Rita Rato Nunes

Jornalista
Política

Agosto traz 1.ª fase de alívio de medidas. Como vai ser a nossa vida

A partir de dia 1, todos os concelhos portugueses acertam o passo e o fim progressivo das restrições é ditado pela taxa de vacinação nacional. Todos os estabelecimentos podem estar abertos até às 2:00 e o Certificado Digital aumenta (ainda mais) a sua importância no rumo à liberdade

Visão Saúde
VISÃO Saúde

Agosto não é de folga para a vacinação. Jovens entre os 16 e os 17 anos entram no plano dia 14

“Estamos a ganhar a corrida, mas não podemos folgar no período de férias. Folgar o ritmo é dar oxigénio ao vírus”, disse o vice-almirante Gouveia e Melo, no Infarmed. No final de agosto, task force espera que 70% da população tenha vacinação completa

Visão Saúde
VISÃO Saúde

Peritos querem vacinação a ditar alívio das restrições. Deixa de ser preciso máscara ao ar livre no 2.º nível do plano

Ex-secretária de Estado da Saúde defendeu no Infarmed coexistência das medidas farmacológicas (máscara, distanciamento, ventilação, higienizarão) com a vacinação, para já. Mas propõe uma escala de quatro níveis, assente na evolução da quantidade de pessoas vacinadas: o País encontra-se no primeiro nível, mas no segundo caem as máscaras em espaços abertos

Política

Sondagens Autárquicas. Medina lidera corrida a Lisboa, sem maioria absoluta

Acompanhe aqui os resultados das sondagens sobre as eleições Autárquicas de dia 26 de setembro

Política

Concelhos com recolher obrigatório sobem para 116, mas "é possível inverter este caminho". Lisboa passou o pico

Número de municípios em risco elevado e muito elevado passou de 90 para 116, esta semana. Nestes concelhos vigora o dever de recolhimento às 23:00 e a necessidade de apresentação do Certificado Digital Covid ou teste negativo nos restaurantes ao fim-de-semana. Governo acredita que é possível dar a volta em breve e apresenta o exemplo da capital

Política
Exclusivo

PSD destaca-se em ano de pandemia

PCP e BE evidenciaram-se pelo trabalho parlamentar, mas sociais-democratas foram os que viram mais projetos de lei aprovados no hemiciclo, nesta sessão legislativa. A VISÃO fez as contas ao trabalho dos deputados

Política

O estado da oposição no Estado da Nação: O ataque a Cabrita e a defesa de Passos

Picada por António Costa, a direita deixou-se ir na cantiga e sacrificou tempo considerável do debate do Estado da Nação a defender o antigo primeiro-ministro social democrata. PSD, CDS, IL e Chega fizeram o balanço do ano focados em casos e com as baterias todas apontadas ao ministro da Administração Interna

Irrevogável

Miguel Morgado: "O Estado da Nação não se recomenda"

Social democrata, critico de Rui Rio, o ex-assessor político de Passos Coelho fez, no Irrevogável desta semana, uma análise dura ao ano legislativo, à atuação do Governo e da oposição. A federação das direitas que tanto quer só lá vai com "outras lideranças" e aponta que Rui Rui "não tem nenhuma lição a dar a ninguém do PSD"

Política

Constitucional anula castigo da jurisdição do PSD a Adão Silva por causa da Eutanásia

Líder do grupo parlamentar social democrata não aceitou sanção do órgão de jurisdição do partido e recorreu ao Tribunal Constitucional, que lhe deu razão. Hoje é "um homem feliz" e não hesita em dizer que se fosse o presidente da jurisdição se demitia

Política
Exclusivo

Autárquicas: Carlos Moedas, o candidato que ainda tem de se apresentar em Lisboa

Anda há dois meses na rua, mas poucos o reconhecem. Carlos Moedas rodeou-se de intelectuais e contrariou o plano de ação, mais agressivo, que as estruturas locais do PSD gizaram para explorar as falhas de Fernando Medina. A popularidade tarda para a grande promessa da direita, em Lisboa

Política

“Situação continua a degradar-se”. Há 90 concelhos em risco elevado e muito elevado

Governo decidiu não avançar com novas medidas antes da reunião no Infarmed (dia 27); mas há mais municípios em risco elevado e muito elevado, principalmente no Norte e no interior do Alentejo. Supermercados passam a poder vender autotestes

Visão Saúde
VISÃO Saúde

Portugal “um bocadinho abaixo da ebulição” e com uma matriz de risco “ultrapassada”. Mas Governo não aceita mudanças, para já

