Os óculos que vieram do futuro e outros gadgets desenhados a pensar em si

Imagine o seguinte: uns óculos escuros que funcionam como kit mãos-livres para o seu smartphone. Impossível? Não. Os novos X Gentle Monster Eyewear II da Huawei, juntam tecnologia e design para proporcionar uma experiência única.

Numa obra de engenharia arrojada, a Huawei desenhou um sistema de som que está integrado nas hastes destes óculos. Este inovador sistema acústico permite que as ondas sonoras sejam projetadas para os ouvidos o que faz com que o som seja praticamente impercetível para fora – ou seja, quem estiver perto de si não vai ouvir as suas conversas, principalmente em ambientes mais silenciosos.

O som reproduzido pelo sistema de áudio é bem definido e muito detalhado. O que é surpreendente tendo em conta a dimensão das hastes destes óculos futuristas que já estão disponíveis em Portugal. Aliás, só para ter uma ideia: as dobradiças que ligam a armação dos óculos às hastes… são feitas de titânio de elevada qualidade. Tudo para garantir a resistência ao tempo e a uma utilização contínua.

O poder é seu

É nas hastes destes óculos que a Huawei conseguiu encontrar espaço para colocar, também, vários sensores. Estes, servem para interagir com as chamadas telefónicas e com a música.  Por exemplo, deslize o dedo na haste e pode subir o volume ou avançar para a próxima faixa. Carregar nessa área, duas vezes, permite-lhe desligar uma chamada ou pausar a música. Na outra haste, é possível tocar, também, duas vezes, e despertar o Assistente de Voz – ao qual pode dar alguns comandos.

Ligação permanente

Os X Gentle Monster Eyewear II, da Huawei, suportam a mais recente e poderosa versão de Bluetooth, a 5.1. Isto garante que a ligação com o smartphone vai manter-se de forma permanente e há uma maior capacidade de transmissão de dados. O resultado é uma experiência de audição muito confortável.

Estes óculos altamente inovadores são compatíveis com os mais recentes dispositivos da Huawei e com smartphones Android, igualmente, recentes.


Foi você que pediu um personal trainer?

É um dos grandes desafios que enfrentamos. O ano passado mais de metade da população adulta residente em Portugal tinha excesso de peso ou obesidade. Os números são do Instituto Nacional de Estatística e dizem respeito ao Inquérito Nacional de Saúde feito por esta instituição. Com a pandemia e com a “paragem forçada” de milhões de portugueses que ficaram confinados… longe do ginásio e das caminhadas e muito próximos do frigorífico… é expetável que os números do excesso de peso tenham subido. A tecnologia pode dar uma ajuda. Neste caso, providenciando forma de manter-se ativo com maior frequência. Ora, leia…

Exercício personalizado

Afinal, como é que pode manter-se ativo e ter acesso a algum controlo sobre o que se está a passar com o seu exercício… e consigo? Não se preocupe. A sua resposta resume-se à utilização de um relógio inteligente.

O novo Watch Fit , da Huawei, dá-lhe em tempo real toda a informação que precisa para saber se está a conseguir cumprir os objetivos do exercício. Um excelente incentivo para controlar o esforço e tentar fazer melhor. No ecrã brilhante que pode ser visto à luz direta do Sol com todo o conforto, é-lhe mostrada a distância já percorrida. Informações altamente fidedignas porque são obtidas a partir do GPS integrado neste elegante smartwatch. Ao contrário do que acontece com outros relógios inteligentes desportivos, o Watch Fit demora segundos a obter sinal do GPS – e nem precisa de ter o telefone por perto.

Ligação permanente ao seu smartphone

É preciso realçar que este relógio inteligente é o companheiro ideal para o smartphone. Durante o dia, vai mantê-lo a par das notificações mais importantes. Chamadas telefónicas, mensagens de Whatsapp ou SMS… por exemplo. E quando estiver a fazer exercício, o Watch Fit continua a enviar-lhe todas as notificações. Fica do seu lado se vai interromper os abdominais para atender quem está a ligar-lhe…

O Watch Fit funciona com os telefones da Huawei, claro, mas também com todos os smartphones Android e até com o iPhone. Aliás, o relógio até funciona sozinho, por si só, mas o potencial aumenta quando liga o Watch Fit a um smartphone.

Um mundo de opções

O Watch Fit está preparado para acompanhar 96 modalidades desportivas! Correr, nadar, Yoga, dança, ballet… ou, simplesmente, caminhar. São algumas das atividades controladas bastando para isso selecionar o que vai fazer a cada momento.

