World Press Photo: A fotografia do ano e todas as imagens premiadas

World Press Photo: A fotografia do ano e todas as imagens premiadas

As causas, os movimentos, as manifestações e os alertas: são vários os alvos das fotografias vencedoras do World Press Photo de 2022, o concurso anual que atribui a maior e mais prestigiada distinção de fotojornalismo do mundo.

O prémio de Fotografia do Ano vai para Amber Bracken do New York Times. Na imagem, observam-se vestidos vermelhos pendurados em cruzes ao longo de uma estrada, homenageando as crianças que morreram na Kamloops Indian Residential School, uma das instituições que fazia parte do sistema de internatos para indígenas no Canadá.

Estas escolas residenciais começaram a funcionar no século XIX como parte de uma política de assimilação de pessoas de várias comunidades indígenas na cultura ocidental e predominantemente cristã. “Os alunos eram retirados das suas casas e dos pais – muitas vezes à força – e muitas vezes proibidos de comunicar nos seus próprios idiomas. Os seus cabelos eram cortados curtos e tinham que usar uniformes, em vez de roupas tradicionais dos seus países, recebiam nomes euro-cristãos no lugar dos seus e eram sujeitos a abuso físico e às vezes sexual”, lê-se na descrição da imagem. Segundo a presidente do Supremo Tribunal do Canadá, Beverley McLachlin, o país usou as instituições para cometer genocídio cultural. Mais de 150 mil crianças passaram por estes internatos antes de o último fechar em 1996.

Amber Bracken tem um trabalho pessoal em andamento que analisa como o trauma intergeracional das Escolas Residenciais continua a impactar os jovens que nunca tiveram de as frequentar, e também como a forma de lidar com isso é transmitida entre as gerações.

“Esta é uma imagem que fica gravada na memória, inspira uma espécie de reação sensorial. Eu quase podia ouvir a quietude nesta fotografia, um momento tranquilo de avaliação global da história da colonização, não apenas no Canadá, mas em todo o mundo”, declara um membro do júri, Rena Effendi.

História do Ano

Além da fotografia do ano, existe ainda o prémio para História do Ano, ganho por Matthew Abbott, da National Geographic. A série de imagens mostra os indígenas australianos a queimar estrategicamente a terra, uma técnica que faz com que o fogo se mova lentamente, queimando apenas a vegetação mais rasteira para diminuir a fonte de alimentação das chamas maiores.

O povo Nawarddeken de West Arnhem Land, na Austrália, faz este tipo queimadas controladas há dezenas de milhares de anos e vê o fogo como uma ferramenta para gerir a sua terra natal de 1,39 milhões de hectares. Os guardas da Warddeken combinam o conhecimento tradicional com as tecnologias contemporâneas para evitar incêndios florestais, diminuindo assim o CO2 libertado.

“Foi tão bem montado que nós nem conseguimos pensar nas imagens de maneiras díspares. Olhamos para isso como um todo, e foi uma narrativa perfeita”, considera Rena Effendi.

Projetos de Longa Duração

A floresta da Amazónia está sob grande ameaça e foi com esse princípio que Lalo de Almeida, da Folha de São Paulo criou o projeto Distopia Amazónica, que lhe deu o prémio na categoria de Projetos de Longa Duração.

O ritmo da desflorestação aumenta à medida que a mineração, o desenvolvimento de infraestruturas e a exploração de outros recursos naturais ganham força sob as políticas ambientalmente regressivas do presidente Jair Bolsonaro. A exploração da Amazónia tem uma série de impactos sociais, principalmente sobre as comunidades indígenas que são obrigadas a lidar com a significativa degradação do seu meio ambiente, bem como do seu modo de vida.

A sequência de fotografias de Lalo de Almeida “retrata algo que não tem apenas efeitos negativos na comunidade local, mas também globalmente, pois origina uma reação em cadeia a nível global”, aprecia a jurada do concurso.

Projetos de Formato Livre

Através de histórias pessoais, o projeto O Sangue é uma Semente (La Sangre Es Una Semilla) de Isadora Romero, ganhou o prémio de melhor produção de formato livre. O filme questiona o desaparecimento de sementes, a migração forçada, a colonização e a consequente perda de conhecimento ancestral. O vídeo é composto por fotografias digitais e cinematográficas, algumas das quais foram desenhadas pelo pai de Romero.

Numa viagem à sua aldeia ancestral de Une, Cundinamarca, Colômbia, Romero explora as memórias esquecidas da terra e das plantações e aprende sobre o seu avô e bisavó, que eram ‘guardiões de sementes’ e cultivavam várias variedades de batatas.

“Há tantas camadas nesta narrativa em termos de uso de áudio, vídeo, fotos e sequencias”, refere Clare vander Meersch, membro do júri global e presidente do júri da América do Norte e Central.

Prémios por Regiões

Além das categorias principais, o 65º concurso do World Press Photo premiou os vencedores regionais – Áfria, Ásia, Europa, América do Norte e Central, América do Sul e Sudeste Asiático e Oceania – para cada uma das quatro categorias; Singles, Stories, Projetos de Longa Duranção e Formato Livre.