A Ordem dos Médicos e o Instituto Superior Técnico pedem ao Governo que tenha em atenção o volume de internamentos e mortes na hora de aplicar ou aliviar as medidas de restrição por causa da Covid. Se a matriz que propõem estivesse em vigor, o País estaria nos 92,3 pontos (numa escala de 0 a 100), mas Executivo não está disponível para alterações, antes de reunião no Infarmed (dia 27), afirmou o ministério da Saúde, à VISÃO

Política

Eles fintaram os algoritmos, pensam diferente e discutem política com contraditório

Um grupo de jovens, de diferentes cores políticas, junta-se todos os dias no WhatsApp para discutir a vida partidária portuguesa. Aquilo que começou com o vício da política, já trouxe de volta a Portugal duas emigrantes e reuniu líderes das juventudes partidárias

Irrevogável

Bastonário dos Advogados: "Corremos o risco de sair desta pandemia perdendo todos os nossos direitos, liberdades e garantias"

Luís Menezes Leitão está preocupado com o “precedente” que as medidas que restringem a circulação da população, sem Estado de Emergência, possam causar. Em entrevista ao Irrevogável, programa de entrevista da VISÃO, voltou a classificar as decisões saídas do Conselho de Ministros como “inconstitucionais” e mostrou-se descrente quanto à eficácia da Comissão Técnica para rever o quadro jurídico, criada pelo Governo, com a presença da Procuradoria-Geral da República e da Provedoria de Justiça: “preocupa-me ver nesta comissão entidades que têm poder para fiscalizar a constitucionalidades das leis. Quem irá suscitar as questões problemáticas a seguir?”

Fernando Medina: "Seria melhor o PS ter uma maioria absoluta"
Política

Creches gratuitas, rendas acessíveis e passe único. As promessas de Medina no dia da recandidatura a Lisboa

O autarca apresentou os eixos centrais da candidatura “Mais Lisboa”, sob o olhar encorajador do secretário-geral do PS. António Costa foi até à Estufa Fria lançar Fernando Medina, mas aproveitou para atacar Rio: “ao contrário de outras candidaturas, esta não é uma candidatura para a preservação do líder do PS por interposta pessoa”

Sociedade
Exclusivo

Como o medo das vacinas ameaça a imunidade de grupo

Cada pessoa que não se vacina contra a Covid-19 dá ao vírus uma hipótese melhor de sobrevivência. Mas à medida que aumenta a urgência, os mais jovens mostram-se menos interessados na imunização. O debate sobre a obrigatoriedade recomeça, mas desta vez focado nos que mais risco podem trazer: os profissionais de saúde e dos lares. Podemos obrigar alguém a ser vacinado em nome do combate à pandemia?

Política

Governo limita circulação na via pública a partir das 23h nos concelhos com risco mais elevado e Porto recua no desconfinamento

Incidência de casos Covid aumenta em todo o País e o Conselho de Ministros agravou as medidas restritivas. Área Metropolitana de Lisboa mantém proibição de circulação ao fim-de-semana

Política

Acidente com carro de Cabrita: Todas as contradições de uma morte anunciada com versões diferentes

Há duas semanas, um acidente na A6, que envolveu o carro onde seguia o ministro Eduardo Cabrita, fez uma vítima mortal - o trabalhador de uma obra, que estaria a atravessar a estrada, no momento da colisão. A tutela, antes de se remeter ao silêncio, argumentou que a obra não estava sinalizada, mas a concessionária da autoestrada (Brisa) desmente. A investigação decorre, mas este não é o único facto por explicar

Política
Exclusivo

Certificado Digital Covid: Um salvo-conduto contra o confinamento

Com os casos de Covid-19 a dispararem e o fantasma do confinamento passado a pairar entre Belém e São Bento, o Governo vê no Certificado Digital Covid uma alternativa para manter as portas abertas. Uma ideia que deixa a esquerda desconfortável, apesar do entusiasmo dos médicos

Política

Travão no desconfinamento, 25 concelhos em risco elevado, Lisboa "fechada" ao fim-de-semana e a via verde que lhe dá (alguma) liberdade

O Conselho de Ministrou reuniu-se, como é habitual, nesta quinta-feira, para atualizar as regras sanitárias do País. Quer primeiro as boas ou as más notícias?

Irrevogável

"Com a Presidência da UE, Portugal não podia assinar declaração" contra violação de direitos LGBT na Hungria

Ex-secretária de Estado dos Assuntos Europeus do PS e eurodeputada acredita que a única coisa que impediu Portugal de se juntar aos 13 países signatários da carta que pressiona o governo húngaro foi a Presidência da Comissão Europeia. "É tradição na União Europeia que as Presidências, em situações desta natureza, procurem assumir um papel de naturalidade", justificou, em entrevista ao Irrevogável