Na realidade, este pequeno e leve relógio, tem 12 exercícios preparados e desenhados para as necessidades de cada um. Quer perder peso? Treinar a velocidade? Alongar o corpo? É só escolher um dos cursos de fitness e seguir os passos. Aliás, o relógio até mostra animações para o ajudar a fazer os exercícios corretamente. Basta olhar para o ecrã e seguir o que é exemplificado. É um verdadeiro treinador pessoal que está sempre consigo, sempre disponível.

Sempre atento a si!

O seu coração está a ter um bom comportamento enquanto está a correr? Como está o seu ritmo cardíaco? E o nível de oxigénio no sangue? Está muito stressado? Os sensores colocados no relógio da Huawei controlam estes parâmetros em tempo real. Mesmo que não esteja a fazer a exercício. Ou seja, pode contar os passos que dá, dizer-lhe como está o seu coração a comportar-se. Há informação contextual que lhe explica, por exemplo, qual a importância do oxigénio no sangue e por que razão deve estar acima dos 90%.

Há dezenas de faces para o Watch Fit que lhe permitem a personalização rápida do dispositivo… é quase como se tivesse um relógio novo todos os dias

Assim que termina o exercício, é-lhe mostrada toda a informação. Imagine que esteve a correr, vai ter acesso, entre outros, a dados como o ritmo da corrida (velocidade média, até), a distância percorrida e o ritmo cardíaco. Ah! E muito importante: as calorias queimadas!

Não é desportista? Não se preocupe. O relógio inteligente da Huawei pode acompanhá-lo no jogging descontraído ou num passeio a pé. Aliás, se está há muito tempo parado, o relógio vibra e diz-lhe que está na altura de mexer-se! Quer melhor amigo para o ajudar a manter-se ativo?

 A importância de uma noite bem dormida

Já ninguém duvida da importância de dormir bem para a saúde física e mental. Quer saber se está a ter boas noites de sono? Basta dormir com este relógio colocado. Automaticamente, o Watch Fit vai perceber, pelos sensores que tem integrados, que está deitado e pela ausência de movimento e pelo ritmo da respiração e do ritmo cardíaco… que está a dormir. De manhã, quando acordar e sair da cama basta olhar para o ecrã do Watch Fit e ver quantas horas dormiu, qual a qualidade do seu sono e até sugestões para o melhorar. Todas estas informações ficam guardadas e são sincronizadas com o seu telefone. Assim, pode, facilmente, ver os seus padrões de sono ao longo do tempo… e perceber se algo não está como devia estar.

Manter o stress sob controlo

Irrita-se facilmente? É pessimista? Sente-se ansioso? O Watch Fit pode ser utilizado para determinar os seus níveis de stress. A primeira vez que o utiliza, tem de responder a um rápido questionário. Depois, quando aciona a opção “Stress” deve manter-se perfeitamente imóvel e esperar pela análise do relógio. Em pouco mais de 1 minuto, vai ter acesso a um número que representa o seu nível de stress. Ao longo do tempo, as medições vão permitir-lhe ficar a saber se existe algum padrão e se está, realmente, com níveis elevados de stress. Se estiver, siga os conselhos dados no ecrã do relógio e faça, por exemplo, os exercícios respiratórios. Ah! Vai sentir-se bem mais calmo e relaxado…


Concentre-se na música

São os primeiros auscultadores fechados com cancelamento de ruído ativo inteligente que a Huawei fabrica. Os FreeBuds Studio têm uma qualidade de construção imaculada. Destaque para os materiais das almofadas dos auscultadores que são tão confortáveis que permitem horas contínuas de audição.

A tecnologia desenhada pela Huawei permite aos FreeBuds Studio cancelarem o ruído exterior com muita eficácia. Mas fazem mais: têm a capacidade de estarem permanentemente a analisar o ruído ambiente. Fazem-no 200 vezes por segundo! É desta forma que pode estar na rua ou num avião e perceber que o cancelamento de ruído ativo consegue eliminar as frequências que não interessam.

Calma! Não pense que ao andar na rua vai deixar de ouvir os carros ou outros sons importantes para que possa caminhar em segurança. Basta ativar os Modo de Som Ambiente para que o cancelamento de ruído deixe passar, por exemplo, as frequências da voz (para que possa ouvir se alguém o chamar na rua ou aquele anúncio no aeroporto).

Finalmente, e como seria de esperar, a Huawei teve particular atenção às chamadas telefónicas. Um sistema de 4 microfones capta a sua voz para a chamada mais clara possível.

Antes de terminarmos… os FreeBuds Studio estão capacitados para quem gosta muito de ouvir música. Suportam áudio de Alta Resolução, o formato que dá todo o detalhe da música e que brilha nestes auscultadores.

