Relacionados

Mundo

Rússia multa empresa do Facebook por não remover conteúdos "proibidos"

Um tribunal russo condenou hoje a empresa americana Meta (que detém o Facebook) a uma multa de 1,9 mil milhões de rublos (cerca de 24 milhões de euros) por não remover conteúdo "proibido"

Mundo

Google e AFP chegam a acordo para remunerar utilização dos conteúdos da agência

Google e a AFP anunciaram um acordo inédito, após 18 meses de negociações, mediante o qual a empresa do motor de busca vai pagar pela utilização dos conteúdos da agência nos últimos 5 anos

Mercados

Rússia multa tecnológicas por não apagarem conteúdo banido

Facebook, Twitter e Telegram recebem multas das autoridades de Moscovo por não terem apagado conteúdo considerado ilegal

Mercados

Serviços de streaming obrigados a reinvestir receitas na produção de conteúdos nacionais em França

Empresas como a Netflix ou a Disney+ passam a ser obrigadas a gastar 25% das suas receitas em território francês na produção de conteúdos locais. É o primeiro país a transpor a Directiva europeia que pretende uma maior paridade entre plataformas de streaming e outras emissoras