“É quase tão difícil ir à Lua como ao fundo dos oceanos”

Retrato para Oceano de Esperança – Tiago Rebelo

“É quase tão difícil ir à Lua como ao fundo dos oceanos”

Um Lander para ser colocado no fundo do mar profundo e aí permanecer durante largos períodos de tempo. Um AUV, ou veículo autónomo subaquático, com capacidade para explorar grandes extensões, e um ROV híbrido, oferecendo a precisão de um Veículo Remotamente Operado, mas também a possibilidade de funcionar autonomamente. São estes os robôs, a par de uma infraestrutura de suporte, sistemas de comunicação e tratamento de dados, que vão permitir a Portugal explorar e monitorizar o mar sem depender da tecnologia de terceiros. Fator importante quando o nosso país pretende estender o limite da sua plataforma continental para além das 200 milhas marítimas.

A candidatura tem como objetivo alargar essa área para os quatro milhões de quilómetros quadrados, o que daria a Portugal uma dimensão semelhante à da União Europeia. A candidatura ainda aguarda avaliação, mas ao abrigo da Convenção das Nações Unidas que regula o pedido, o Estado deve obrigatoriamente produzir conhecimento sobre esse território.

Estes veículos – e os respetivos sistemas – estão a ser desenvolvidos pela Oceantech, uma plataforma que junta universidades públicas e empresas privadas sob a liderança da Abyssal, uma empresa de engenharia de software com sede em Matosinhos. O projeto foi montado em 2017 pelo CEiiA, Centro de Engenharia e Desenvolvimento, o mesmo que desenvolveu uma das primeiras redes europeias de mobilidade sustentável, que se tornou num parceiro preferencial da Embraer e que assinou um acordo com a Agência Europeia de Segurança Marítima para o desenvolvimento de drones de vigilância.

Mas esta será, provavelmente, “a primeira vez que se junta um consórcio deste género para criar este tipo de produtos”, refere Tiago Rebelo, coordenador do projeto. “Não será uma surpresa se disser que, comparativamente a países como os EUA ou a Noruega, levamos 20 ou 30 anos de atraso. Mas temos grupos universitários, na Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto e no Instituto Superior Técnico, que estão ao nível do melhor que se faz em investigação nesta área. Só nunca conseguimos – e é por isso que este projeto aparece – fazer a ligação entre ciência e mundo real. Traduzir essa investigação em valor económico, criar produtos que possam chegar ao mercado.”

“Os desafios são enormes”, explica Tiago, que entrou para o CEiiA há sete anos, depois de ter sido o primeiro português a participar num programa espacial da Erasmus Mundus e que hoje, com 30 anos, lidera toda a área de desenvolvimento de produto e serviços. “Temos perto de 50 engenheiros a trabalhar no projeto”, com um total de cerca de 140 pessoas envolvidas, no conjunto das instituições.

“Tecnicamente, é quase tão difícil ir à Lua como ao fundo dos oceanos. Conseguimos até criar representações em 3D perfeitas da superfície lunar e de Marte, mas continuamos a não ser capazes de fazer o mesmo com os nossos fundos marinhos.”

Após três anos de desenvolvimento, os robôs entraram agora na fase final de desenho e início da produção do protótipo. Seguir-se-ão testes, primeiro em águas pouco profundas e, mais perto do verão, já em mar aberto, com a ajuda dos navios do Instituto Português do Mar e da Atmosfera.

Temos um oceano de oportunidades pela frente, mas um oceano de desafios também

Tiago Rebelo

“Numa primeira fase, faz sentido colocar estes veículos ao serviço da ciência, da monitorização e do ambiente, mas depois é natural que as empresas do consórcio tenham as suas ambições comerciais. O potencial exportador deste tipo de tecnologia é enorme, mesmo sendo um produto de nicho.”

Antes disso, ainda, é necessário gerar informação para se conseguir perceber que áreas devem ser protegidas e onde será possível gerar valor económico sustentável. “Não podemos definir a totalidade do espaço marítimo como área protegida, mas há que proteger algumas áreas. É isso que os outros países estão a fazer. Foi o que a Noruega fez nos fiordes, por exemplo, e para isso qualquer um destes veículos pode dar um grande contributo. Temos um oceano de oportunidades pela frente, mas um oceano de desafios também.”

Oceano de Esperança é um projeto da VISÃO em parceria com a Rolex, no âmbito da sua iniciativa Perpetual Planet, para dar voz a pessoas e a organizações extraordinárias que trabalham para construir um planeta e um futuro mais sustentáveis. Saiba mais sobre esta missão comum.

