O guardião dos tubarões-baleia, os maiores peixes do mundo

Foto: Franck Gazzola

“Sempre me vi a trabalhar com animais, até porque cresci no meio de cavalos.” Brad Norman podia ter sido veterinário ou cavaleiro, mas os pais também lhe passaram o amor pelo mar, e foi essa a paixão que acabou por prevalecer. Levou-o para a Biologia Marinha e, mais tarde, para a defesa do calmo gigante dos oceanos, o tubarão-baleia.

A relação entre o biólogo australiano e o maior peixe do mundo começou há quase um quarto de século, no recife de Ningaloo, na costa noroeste do país. “Ver um animal daqueles, do tamanho de um autocarro, a nadar calmamente na nossa direção, e depois afastar-se com toda a graciosidade e sem qualquer receio, é uma experiência extraordinária. De tirar o fôlego”, recorda.

Mas, de regresso à superfície, ficou estupefacto com a pouca informação disponível. “Os tubarões-baleia estavam envoltos em mistério”, conta. Foram descobertos só em 1828, apesar de existirem desde o Jurássico, e até meados da década de 80 do século passado tinham sido reportados apenas 350 avistamentos. Havia, no entanto, a perceção de que os seus números estariam a diminuir e foi quando percebeu que podia “contribuir para fazer a diferença” que decidiu agir.

Brad durante uma delicada operação de colocar um identificar num tubarão-baleia, o maior peixe do mundo (Franck Gazzola/Rolex)

Com a sua equipa, adaptou um software da NASA, desenvolvido para o telescópio Hubble identificar estrelas no céu, para reconhecer também cada um dos membros da espécie. A pele destes tubarões lembra de facto um céu noturno, com inúmeros pontos brancos cujo padrão nunca se repete, como numa impressão digital. E se hoje estão registados mais de 76 mil avistamentos, em 50 países espalhados pelo mundo, a eles se devem. Esses avistamentos permitiram inclusivamente identificar já 12 mil indivíduos.

O processo é simples: de cada vez que um mergulhador, um pescador ou um simples turista avistar um tubarão-baleia e conseguir tirar uma fotografia, pode depois enviá-la para o site whaleshark.org, onde é analisada pelo tal algoritmo e comparada com as outras fotos na base de dados, para perceberem se é um tubarão já conhecido ou um novo animal. “Essa pessoa recebe depois um email com a história do tubarão, e continuará a receber se ele voltar a ser visto.”

Mesmo quem não tem por hábito nadar com tubarões pode também participar, adotando um dos tubarões descobertos e ajudando a financiar toda esta operação. Se o fizer, passa também a receber os alertas sempre que o “filhote” é avistado, e pode até dar-lhe um petit nom carinhoso, como Bolinhas. Norman chamou ao seu primeiro tubarão Stumpy e ainda hoje se encontram com alguma regularidade, porque faz parte de um grupo que todos os anos regressa a Ningaloo, entre março e abril.

Um tubarão-baleia afasta-se, depois de lhe ter sido colocado um identificador. Estes animais chegam a ter o tamanho de um autocarro (Franck Gazzola/Rolex)

Na viragem do milénio, Brad desenvolveu também o primeiro relatório sobre o tubarão-baleia para a União Internacional para Conservação da Natureza, que o classificou na Red List como “Vulnerável”. Em 2016, e na posse de informações mais precisas, subiu o alerta para “Em Perigo” e desde então “nada mudou, nem deverá mudar nos próximos tempos”, explica. Porque “mesmo que as ameaças fossem imediatamente reduzidas, a espécie ainda iria demorar muito tempo a recuperar”.

Não surpreendentemente, “os humanos são a maior ameaça”, com a produção de gás e de petróleo, as rotas de transporte, as pescas e atividades turísticas à cabeça dos fatores de risco. O principal desafio ainda é, para já, descobrir “os habitats mais críticos da espécie, nomeadamente os seus berçários”, para depois montar uma luta eficaz.

O sistema de identificação que criou permite que qualquer pessoa identifique estes animais através de fotografias (Franck Gazzola/Rolex)

Em 2006, após desenvolver o algoritmo da NASA, recebeu um Rolex Award for Enterprise, que o ajudou a montar este projeto pioneiro de cidadãos cientistas, “tal como um David Attenborough”, em busca do tubarão-baleia. O prémio juntou-o a outro laureado desse ano, o professor Rory Wilson, do País de Gales, que desenvolveu sensores mais eficazes para seguir animais no mar, e é neste binómio − avistamentos e trackers − que Brad se baseia para construir os padrões de comportamento que vão revelar as melhores formas de proteger este magnífico gigante dos mares. Com a ajuda de todos.

