Nuno Esteves

Capital Markets Business Development Industrial & Logistics/consultora JLL
Opinião

Afinal, a logística é sexy!

Por um lado, o e-commerce tem vindo a aumentar a sua percentagem de penetração, enfatizado durante os tempos pandémicos que atravessámos. Por outro, o consumidor, que revê valor na redução do tempo de entrega do produto, está disposto a pagar um prémio pela qualidade e rapidez da entrega.