Mais na Visão

Mais Notícias

Princesa Charlene celebra aniversário afastada do marido, o príncipe Alberto, que testou novamente positivo para Covid-19

Princesa Charlene celebra aniversário afastada do marido, o príncipe Alberto, que testou novamente positivo para Covid-19

VOLT Live: como serão os custos dos carregamentos em 2023

VOLT Live: como serão os custos dos carregamentos em 2023

Três floristas para encher a casa de alegria e bons cheiros

Três floristas para encher a casa de alegria e bons cheiros

Uma vénia ao ovo

Uma vénia ao ovo

Uber Eats passa a mostrar que dados do utilizador estão ao alcance dos entregadores

Uber Eats passa a mostrar que dados do utilizador estão ao alcance dos entregadores

EXAME de fevereiro: A Delta quer chegar ao topo do mundo

EXAME de fevereiro: A Delta quer chegar ao topo do mundo

Raphael Navot, eleito Designer do Ano pela Maison & Objet

Raphael Navot, eleito Designer do Ano pela Maison & Objet

Sistema de satélites Galileo oferece agora uma precisão de apenas 20 centímetros

Sistema de satélites Galileo oferece agora uma precisão de apenas 20 centímetros

Grávida do terceiro filho, Charlotte Casiraghi marca presença no desfile da Chanel

Grávida do terceiro filho, Charlotte Casiraghi marca presença no desfile da Chanel

GNR registou 196 denúncias na área ambiental do distrito de Leiria em 2022

GNR registou 196 denúncias na área ambiental do distrito de Leiria em 2022

O que se pode fazer durante a campanha eleitoral?

O que se pode fazer durante a campanha eleitoral?

Grávida do terceiro filho, Charlotte Casiraghi marca presença no desfile da Chanel

Grávida do terceiro filho, Charlotte Casiraghi marca presença no desfile da Chanel

Inspire-se neste look monocromático de Sara Sampaio

Inspire-se neste look monocromático de Sara Sampaio

Carolina Carvalho quase a dar à luz - António é um dos nomes da lista para o bebé

Carolina Carvalho quase a dar à luz - António é um dos nomes da lista para o bebé

No Porto, interiores sob medida

No Porto, interiores sob medida

Passatempo: ganha o livro 'Sami, o Rapaz que Sobreviveu a Auschwitz'

Passatempo: ganha o livro 'Sami, o Rapaz que Sobreviveu a Auschwitz'

Shakespeare musical no Trindade

Shakespeare musical no Trindade

Veja as melhores imagens da Conferência dedicada às 1000 Maiores PME

Veja as melhores imagens da Conferência dedicada às 1000 Maiores PME

Bruxelas instaura processo contra Portugal por falhar transposição de diretiva sobre impacto ambiental

Bruxelas instaura processo contra Portugal por falhar transposição de diretiva sobre impacto ambiental

Aprenda a limpar a roupa com bolor com este truque caseiro

Aprenda a limpar a roupa com bolor com este truque caseiro

Faça-se luz: 36 candeeiros para iluminar a casa

Faça-se luz: 36 candeeiros para iluminar a casa

OnePlus prepara-se para lançar tablet

OnePlus prepara-se para lançar tablet

Análise em vídeo ao primeiro 100% elétrico da Toyota, o BZ4X

Análise em vídeo ao primeiro 100% elétrico da Toyota, o BZ4X

Impedir a fuga de talentos e assegurar a transparência são as prioridades a cumprir no futuro

Impedir a fuga de talentos e assegurar a transparência são as prioridades a cumprir no futuro

A VISÃO Se7e desta semana - edição 1560

A VISÃO Se7e desta semana - edição 1560

Giambattista Valli apresenta estilo exuberante para a próxima estação na Semana da Alta Costura de Paris

Giambattista Valli apresenta estilo exuberante para a próxima estação na Semana da Alta Costura de Paris

“Somos Portugal” com novos apresentadores: “Volta Santiago, Ben e Fanny”, reagem os internautas

“Somos Portugal” com novos apresentadores: “Volta Santiago, Ben e Fanny”, reagem os internautas

Predominância de tons neutros na nova coleção primavera-verão da Chanel, apresentada na Semana da Alta Costura de Paris

Predominância de tons neutros na nova coleção primavera-verão da Chanel, apresentada na Semana da Alta Costura de Paris

Centenas de pessoas com deficiência sem aceder a prestações ou benefícios devido a atrasos nas juntas médicas

Centenas de pessoas com deficiência sem aceder a prestações ou benefícios devido a atrasos nas juntas médicas

Associação Deco alerta para rótulos

Associação Deco alerta para rótulos "eco" e "sustentável" que enganam consumidores

Ucrânia, a arte da resiliência

Ucrânia, a arte da resiliência

Cartaz de preparação da campanha eleitoral

Cartaz de preparação da campanha eleitoral

INEM atendeu mais de 1,5 milhões de chamadas de emergência em 2022, maior número de sempre

INEM atendeu mais de 1,5 milhões de chamadas de emergência em 2022, maior número de sempre

Charlotte grávida no desfile de Alta Costura da Chanel, em Paris

Charlotte grávida no desfile de Alta Costura da Chanel, em Paris

Homem do Leme: Anna

Homem do Leme: Anna

O momento em que o embaixador do Irão não cumprimentou Letizia durante a receção ao Corpo Diplomático

O momento em que o embaixador do Irão não cumprimentou Letizia durante a receção ao Corpo Diplomático

Não contem comigo!

Não contem comigo!

Campeonato de Carrinhos de Rolamentos arranca em fevereiro em Pedrógão Grande

Campeonato de Carrinhos de Rolamentos arranca em fevereiro em Pedrógão Grande

Shell compra operador de carregamentos elétricos Volta

Shell compra operador de carregamentos elétricos Volta

Velcro, uma ideia que colou

Velcro, uma ideia que colou

A Dubon Chocolate Bar abriu no Porto para nos adoçar os dias

A Dubon Chocolate Bar abriu no Porto para nos adoçar os dias

Em

Em "Sangue Oculto": Carolina vinga-se da irmã e do namorado