Relacionados

Mercados

Apple impede utilizadores de Macau de usarem emoji com bandeira do Taiwan

Desde 2017 que os consumidores chineses que têm iPhones não têm acesso ao emoji com a bandeira de Taiwan. Os utilizadores de Hong Kong e Macau podem contornar esta restrição através de algumas apps e websites

Jogos

Blizzard expulsa jogador profissional de Hearthstone por apoiar Hong Kong

Ng “Blitzchung” Wai Chung é um jogador profissional de Hearthstone que emitiu declarações pro-Hong Kong. A Blizzard anunciou a expulsão do jogador durante um ano por ter violado uma secção do regulamento de um torneio.

Mercados

Manifestantes de Hong Kong usam personagem da Blizzard durante ações na Net

Trata-se de Mei, a personagem chinesa do jogo Overwatch, cuja imagem está a ser usada para ser a nova porta-estandarte dos protestos hongueconguenses

Mercados

HKmaps: a app que está a causar conflito entre a China e a Apple

Através da aplicação, os habitantes de Hong Kong conseguem saber os locais onde estão a ocorrer manifestações e intervenções policiais. Embora haja pressão por parte do governo chinês para vedar acesso à app, esta continua disponível na App Store chinesa

Mercados

Epic garante que não vai banir jogadores que façam discursos políticos

Depois de a Blizzard ter atuado contra um jogador que proferiu declarações pró-Hong Kong, a Epic Games afirmou que não irá banir ou castigar jogadores ou criadores que façam o mesmo.

Mercados

Apple cede à pressão e retira HKmap.live da App Store chinesa

Já várias grandes empresas e instituições vacilaram em mostrar-se a favor dos manifestos pela democracia de Hong Kong. Esta é a situação polémica mais recente em que a marca da maçã está envolvida

Mercados

Mark Zuckerberg critica TikTok por censurar protestantes e defende liberdade de expressão

O CEO e fundador do Facebook marcou uma posição sobre o discurso livre, criticou rivais por silenciarem protestos políticos e refere que a censura na China é um impeditivo para o crescimento da rede social