Oceano de Esperança é um projeto da VISÃO em parceria com a Rolex, no âmbito da sua iniciativa Perpetual Planet, para dar voz a pessoas e a organizações extraordinárias que trabalham para construir um planeta e um futuro mais sustentáveis. Saiba mais sobre esta missão comum.

Palavras-chave:

Ao assinar a VISÃO recebe informação credível, todas as semanas, a partir de €6 por mês, e tem acesso a uma VISÃO mais completa.

Uma VISÃO mais completa

Assinar agora

Mais na Visão

Autárquicas 2021

Margarida Martins: "Eles ganharam e eu vou à minha vida. Mas pus Arroios no mapa"

Margarida Martins perdeu para a coligação de direita a corrida à renovação do terceiro mandato na freguesia lisboeta de Arroios. A antiga presidente da associação Abraço considera que o seu caso não único, porque se inclui numa onda de derrotas na capital, e diz que sai "tranquila", porque deixa trabalho feito

Autárquicas 2021

Autárquicas: Inês de Medeiros reeleita em Almada promete diálogo com todas as forças políticas

A vencedora das eleições para a Câmara de Almada, Inês de Medeiros (PS), reeleita na presidência do município, prometeu dialogar com os eleitos de todos os partidos, mas reconheceu que o diálogo poderá ser mais fácil com o PSD

Autárquicas 2021

Filho de António Costa ganha junta de Campo de Ourique por 25 votos em votação muito renhida

Pedro Costa foi a votos pela primeira vez e venceu a coligação encabeçada por Teresa Morais Leitão para a junta de freguesia de Campo de Ourique . Mas foi uma noite complicada para o socialista

Em atualização
Autárquicas 2021

VISÃO Autárquicas: Notas em direto da noite eleitoral

Apontamentos da noite das autárquicas pela equipa da VISÃO

OLHO VIVO

“Regresso ao Passado? Parece que voltámos a 2001, em Lisboa”

É um balde de água fria para as expectativas do PS que faz lembrar a eleição que opôs João Soares a Santana Lopes

Autárquicas 2021

Siza Vieira: Eventual desaire em Lisboa não é um cartão vermelho ao Governo PS

Pedro Siza Vieira defendeu que o resultado autárquico, em qualquer que seja o município, está muito longe de ser uma avaliação ao trabalho do Governo. Para o socialista, Lisboa não é uma exceção, ainda que tenha sentido necessidade de destacar que o melhor resultado do PS até hoje na capital foi conseguido por Costa, em 2013

Autárquicas 2021

Autárquicas: PSD já festeja Coimbra, mas mantém a cabeça fria em Lisboa

Coordenador autárquico social democrata reagiu às primeiras projeções - que colocam Moedas taco a taco com Medina na capital e dão vitória ao PSD em Coimbra – com uma critica às sondagens: “falharam redondamente”

Autárquicas 2021

Autárquicas: IL diz estar aberto a apoiar soluções em Lisboa mas rejeita alianças com o PS

O presidente da Iniciativa Liberal, João Cotrim de Figueiredo, disse hoje estar aberto a "apoiar soluções" favoráveis aos lisboetas, mas não com o PS

Autárquicas 2021

Autárquicas: Amanhã o país acordará com Chega em todo o território nacional, acredita Ventura

O líder do Chega considerou já ter garantida "uma grande vitória" e que "amanhã o país acordará" com o partido "em todo o território nacional" pelo que esta será uma "noite histórica"

Autárquicas 2021

Autárquicas: CDU destaca reforço em Lisboa e Porto aguarda por Almada

A dirigente comunista Margarida Botelho considerou hoje que as projeções em Lisboa e no Porto são positivas e apontam para a consolidação e reforço da CDU nestas autarquias, mas disse que ainda é cedo para falar sobre Almada

Autárquicas 2021

Autárquicas: Primeiro presidente de câmara eleito hoje é Manuel Tibo (PSD), Terras de Bouro

Manuel João Sampaio Tibo, do PSD, de Terras de Bouro, Braga, foi o primeiro presidente de câmara eleito nas autárquicas de hoje, segundo dados provisórios do Ministério da Administração Interna

Autárquicas 2021

Autárquicas: PS reivindica vitória nas eleições e acredita que vai triunfar em Lisboa

O secretário-geral adjunto do PS reivindicou hoje vitória do seu partido nas eleições autárquicas, dizendo que irá vencer em número de câmaras e de freguesias, e manifestou-se confiante no quinto triunfo consecutivo em Lisboa