“É emocionante ver como o novo concurso regional produziu as mudanças que esperávamos. Mudanças que acreditamos oferecer diferentes perspetivas e uma conexão mais profunda com o fotojornalismo e a fotografia documental de todo o mundo”, congratula-se Joumana El Zein Khoury, diretora executiva da World Press Photo Foundation.

Este ano, os vencedores foram escolhidos entre 64.823 fotografias e inscrições em formato aberto, por 4066 fotógrafos de 130 países.

LEIA A VISÃO, ASSINE A PARTIR DE 6€/MÊS

ASSINE AQUI

Mais na Visão

Mais Notícias

Estas são as dores mais comuns na depressão

Estas são as dores mais comuns na depressão

A PRIMA gosta das cores de verão da Parfois, dos sabores frescos da Brigadeirando e da nova coleção da Joana Mota Capitão

A PRIMA gosta das cores de verão da Parfois, dos sabores frescos da Brigadeirando e da nova coleção da Joana Mota Capitão

Quanto custa o visual

Quanto custa o visual "black swan" de Maria Cerqueira Gomes na gala de "Uma Canção Para Ti"

Kelly Bailey faz topless em Maiorca

Kelly Bailey faz topless em Maiorca

Hyundai mostra Ioniq 6… e o design surpreende

Hyundai mostra Ioniq 6… e o design surpreende

Mineração do mar profundo vai afetar biodiversidade e pesca

Mineração do mar profundo vai afetar biodiversidade e pesca

O festival de Almada e os 30 anos de Vila do Conde

O festival de Almada e os 30 anos de Vila do Conde

Princesa Leonor e infanta Sofía no teatro com looks descontraídos

Princesa Leonor e infanta Sofía no teatro com looks descontraídos

Caro Daur exibe boa forma em Lisboa

Caro Daur exibe boa forma em Lisboa

Matebook 16s: Este é o portátil mais poderoso da Huawei e chega já em julho

Matebook 16s: Este é o portátil mais poderoso da Huawei e chega já em julho

Os Cadernos da Minha Vida: mergulhar no processo criativo de Joana Vasconcelos

Os Cadernos da Minha Vida: mergulhar no processo criativo de Joana Vasconcelos

Guia prático para preparar o seu jardim (ou varanda!) para o verão

Guia prático para preparar o seu jardim (ou varanda!) para o verão

Teste em vídeo ao DS 9 E-Tense

Teste em vídeo ao DS 9 E-Tense

VOLT Live: o crescimento da rede de carregamento e as notícias da semana

VOLT Live: o crescimento da rede de carregamento e as notícias da semana

JL 1349

JL 1349

10 características de pessoas mentalmente saudáveis

10 características de pessoas mentalmente saudáveis

10 perfumes de verão e porque precisa de (pelo menos) um para melhorar os seus dias

10 perfumes de verão e porque precisa de (pelo menos) um para melhorar os seus dias

H.amo: uma nova forma de decoração da sua mesa inspirada nos padrões portugueses

H.amo: uma nova forma de decoração da sua mesa inspirada nos padrões portugueses

Georgina Rodríguez sensual com vestido preto para assistir a desfile de marca de luxo

Georgina Rodríguez sensual com vestido preto para assistir a desfile de marca de luxo

Conferência dos Oceanos da ONU prossegue hoje com marcha pelo clima à margem

Conferência dos Oceanos da ONU prossegue hoje com marcha pelo clima à margem

Conferência dos Oceanos: A sustentabilidade passa pelas mulheres e pelos jovens

Conferência dos Oceanos: A sustentabilidade passa pelas mulheres e pelos jovens

Dor de costas: Os tratamentos mais eficazes

Dor de costas: Os tratamentos mais eficazes

Facebook testa canais de áudio como o Discord

Facebook testa canais de áudio como o Discord

Sugestões confortáveis para aproveitar os dias de sol

Sugestões confortáveis para aproveitar os dias de sol

Famosos divertem-se no segundo fim de semana de Rock in Rio

Famosos divertem-se no segundo fim de semana de Rock in Rio

O visual que Catarina Gouveia usou no casamento do irmão

O visual que Catarina Gouveia usou no casamento do irmão

Oeiras EcoRally em imagens

Oeiras EcoRally em imagens

"Se olharmos para o tempo da União Soviética e para o papel que teve na independência de alguns países africanos, vemos que a kalashnikov é um verdadeiro símbolo de descolonização"

Ana Sofia Martins aposta no conforto

Ana Sofia Martins aposta no conforto

Ashley Park elege “look” elegante e sensual

Ashley Park elege “look” elegante e sensual

Dor de costas: O desesperante dia a dia dos doentes

Dor de costas: O desesperante dia a dia dos doentes

Raquel André: Uma Língua Portuguesa afiada

Raquel André: Uma Língua Portuguesa afiada

Tendência: este verão as saias querem-se mini

Tendência: este verão as saias querem-se mini