Exame

Siga-nos nas redes

Perfil

O senhor dos milhões do Benfica na capa da Exame de agosto

Exame

Depois dos milhões encaixados com a venda de João Félix, Domingos Soares de Oliveira explica como será usado esse dinheiro. O CEO das águias aponta a internacionalização como prioridade.

Rui Barroso

Rui Barroso

Jornalista

A vida de gestor no mundo da bola nem sempre é fácil. Uma bola na trave pode ser a diferença entre ser um mago das finanças ou cair em descrédito. Domingos Soares de Oliveira é o “homem das contas” da SAD do Benfica desde 2003. Explicou à Exame a estratégia utilizada para recuperar financeiramente a instituição. Revelou os detalhes do negócio de 126 milhões de João Félix. E deu a tática para o futuro das águias e de como serão utilizados esses milhões.

O CEO do Benfica não se escondeu ao jogo. Abordou temas quentes como a relação do clube com Jorge Mendes, os danos causados pelo caso dos e-mails e as explicações para as águias não se sentarem a uma mesa de trabalho com o FC Porto. E não são só as estrelas nos relvados a sofrer o assédio dos tubarões europeus.

Outro dos temas em destaque na Exame é uma viagem ao centro do Facebook. Em Menlo Park, a maior rede social do mundo dá a ideia de viver numa realidade paralela. Apesar da pressão pública e das críticas depois dos problemas de segurança do Facebook, a diretora operacional da empresa, Sheryl Sandberg, puxou pela finta para fugir ao assunto e a questões dos jornalistas.

Também a indústria alimentar anda a aprimorar a técnica. Mas para simular carne. Os humanos adoram o sabor, é certo. Mas o ambiente e os direitos dos animais geram cada vez maiores preocupações. A solução são hambúrgueres que não vêm de vacas e criados em laboratório. Esta “carne” que não é carne tem sido alvo da voracidade de investidores e esta indústria vale já milhares de milhões e acelera como nunca.

Ainda na edição da Exame deste mês, mostramos alguns dos reforços que vieram ajudar a economia nacional. São quatro história de estrangeiros que foram para lugares remotos do país para dinamizar essas regiões com negócios sustentáveis. Fomos ainda à procura de startups por um planeta melhor. Portugal recebeu, durante três meses, dez projetos europeus que prometem melhorar a vida das pessoas como ideias para reduzir o plástico, ajudar à reflorestação em zonas atingidas por alterações climáticas e aplicações que querem facilitar a participação cívica dos jovens.

Mas há muito mais para ler, como os desafios do capitalismo 4.0, um dos temas alvo de reflexão na conferência Portugal em Exame. Aliás, a edição deste mês surge em banca acompanhada pela revista especial “Indústria 4.0: A Revolução está em marcha”, uma parceria entre a Exame e a COTEC Portugal, que analisa ao pormenor a forma como a evolução tecnológica está a mudar a vidas das empresas, trabalhadores e clientes.

Destaque ainda para a entrevista a Francisco Veloso, dean da Imperial College Business School, que mostra preocupações por Portugal crescer menos do que as economias que estavam historicamente atrás. "Estamos a perder terreno", avisou.

Num mês em que pode surgir mais algum tempo para meter as leituras em dia, fomos ainda saber quais os livros que gestores, empresários e decisores vão levar na bagagem em agosto.

A revista está nas bancas de todo o país. Pode ainda adquirir a edição ou assinar a EXAME aqui.

Boas leituras!