Relacionados

Kit Identifica: tecnologia portuguesa acelera trabalhos forenses

Mostramos como a startup do Porto Identifica desenvolveu um kit especializado em genética forense. Os kits Spindel prometem acelerar os trabalhos forenses, poupando três horas e cinco euros em cada análise convencional.

Konica Minolta mostra o escritório do futuro

Estivemos na Dinamarca para ver como a Konica Minolta propõe levar a digitalização do escritório para outro nível. A marca nipónica mostrou algumas ideias futuristas que mostramos aqui, como um projetor inteligente ou o já conhecido Workplace Hub.

Monitorização do gás radão em Portugal

Fomos a Viana do Castelo ver como é feita a monitorização do gás radão, num projeto do Politécnico e pelo Município local. O radão é a segunda maior causa para o cancro do pulmão, segundo a Organização Mundial de Saúde, e vai passar a ser monitorizado em 50 edifícios de Viana, com as sondas a emitir alertas sempre que os limites máximos de radão sejam superados. A lei nacional define que deva ser feita esta monitorização em permanência.

Live Electric Tours: 5G em movimento

Mostramos mais uma capacidade da tecnologia 5G: uma startup portuguesa está a usar tecnologia da Vodafone para fazer transmissões de vídeo 4K em direto e a bordo do mais recente Renault Zoe.

Windfloat: Como funcionam as turbinas eólicas flutuantes em Viana do Castelo

O projeto Windfloat instalou três turbinas eólicas a 20 quilómetros da costa de Viana do Castelo. Cada turbina produz 8,4 MW e as três são suficientes, em conjunto, para gerar energia para uma população de 60 mil pessoas. Em vez de estruturas fixas, as turbinas são suportadas por plataformas flutuantes

PRECISAMOS DE SI, CARO LEITOR A INFORMAÇÃO INDEPENDENTE É UM PILAR DA DEMOCRACIA. APOIAR O JORNALISMO INDEPENDENTE É UM DEVER DE CIDADANIA.

É PRECISO TER VISÃO

ASSINE