Relacionados

Mercados

Facebook remove páginas oficiais de organizações de Mianmar devido à violência étnica na região

A Facebook anunciou hoje que removeu 18 contas e 52 páginas de Facebook bem como uma conta de Instagram pertencentes a entidades oficiais e a pessoas de Mianmar. Nos bloqueios estão incluídas as páginas do comandante máximo das forças militares daqueles país bem como o canal de televisão oficial do exército. A empresa americana explica que “a violência étnica em Mianmar tem sido horrível” e que esta ação serve para impedir “que esses indivíduos e organizações utilizam o nosso serviço para reforçar tensões étnicas e religiosas”.

Internet

IUVM: o Irão está em campanha na Net com um exército que fala 11 línguas

Facebook e Twitter bloquearam centenas de contas de utilizadores que estariam ao serviço da propaganda de Teerão. A International Union of Virtual Media é conhecida por promover notícias de meios de comunicação dominados pelo governo iraniano

Internet

Google, Facebook e Twitter unem-se para acabar com propaganda iraniana

As contas removidas visavam promover notícias falsas sobre conteúdos pró-palestinianos, anti-israelitas e anti-sauditas