Pode ouvir música sem parar durante um dia inteiro. São 24 horas de áudio contínuo, com o cancelamento ruído desligado. Se estiver a ficar sem bateria, fique a saber que em apenas 10 minutos de carregamento (rápido) fica com mais 8 horas de música disponíveis.

Ah! E pode tocar, de lado, nos auscultadores para aumentar o volume, passar músicas ou, por exemplo, interagir com as chamadas telefónicas.


O ecossistema que o coloca, a si, no centro
Começámos por mostrar-lhe uns óculos inteligentes que conseguem dar-lhe música e chamadas de voz. Depois, o relógio inteligente com a capacidade para controlar 96 atividades desportivas e mantê-lo sempre ligado ao smartphone. Finalmente, fechámos o ciclo com uns auscultadores que permitem uma experiência de áudio única. Todos estes dispositivos comunicam uns com os outros e têm em comum a inovação e engenho que são imagem de marca da Huawei.

Tenha acesso ilimitado a toda a biblioteca digital enquanto espera pela próxima edição

Comece a ler já hoje!

Leia já!

Mais na Visão

Economia

As duas faces de Bezos: Génio ou diabo?

É o homem mais rico do mundo e o que mais prosperou durante a pandemia. Criou um negócio global que gera lucros astronómicos, mas tem sido alvo de críticas pela forma austera como gere os mais de 1,3 milhões de funcionários em todo o planeta

Visão Saúde
VISÃO Saúde

Covid-19: PSP deteta sete estabelecimentos no Bairro Alto a violarem o estado de emergência

Sete estabelecimentos de restauração no Bairro Alto, em Lisboa, foram detetados na sexta-feira a violarem as regras do estado de emergência e acabaram sancionados com coimas, informou hoje a PSP, em comunicado

Mundo

O último adeus ao príncipe Filipe em 30 fotografias

O Castelo de Windsor recebeu neste sábado o funeral do duque de Edimburgo, numa cerimónia reservada a 30 convidados. William e Harry seguiram lado a lado no cortejo fúnebre

Desporto

Judo/Europeus: Bárbara Timo conquista medalha de bronze em -70 kg

A judoca Bárbara Timo conquistou hoje a medalha de bronze da categoria de -70 kg nos Europeus de Lisboa, ao vencer o combate por desclassificação da croata Lara Cvjetko

Mundo

Autoridades brasileiras retiram suspeita de tráfico sobre João Loureiro

As autoridades brasileiras descartaram hoje qualquer ligação do advogado português João Loureiro ao caso de tráfico de cocaína num avião, decisão saudada pelo também empresário, em declarações à Lusa

Newsletters

Telegrama: É agora que o centro do mundo vai mesmo mudar para o Oriente?

Fotografia

O Dia Mundial do Circo nas ruas do Porto

Dia Mundial do Circo celebrado no Porto na avenida da liberdade

Política

Covid-19: Presidente da Câmara de Cascais espera produção de vacina russa em Portugal

A vacina russa contra a covid-19 Sputnik V poderá ser produzida em Portugal e exportada para os países africanos, se houver aval das autoridades europeias e portuguesas, num processo com a mediação da Câmara de Cascais

Sociedade

A tendência para somar mesmo quando faz mais sentido subtrair

Quer seja para resolver problemas ou melhorar situações (ou textos, como este...) a nossa tendência é acrescentar e não subtrair. Um novo estudo publicado na Nature quis perceber até que ponto vai este "preconceito" em relação à subtração

Sociedade

Covid-19: Não ser vacinado é ser "um em 600 portugueses" que morreu em 2020, diz Gouveia e Melo

O coordenador da 'task force' do plano de vacinação afirmou que recusar ser vacinado contra a covid-19 é fazer parte do "totoloto" de "um em 600 portugueses" que em 2020 morreu com a doença

Visão Saúde
VISÃO Saúde

Covid-19: Pessoas recuperadas vão integrar segunda fase de vacinação

As pessoas recuperadas da covid-19 vão ser integradas na segunda fase de vacinação, estando a norma a ser elaborada pela Direção-Geral da Saúde, garantiu hoje o coordenador da 'task force'

Visão Saúde
VISÃO Saúde

Covid-19: Professores que não foram chamados para vacinação vão sê-lo esta semana

Os professores e funcionários das escolas que não foram incluídos no processo de vacinação contra a covid-19 devido a uma falha vão sê-lo "a partir desta semana", garantiu hoje o coordenador da 'task force' do plano de vacinação