dos inimigos da Inglaterra e a sua esquadra viu-se envolvida no conflito. Por Alexandre Monteiro

D. Catarina de Bragança, uma católica entre 'hereges' D. Catarina de Bragança, filha de D. João IV, foi rainha consorte de Inglaterra. Não teve a vida facilitada, mas acabou por deixar a sua marca. Por Joana Pinheiro de Almeida

O protegido de Pombal A reconstrução de Lisboa surge como uma oportunidade para o jovem Stephens, que acaba a fabricar vidro na Marinha Grande. Por Clara Teixeira

O Tratado dos Panos e Vinhos O acordo de 1703 faria a balança pender para o lado dos ingleses

A cidade do 'Port Wine' Invejada e imitada, a comunidade britânica do Porto cresceu e acumulou fortunas, sobretudo através da criação e do aperfeiçoamento do negócio vinícola. Por João Pacheco

O polémico barão de Forrester Morreu afogado no Douro o forasteiro que mais fez pela região

Cronologia 1800-2019: Do Reino Unido à atualidade

Salvadores ou opressores? Entre as invasões francesas e a revolução liberal de 1820 os britânicos mostraram, em relação a Portugal, uma dupla face: expulsaram as tropas napoleónicas mas ficaram a tutelar o País como se de um protetorado se tratasse. Por Rui Cardoso

A 'British Madeira' A ilha portuguesa «mais britânica» foi ocupada duas vezes por militares de Sua Majestade e ficou famosa no mundo graças a um vinho que pode durar séculos. Por João Pacheco

O aliado plenipotenciário Foi importante o papel desempenhado pela Inglaterra na instauração e consolidação do liberalismo português. Por Lourenço Pereira Coutinho

Ligados pelo fio do telefone Com os britânicos da APT, as redes telefónicas de Lisboa e do Porto crescem e automatizam-se. Por Clara Teixeira

A chegada do 'foot-ball' As primeiras bolas foram trazidas por britânicos com residência em Portugal, tripulantes de navios e jovens da elite lusa que estudavam na Grã-Bretanha

Ultimato: tão amigos que nós éramos O ultimato lançado em 1890pelo Reino Unido a Portugal obrigando ao abandono de territórios em África abalou a ‘velha aliança’ e é uma das causas da queda da monarquia. Por Francisco Garcia

Lisboa nos carris Sob comando dos ingleses, os elétricos substituíram em 1901 os mal-amados americanos, libertando a cidade dos odores dos carros puxados por animais. Por Clara Teixeira

I Guerra Mundial: com os bretões, marchar, marchar Por ocasião da I Guerra Mundial, a jovem República Portuguesa achou conveniente engolir de vez o sapo do Ultimato e ir combater ao lado da «velha aliada» – mesmo contra a vontade desta. Por Luís Almeida Martins

II Guerra Mundial: sob ameaça Como foi posta à prova e como acabou por funcionar a aliança luso-britânica durante o conflito de 1939 a 1945. Por David Castaño

Depois 1945: dois impérios, dois destinos Portugal e o Reino Unido lidaram com a descolonização de forma muito distinta até meados dos anos 1970; mas os britânicos revelaram-se menos confortáveis no seu papel pós-imperial na Europa do que os portugueses. Por Pedro Aires de Oliveira

Napoleão, o português e John Bull Um cartoon britânico do tempo das Invasões Francesas