Rita Rato

Rita Rato

galeria vencedores anacom
Opinião

Aluga-se quarto com tudo

Aqui nestes lados, famílias com várias crianças dividem um quarto e uma cama, dormem apertados e comem o que as moedas renderem no supermercado, carregam os pequenos às costas e ao colo para encontrar uma creche a quilómetros de casa, dormitam assim que se sentam, a exaustão é o ar que se respira. Aqui nestes lados, saem por segundos do comboio para entregar 5 euros a uma prima que pede emprestado, e continuam viagem para outras paragens e apeadeiros

Rita Rato
Proteção de Dados: será UM passo maior do que a perna?
Opinião

Parece pouco? Não é

O direito à autodeterminação da identidade e expressão de género e à proteção das características sexuais é o reconhecimento de um direito fundamental. Parece pouco? Parece complicado? Não é. Chama-se dignidade

Rita Rato
Opinião

Bichos da noite (e do dia)

A terra onde trabalham tem dono, normalmente diferente de quem os recruta, lhes retira os documentos e lhes cobra diária e dívida impagável em troca de um buraco. Mas, no fim, obedecem a ordens dos dois, cumprem horários seis dias por semana, mas ninguém sabe quantos são nem como vivem

Rita Rato
Opinião

Saiu de casa a 9 de março e ainda não voltou

Os bombeiros, coveiros, forças e serviços de segurança, auxiliares de ação médica, enfermeiros, técnicos de diagnóstico e terapêutica, médicos e outros profissionais de saúde merecem todas as palmas, mas merecem sobretudo carreiras valorizadas e direitos respeitados

Rita Rato
Opinião

Gervásio, um homem levantado do chão

Ao Gervásio, devemos a liberdade e a democracia, as oito horas e outros avanços civilizacionais, não deixemos por isso que as novas gerações desconheçam que 
o fascismo existiu 
no nosso país. Nestes dias, cruzei-me com um vizinho que 
chegava a casa, noite avançada e gelada, carregava a bicicleta e a mochila da Uber Eats. Lembrei-me do Gervásio, da sua bicicleta e da luta 
das oito horas

Rita Rato
Opinião

Cervejaria Galiza

A Cervejaria Galiza é local de referência na cidade do Porto. Os seus trabalhadores já viram muita gente esperar anos a fio para que lhe pagassem o que é seu por direito e perceberam que, para defenderem os postos de trabalho e a viabilidade do negócio, teriam de resistir e de arregaçar as mangas

Rita Rato
À Vitalina
Opinião

À Vitalina

Vitalina Varela podia ser uma das muitas mulheres que cultivam horta nos separadores do IC19 e da CREL, podia ser uma das que apanham o autocarro da madrugada para limparem escritórios que faturam milhões mas lhes negam um contrato de trabalho efetivo, ou uma das que regressam no último comboio ou no último barco saídas de muitas horas em pé à frente do fogão e dos tachos

Rita Rato
As mulheres do Couço
Opinião

As mulheres do Couço

A democracia e a liberdade não caíram do céu, passados 45 anos da Revolução de Abril, a coragem destas mulheres e destes homens (e até a vida de alguns) não pode ser espezinhada e as manobras mais ou menos descaradas de branqueamento e promoção do fascismo exigem combate firme e permanente

Rita Rato
Milhares de utentes com alívio nos passes de transporte a partir de hoje. O que muda em Lisboa e no Porto
Opinião

Próxima paragem

A redução do preço do passe é justa e necessária, mas agora falta investimento público que assegure carruagens, autocarros e barcos, falta garantir quantidade, frequência, conforto e fiabilidade na oferta do serviço

Rita Rato
Lembra-se do caso que opunha a trabalhadora Cristina Tavares à corticeira? Tribunal dá como provado assédio moral
Opinião

Cristina, mais forte do que a cortiça

Cristina é uma guerreira e tem ao seu lado todas as mulheres e todos os homens que neste país reconhecem a justeza da sua luta e a monstruosidade de que tem sido alvo

Rita Rato
Alice, Alfredo e Adelino
Opinião

Alice, Alfredo e Adelino

Não há espaço para a distração ou desvalorização destas ameaças ao regime democrático, não se pode afirmar num dia que o populismo deve ser combatido, e noutro dar espaço à banalização e naturalização do fascismo

Rita Rato
Opinião

Dos homens que descem ao fundo da terra

No dia da tragédia de Borba estava em Estremoz, vi ao longe a impressionante montanha de entulho do mármore que se erguia atrás do cemitério, e, poucas horas depois, a terra engoliria três dos seus

Rita Rato
Opinião

Orçamento do Estado 2019, o avanço que é, o justo que seria

Onde falta investimento público sobra redução do défice e imposições da União Europeia e do Euro; onde falta valorização do trabalho e dos trabalhadores sobra um serviço insustentável da dívida

Rita Rato
Opinião

Entre Alvito e Vila Nova da Baronia vai gente a pé na linha

Não é de ontem que a estratégia para o setor ferroviário nacional tem sido definida em Bruxelas, aprovada lá e concretizada cá por PS, PSD e CDS

Rita Rato
Comer bem (mal) na Universidade
Opinião

Para lá das quatro linhas também há mundo

Continua a ser mais difícil chegar à universidade do que a titular de uma equipa de futebol. Um campo de futebol será sempre um espaço mais democrático do que uma sala de aula

Rita Rato
Opinião

A Aida não ficou na fotografia dos World Travel Awards

Os últimos anos têm provado que, por cá, os recordes de ocupação e de faturação turísticas são diretamente proporcionais ao agravamento da precariedade

Rita Rato
Opinião

Searas de vento no século XXI

Passados 132 anos do primeiro 1º de Maio, é imensamente atual a luta pela redução do horário de trabalho. Neste tempo em que vivemos de desenvolvimento científico e tecnológico, estes avanços devem servir a redução do horário, da precariedade e da penosidade do trabalho

Rita Rato
Opinião

De Cristas para a Fidelidade, despejos “à la carte”

A lei aprovada por PSD e CDS tinha à data (e tem ainda em 2018) a finalidade de transformar a necessidade e o direito das pessoas a ter uma casa num negócio cada vez mais especulativo e lucrativo

Rita Rato
Opinião

Democracia no Sambódromo

A situação é grave para a já mutilada Democracia brasileira, mas não resolverá o problema estrutural da insegurança e da violência

Rita Rato
Opinião

Cada fio de vontade são dois braços

As opções de fundo do atual Governo PS e as respetivas amarras são obstáculos incontornáveis ao desenvolvimento do País. Terminando 2017 e antevendo 2018, urge a necessidade de uma outra política de criação e distribuição de riqueza

Rita Rato
Opinião

A(s) mulher(es) do meu país

A atualidade do pensamento e da ação de Maria Lamas é inspiração sólida para todas as que hoje não se resignam a um papel de submissão na família, no trabalho, na sociedade, na infelicidade

Rita Rato